Neutralidade da Internet em jogo nos EUA. Portugal é mau exemplo

A administração Trump quer reverter o princípio do livre acesso a qualquer tipo de conteúdo na Internet. Jornais internacionais apontam Portugal como exemplo de falta de neutralidade.

Os Estados Unidos da América vão votar o fim do princípio da neutralidade da Internet. A Federal Communications Commission, entidade reguladora das comunicações dos EUA, anunciou esta terça-feira que tenciona revogar a lei aprovada em 2015.

A legislação introduzida durante a presidência de Barack Obama garante a neutralidade dos fornecedores de Internet aos consumidores. Ou seja, o tráfego de Internet não pode ser discriminado em função da sua origem ou destino.

De acordo com o Público, as operadoras não podem privilegiar o acesso a certos locais na Internet em detrimento de outros. Os utilizadores devem pagar pelos seus consumos, independentemente do tipo de sites que visitam ou aplicativos que utilizam.

A eleição de Ajit Pai para a liderança da Federal Communications Commission, escolha feita no mandato de Donald Trump, levantou várias críticas em relação ao princípio da neutralidade da Internet. Ajit Pai foi conselheiro jurídico de uma das maiores operadoras americanas, a Verizon, que iria beneficiar economicamente com a mudança da lei.

Para o novo diretor da FCC, a neutralidade é um erro. “Estou ansioso para voltar ao sistema baseado nos mercados que desencadeou a revolução digital”, sustenta Ajit Pai em comunicado.

Ajit Pai considera que as regras em vigor impedem o investimento na expansão da banda larga, devido às regulamentações económicas impostas às operadoras. O diretor da FCC defende ainda que em muitos casos “pode desincentivar as empresas de fornecer o acesso à Internet em muitas partes do país, zonas com rendimentos baixos, urbanas e rurais”.

De acordo com a nova proposta defendida por Pai, as operadoras terão a liberdade de criar diferentes planos tarifários. Nesse cenário hipotético, os utilizadores poderão pagar um montante para ter acesso às redes sociais, mas, caso queiram ter acesso a serviços de streaming, terão de pagar mais.

(dr)

Um Mundo sem Net Neutrality…

Portugal é mau exemplo

Numa altura em que nos EUA é discutida a questão da neutralidade da Internet, Portugal surge apontado pelos meios de comunicação americanos – como a Quartz, o Wired (versão italiana) e o Business Insider – como um exemplo de Internet sem neutralidade.

As publicações utilizam o pacote Smart Net da Meo, a título de exemplo, para mostrar que as operadoras não agem conforme o princípio da neutralidade, cobrando consumos diferentes de acordo com as preferências dos clientes e utilizadores.

Em Outubro, o congressista norte-americano Ro Khana, disse que o caso português representa uma forma de “dividir a Internet em pacotes“. “É uma vantagem para maiores, mas um bloqueio para as startups que queiram alcançar os utilizadores. Isto é o que está em jogo e é por isso que temos que salvar a neutralidade na Internet”, escreveu.

Contactada pelo Público, a empresa, recentemente comprada pela Altice, esclarece que “cumpre o regulamento europeu relativo à net neutrality“.

Margarida Morais, responsável de comunicação da empresa que falou como fonte oficial da Altice Meo, explica que a empresa dá aos clientes “a hipótese de escolherem o que querem” e afirma que os media estrangeiros “não interpretaram bem o caso”.

Questionada sobre se esta estratégia beneficia grandes tecnológicas, a porta-voz da Meo diz apenas que “os fornecedores que pretendam ver os seus serviços e aplicações abrangidos podem entrar em contacto”.

A neutralidade da rede está em vigor na União Europeia desde 2015. Em relação ao modelo americano, Portugal apresenta algumas exceções, como a autorização do “zero-rating” – prática em que o uso de algumas aplicações não conta para o consumo dos dados mensais de um utilizador.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Por mim podem tentar só que muita gente vai deixar de utilizar esses serviços. Em Portugal isso existe só para telemóveis. Além disso vai haver gente a dar a volta a isso. É mais uma ideia que vai ripostar.

RESPONDER

NASA gravou acidentalmente a explosão de um cometa a aproximar-se do Sol

Astrónomos usaram dados do telescópio espacial TESS para estudar a explosão de um cometa durante a sua aproximação ao Sol. A investigação resultou num artigo publicado em novembro na revista científica Astrophysical Journal Letters. Foi a …

Objeto de Hoag é uma galáxia dentro de uma galáxia (que está dentro de outra galáxia)

Se observar atentamente a Constelação da Serpente poderá ver uma galáxia dentro de uma galáxia que, por sua vez, está dentro de outra galáxia. Este grande mistério do Universo é conhecido como Objeto de Hoag. Descoberto …

Parker Solar Probe lança nova luz sobre o Sol

Em agosto de 2018, a Parker Solar Probe da NASA foi lançada para o espaço, tornando-se pouco tempo depois a sonda mais próxima do Sol. Com instrumentos científicos de ponta para medir o ambiente em …

Encontrado no mar das Malvinas navio alemão da I Guerra Mundial 105 anos depois de naufragar

O naufrágio de um cruzador alemão da I Guerra Mundial foi identificado nas Ilhas Malvinas, onde foi afundado pela Marinha britânica há 105 anos. O SMS Scharnhorst foi o principal ativo da esquadra alemã na Ásia …

Boavista 1-4 Benfica | Águia goleia no xadrez do Bessa

O Benfica deu o pontapé de saída da 13ª jornada com uma vitória competente na visita ao Boavista, por 4-1. Num jogo potencialmente perigoso para as aspirações “encarnadas”, frente a um adversário com somente uma derrota …

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …

Alisadores e tintas para cabelo podem aumentar o risco de cancro da mama

Alisadores e tintas para cabelo são dois produtos comummente utilizados por mulheres. Um novo estudo sugere que estes podem aumentar o risco de cancro da mama, especialmente em mulheres negras. Muitos produtos capilares contêm compostos que …