Neto de Moura recorre. Juiz entende que não pode ser sancionado sozinho

(dr)

O juiz desembargador Neto de Moura entregou um recurso contra a advertência que lhe foi aplicada pelo Conselho Superior de Magistratura. O magistrado, autor de acórdãos em que minimizou casos de violência doméstica pelo facto de a agredida ter cometido adultério, sustenta agora a sua decisão. 

Neto de Moura, que já tinha, através do seu advogado, adiantando que iria recorrer da decisão, sustenta que o CSM não teve em conta o contexto dos acórdãos sobre violência doméstica avaliados e viola o princípio da igualdade por não sancionar, em paralelo, os outros juízes que assinaram as mesmas sentenças, noticia a TSF.

Estes são os dois argumentos apresentados no recurso que deu esta quarta-feira entrada no Supremo Tribunal de Justiça. Em fevereiro, altura em que a sanção aplicada veio a público, o advogado do juiz, Ricardo Serrano Vieira, disse que haveria recurso.

O juiz argumenta que a infração disciplinar não existiu e que as referências anteriores só existiram como forma de enquadrar cada caso, com Ricardo Serrano Vieira, a sublinhar à TSF que nenhuma das vítimas apresentou recurso ou fez queixa do juiz.

Além disso, acrescenta o advogado tendo por base a discussão dos últimos dias, é comum recorrer-se à Bíblia nas sentenças dos tribunais, garantindo que, neste caso, o que aconteceu foi uma descontextualização dessas referências.

O representante de Neto de Moura sublinha que o juiz que representa “não justificou a sentença com a Bíblia fazendo apenas uma referência histórica dizendo que a sociedade portuguesa tratou os assuntos de violência doméstica ao longo da história de uma determinada forma mas hoje trata-a de outra”.

No caso da referência ao adultério o argumento repete-se. Ricardo Serrano Vieira defende que o juiz apenas tentou, recorrendo estas referências, cumprir o dever de fundamentação das decisões, adianta ainda a TSF.

Outro dos argumentos apresentados pelo defensor de Neto de Moura afirma que o magistrado não pode ser o único a sofrer a sanção. O recurso apresentado defende que está em causa uma violação do princípio da igualdade porque os acórdãos foram assinados por mais dois juízes desembargadores “aos quais não foi aplicada a mesma sanção”, não se percebendo a “razão desse tratamento desigual pois a decisão foi colegial”.

O CSM deliberou em fevereiro aplicar a sanção de advertência registada a Neto Moura. Segundo o Conselho, a sanção é aplicada pela “prática de uma infração disciplinar por dever de correção”. Quatro membros votaram a favor da sanção, incluindo o presidente do Conselho, que tem voto de qualidade, e o vice-presidente, e a favor de pena por multa outros quatro membros, tendo sido ainda registadas sete abstenções.

Os membros que anteriormente tinham votado a favor do arquivamento do processo são os mesmos que esta terça-feira se abstiveram.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Os juízes deveriam ser pessoas com elevados níveis de educação, idoneidade moral, independência de princípios políticos, religiosos ou financeiros, e sem preconceitos de qualquer espécie. Mas não são!! E continuam a insultar a nossa inteligência com argumentos absurdos e jogos de palavras! O próprio Neto de Moura diz que as referências foram apenas para “contextualizar” (o que ninguém percebe como!) e não para fundamentar a decisão. Já o defensor do dito diz que estas referências são para “cumprir o dever de fundamentar a decisão”! Outro juíz diz que não faz mal citar a bíblia para fundamentar uma decisão, ou até mesmo o astérix! Não faz mal citar a bíblia nem o astérix????!!!! Mas isto tem algum sentido??? E tem algum sentido insultarem assim a nossa inteligência??? E tem algum sentido termos pessoas destas a ditar decisões judiciais???

RESPONDER

Mark Zuckerberg tem medo do TikTok (e já se sabe porquê)

Mark Zuckerberg já deixou claro, mais do que uma vez, que não gosta do TikTok. No entanto, agora sabemos o que está por trás desta hostilidade pelo rival: a aplicação está a crescer muito, mesmo …

A empresa mãe da Google já vale um bilião de dólares

Esta quinta-feira, a Alphabet, empresa mãe da Google, conseguiu uma cotação na bolsa de 1 bilião de dólares, cerca de 900 mil milhões de euros. A Alphabet tornou-se, esta quinta-feira, a quarta empresa norte-americana a conseguir …

Cientistas criam "cimento vivo" capaz de se "curar"

Uma equipa de cientistas dos Estados Unidos criou um "cimento vivo" juntando areia e bactérias num material de construção capaz de se auto-reproduzir, de absorver dióxido de carbono e manter a resistência. "Já usamos materiais biológicos …

Sporting 0-2 Benfica | Águia vence dérbi e foge na frente

O Benfica foi o grande vencedor do dérbi lisboeta. Na visita ao Sporting, os “encarnados” marcaram dois golos sem resposta, ambos na segunda parte, por Rafa Silva, entrado no decorrer da segunda parte, após ter …

Um em cada seis homens é vítima de abuso sexual antes dos 18 anos

Um em cada seis homens é vítima de abuso sexual antes dos 18 anos e podem levam décadas até pedir ajuda, por nem sempre aceitarem e entenderem que sofreram violência sexual. Na maior parte dos …

"Messiah", da Netflix, reacende controvérsia sobre os limites da liberdade de expressão

A série Messiah, disponível na plataforma de streaming Netflix, acende a controvérsia em torno dos limites da liberdade de expressão e da criatividade no mundo das artes e do entretenimento. Messiah, uma série produzida por Michael …

Quadro encontrado por jardineiro era mesmo a obra desaparecida de Klimt

Em 1997, Retrato de uma Senhora desapareceu da Galeria de Arte Moderna Ricci Oddi, em Piacenza. Em dezembro, o quadro foi descoberto. Estava escondido numa parede da instituição. O quadro encontrado em dezembro, escondido na reentrância …

Terramotos modificaram a geografia de Porto Rico (e a NASA mostra como)

Os terramotos que Porto Rico tem sentido desde dezembro passado, que causaram pelo menos um morto e milhões de dólares em prejuízos, estão também a mudar a geografia desta ilha das Caraíbas. A agência espacial …

Maldivas desesperam por fundos enquanto continuam a afundar

As Maldivas correm o risco de desaparecer completamente a menos que o Governo consiga aceder a financiamentos para combater a subida das águas. Atualmente, 80% do país está um metro abaixo do nível do mar. "Não …

O avião-baleia da Airbus já fez o seu primeiro voo

https://vimeo.com/385554265 O BelugaXL, da Airbus, é um avião-baleia e é a aeronave com mais espaço de carga do mundo. O avião foi desenvolvido para transportar peças de aviões entre as várias fábricas da empresa europeia e …