Guerra aberta de Neto de Moura. De humoristas a políticos, juiz promete processar quem o criticou

(dr)

Neto de Moura vai processar todos os que fizeram comentários apelidando-o de machista, misógino e incapaz de exercer. Os advogados estão a fazer o levantamento de todas as críticas feitas por figuras públicas.

O juiz desembargador Joaquim Neto de Moura quer processar por ofensa à honra quem fez comentários nos jornais, televisões e redes sociais, avança este sábado o semanário Expresso.

O magistrado foi chamado de machista, misógino e incapaz de continuar a exercer a profissão depois de ter desvalorizado dois casos de violência doméstica.

Agora, o juiz mobilizou uma equipa de advogados para fazer o levantamento de todas as críticas que lhe foram dirigidas no espaço público e identificar alegados comentários insultuosos e os seus autores.

Neto de Moura foi aconselhado pelo Conselho Superior da Magistratura, órgão de gestão e disciplinar dos juízes, a não falar.

Em nome do magistrado, fala agora o advogado Ricardo Serrano Vieira, que adiantou que o magistrado e a sua equipa aceita, “que discordem dos acórdãos, mas estas pessoas ultrapassaram o que é aceitável no Estado de Direito” quando, alegadamente, atentaram contra o bom nome do juiz.

Algumas figuras públicas já foram identificadas, como os comediantes Ricardo Araújo Pereira e Bruno Nogueira, os comentadores Joana Amaral Dias e a Media Capital.

Neto de Moura quer avançar para ações judiciais contra as personalidades ou empresas de comunicação social com pedidos de indemnização, apesar de ainda não ter um valor definido.

Mariana Mortágua, deputada do Bloco de Esquerda, afirmou no Twitter que o juiz era “uma ameaça para as mulheres“. Joana Amaral Dias fez o mesmo tipo de crítica, a propósito de uma decisão de Neto de Moura: “Este magistrado do Tribunal da Relação do Porto é um perigo para a segurança pública”.

O Expresso dá também o exemplo do humorista Ricardo Araújo Pereira, que no seu novo programa da TVI, “Gente que Não Sabe Estar”, afirmou que “uma advertência destas faria sentido se for enrolada, enfiada no rabo do juiz“.

“Pode parecer chocante, o juiz se calhar discorda, mas há um precedente bíblico. Em Levítico 3:17, o Senhor disse a Moisés: e enrolarás a advertência e enfiá-la-ás no rabo do juiz”, continuou.

Por sua vez, Bruno Nogueira perguntou, no seu programa “Tubo de Ensaio”, “como é que um animal irracional de um juiz destes anda à solta num tribunal? Precisa é de uma coleira e de uma trela e açaime”.

Neto de Moura é criticado por ter justificado a manutenção de pena suspensa para um homem que tinha agredido a sua mulher com uma moca de pregos por esta lhe ter sido infiel. “O adultério da mulher é um gravíssimo atentado à honra e dignidade do homem”, afirmou o juiz, adiantando que há sociedades “em que a mulher adúltera é alvo de lapidação até à morte“.

Para o juiz desembargador, a agressão em causa não era suficientemente grave, pois “na Bíblia podemos ler que a mulher adúltera deve ser punida com morte”.

Após estas considerações, o Conselho Superior de Magistratura (CSM) abriu um inquérito disciplinar que, depois da conversão em processo disciplinar, terminou com uma condenação – uma advertência escrita.

Recentemente, Neto de Moura viu-se envolvido numa segunda polémica por ter retirado a pulseira eletrónica a um homem que tinha sido condenado em segunda instância a pena suspensa pelo crime de violência doméstica e ao pagamento de 2500 euros à sua ex-companheira.

A mulher foi várias vezes agredida, tendo ficado com um tímpano furado. Neto de Moura defendeu que a decisão do Tribunal Judicial de Matosinhos não estava bem fundamentada.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Claro!
    Um “animal” que escreve o que este juiz escreve, pensa que ainda está no tempo de Salazar (ou da Inquisição!), e, obviamente, que se acha no direito de calar todas as críticas e a opinião pública!
    Coitado; está senil e enganado no século!..

  2. O problema foi em tempos as Magistraturas admitirem gente demente , fanática e seguidores alguns do Nazismo , também a própria Justiça ser fundada na época Medieval onde eram queimadas as mulheres . A justiça precisa de ser purgada de gente trolha que nem o próprio ser dentro deles e delas conseguem cuidar . Mas aqui existe causa a ver , pois os acórdãos são assinados não só por uma pessoa , resta saber quem é a favor … e não se sabe por vezes as Sentenças de 1 ª Instância , caso a Democracia desaparecia , quanto mais o Estado de Direito .

  3. Continuamos a pagar esta justiça e todos nós continuamos a sustentar estas ideias, este senhor que faça processos á maioria dos portugueses e vamos todos para a prisão de Évora.
    Temos que acordar e enviar este tipo de pessoas para as “cagarras” nas Desertas.
    Ai Portugal,Portugal

  4. … este Portugal e Estado está carente de Democracia. Os juízes têm que se assujeitar às criticas de quem lhes paga o salario isto é os contribuintes, pois os ditos juízes não passam de funcionários públicos e que se deixem de considerar portugueses de 1ª.

  5. Penso que se deve realçar que sete membros do CONSELHO SUPERIOR DE MAGISTRATURA votaram a favor do arquivamento do Processo contra o Juiz Neto de Moura, ou seja, SETE DAS MAIS ILUSTRES MENTES DA JUSTIÇA ACHAM NORMAL QUE SE UTILIZEM AS PASSAGENS DA BÍBLIA (DEGRADANTES PARA A CIVILIZAÇÃO) PARA SE JUSTIFICAR A VIOLÊNCIA BÁRBARA DE ALGUNS HOMENS SOBRE MULHERES.
    Nunca se sabe o futuro, mas se um dia por algum acaso me encontrasse no banco dos réus, teria todos os motivos para temer pela decisão de uma destas pessoas, às quais não lhes reconheço qualquer autoridade moral.

    • Quero acreditar que seja só por ‘corporativismo’…

      Certo, é tentar defender o indefensável, o que leva a tornarem-se ridículos.

RESPONDER

Morreu aos 98 anos o historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França

O historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França morreu este sábado, aos 98 anos, na casa de saúde de Jarzé, perto da cidade francesa de Angers, disse à Lusa a pintora Emília Nadal, sua …

Ventura: "Não vejo outra possibilidade senão a ministra da Saúde ou pedir desculpa ou ser afastada"

O Chega vai questionar formalmente o Governo pelo “facto de a ministra da Saúde ter utilizado um carro do Estado” para ir a uma ação de campanha no Porto na sexta-feira, anunciou este sábado André …

Ouvir 30 segundos de uma sonata de Mozart pode reduzir ataques de epilepsia

Ouvir a Sonata para Dois Pianos em Ré Maior (K448), de Wolfgang Amadeus Mozart, durante pelo menos 30 segundos, ajuda a reduzir a atividade elétrica cerebral associada à epilepsia resistente a medicação. Os resultados também sugerem …

Astrónomos resolvem mistério cósmico com 900 anos

Um mistério cósmico com 900 anos, em torno das origens de uma famosa supernova observada pela primeira vez na China no ano 1181, foi finalmente resolvido. Uma nova investigação, publicada dia 15 de setembro no The …

Bons hábitos alimentares podem reduzir a probabilidade de contrair covid-19

Um novo estudo indica que as pessoas que comem muitas frutas e vegetais podem ter menos probabilidades de contrair covid-19. Num pesquisa que envolveu 590 mil adultos, os investigadores descobriram que as pessoas que eram adeptas …

Inteligência Artificial está a "alimentar" a violação dos direitos humanos, alerta ONU

Num novo relatório, a Organização das Nações Unidas (ONU) alertou os países que o uso imprudente de Inteligência Artificial (IA) pode estar a pôr em causa o respeito pelos direitos humanos. Michelle Bachelet, Alta Comissária das …

Foi viajar e não voltou. O misterioso desaparecimento de Gabby Petito (e do namorado)

Gabrielle Petito, uma jovem norte-americana de 22 anos, desapareceu misteriosamente. Gabby foi viajar com o namorado, que voltou para casa sozinho e não quis contar o que aconteceu — e agora também está desaparecido. Gabby Petito, …

Aos 101 anos, Ginny é a "Senhora Lagosta" e não planeia reformar-se

Virginia Oliver continua a trabalhar na pesca da lagosta, apesar de já ter 101 anos de idade. 'Ginny' não planeia reformar-se e já se tornou um meme na internet. Virginia 'Ginny' Oliver tem 101 anos e …

Dinamarca. Reclusos condenados a prisão perpétua proibidos de iniciar novos romances

Os reclusos que cumprem prisão perpétua na Dinamarca serão proibidos de iniciar novos relacionamentos amorosos, decisão proposta pelo governo após uma jovem de 17 anos se apaixonar por Peter Madsen, que assassinou a jornalista Kim …

Casal queria que o seu filho se chamasse Vladimir Putin. A Suécia não deixou

Na Suécia, os pais são obrigados a comunicar os nomes dos seus filhos recém-nascidos ao Skatteverket nos primeiros três meses a partir do nascimento. Um casal sueco, que vive na cidade de Laholm, foi proibido pela …