Negrão fala em articulação total, mas Hugo Soares acusa Rio de passar as culpas para os deputados

José Sena Goulão / Lusa

O líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão

Na primeira reunião do grupo parlamentar do PSD após a crise dos professores, Fernando Negrão insistiu que houve “articulação” total, uma resposta a Hugo Soares que acusa o líder do PSD de passar as culpas para os deputados.

Fernando Negrão, líder parlamentar do PSD, reafirmou na manhã desta quinta-feira, perante o grupo parlamentar, que Rui Rio acompanhou a par e passo tudo o que aconteceu na reunião da comissão de educação, em que foi aprovada a contagem integral do tempo de serviço dos professores.

Segundo o Expresso, Fernando Negrão defendeu que a posição do PSD foi coerente com a sua história nesta matéria e culpou o mediatismo pela perceção de que terá havido erros no PSD ou um recuo após a ameaça de demissão do primeiro-ministro, António Costa.

Perante os jornalistas, à saída da reunião, Negrão assumiu o mesmo. Aliás, à pergunta sobre se sente que Rio transformou o grupo parlamentar no bode expiatório de um processo em que os sociais-democratas tiveram de fazer marcha atrás, responde que não.

“Não sinto, porque articulamos sempre com a direção do partido. Houve articulação, não houve passar de culpas. Rio não lavou as mãos”, afirmou o líder parlamentar.

Já sobre os discursos diferentes do partidos antes e depois da ameaça, o líder da bancada afirmou que, a partir do momento em que Costa ameaçou demitir-se, estava-se “ao nível da discussão entre o primeiro-ministro e o líder da oposição”, e que se o PSD demorou a corrigir o tiro, foi por responsabilidade de Rui Rio.

Negrão bateu sempre na mesma tecla, afirmando que o clima foi de “total sintonia” com a direção do partido e do grupo parlamentar, e de “condenação” e “protesto” em relação ao “golpe teatral de António Costa quando ameaçou com a demissão”.

Mas, apesar de haver condenação, segundo o Expresso, não houve “total sintonia” em relação ao comportamento de Rui Rio.

Hugo Soares foi a voz crítica, que fez uma intervenção que chegou até a irritar alguns dirigentes da bancada, como Emídio Guerreiro. Em resposta a Pedro Pinto, que momentos antes havia defendido a coerência do PSD em relação aos professores, Soares fez questão de repor a verdade histórica.

Esta nunca foi a posição do PSD“, afirmou, lembrando que durante anos o partido defendeu que “este tempo não ia nunca ser contado” e que, por razões de “justiça, de equidade e sustentabilidade das contas públicas” o PSD sempre votou contra as propostas de recuperação do tempo integral de serviço.

Para Hugo Soares, o PSD falhou na questão de fundo e na forma. Além disso, o anterior líder parlamentar criticou Rui Rio pela forma como, “sempre que tem uma aflição, culpa o grupo parlamentar”.

Para sustentar a sua afirmação, lembrou vários momentos em que o presidente do partido se comportou desta forma ao longo dos últimos quinze meses, considerando muito grave a forma como Rio queima os deputados para disfarçar as suas asneiras políticas.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Cientista americana diz estar certa de que a Terra será atingida por asteroide

https://vimeo.com/355132338 Uma cientista americana de uma ONG dedicada a proteger a Terra diz que é 100% certo que um asteroide atingirá o nosso planeta. A cientista é Danica Remy, presidente da Fundação B612. Após um asteroide não …

NASA vai mesmo explorar Europa, a lua de Júpiter que pode ter vida extraterrestre

A NASA deu luz verde a uma missão para explorar uma lua de Júpiter que é considerada um dos melhores candidatos para a vida extraterrestre. A Europa - que é um pouco mais pequena do que …

País de Gales cancela plano controverso de criar "casas de banho robô"

O objetivo da construção era impedir atividade sexual, vandalismo e dormidas nas casas de banho públicas. O projeto ia recorrer às tecnologias de piso sensível ao peso, jatos de água, sensores anti-movimento e alarmes. O conselho …

Sem saber, uma mulher viveu durante 17 anos com a sua "gémea" dentro dela

Uma jovem na Índia, sem saber, viveu com uma das condições médicas mais raras e perturbadoras durante quase duas décadas. De acordo com um relatório de caso desta semana, a mulher tinha um saco que continha …

Novo filme da saga 007 já tem nome e data de estreia marcada

O novo filme da saga 007, realizado por Cary Fukunaga chama-se "No time to die" e estreia-se no Reino Unido e nos Estados Unidos em abril de 2020. "Daniel Craig regressa como James Bond, 007 em... …

Comporta pode tornar-se na nova Ibiza (e tudo começou com a queda do BES)

Após anos de um quase esquecimento, em termos de desenvolvimento imobiliário, a Comporta está a atrair investidores internacionais que encaram a pequena vila de Setúbal como uma "nova Ibiza". Um cenário que está a preocupar …

Família de Aretha Franklin cria fundo para a investigação de cancro raro

Um ano após a morte da cantora, a família de Aretha Franklin criou um fundo de apoio à investigação na área dos tumores neuroendócrinos, a doença rara que se revelou fatal para a celebridade, a …

Sporting vai monitorizar tudo o que se diz e escreve sobre jogadores

A empresa Noisefeed tem uma enorme base de dados relativa à atividade nas redes sociais de milhares de jogadores a nível global. Os jogadores de futebol de todo o mundo usam, cada vez mais, as redes …

Boris janta hoje com Merkel para mudar acordo. Maioria quer novo referendo

A pouco mais de dois meses da data marcada para a saída do Reino Unido da União Europeia, uma nova sondagem mostra que a maioria dos britânico quer que qualquer novo acordo vá a referendo. Um …

Oficial: Pardal Henriques candidato a deputado pelo partido de Marinho Pinto

O advogado Pedro Pardal Henriques anunciou esta quarta-feira que aceitou o convite para encabeçar a lista do PDR a Lisboa, deixando de ser porta-voz do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas para "não misturar …