Navio encalhou nos Açores com 70 pessoas a bordo

Lino Borges / Lusa

O navio “Mestre Simão”, que fazia a ligação entre Faial e Pico, nos Açores, e que encalhou este sábado, transportava 70 pessoas a bordo e não há feridos a registar, disse o Governo Regional açoriano.

“Neste momento o Mestre Simão está encalhado, os passageiros estão a chegar aqui ao cais, vamos aguardar que os passageiros cheguem todos aqui”, adiantou inicialmente José António Soares.

O presidente da Câmara Municipal da Madalena admitiu que as pessoas estavam “a sentir-se muito mal” dado o sucedido e que no local “já se encontram ambulâncias” para prestar socorro aos cerca de “30 ou 40 passageiros” que foram entretanto retirados da embarcação.

No total, a embarcação trazia 61 passageiros e nove tripulantes, e “quando se preparava para atracar” no porto da Madalena, na ilha do Pico, encalhou.

“Neste momento foram já evacuados os 61 passageiros que viajavam na embarcação, aos quais foi prestado apoio médico por prevenção na zona do porto da Madalena. Para além da comoção provocada pelo acontecimento, não há outras situações médicas a registar”, confirmou o executivo açoriano, que está a acompanhar o caso em articulação com as empresas Atlânticoline e Portos dos Açores.

A secretária regional dos Transportes e Obras Públicas, Ana Cunha, segue ainda hoje para a ilha do Pico para visitar o local.

O “Mestre Simão” fazia a ligação entre a cidade da Horta, na ilha do Faial e a Madalena, na ilha do Pico, sendo que até ao momento desconhece-se o motivo para ter encalhado.

  ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE