Em recuperação, Navalny fala sobre envenenamento. “Foi um projeto pessoal de Putin que falhou”

(h) Alexei Navalny / EPA

Alexei Navalny

Em entrevista ao canal de televisão inependente Dozhd TV, Alexei Navalny, que se encontra em recuperação da tentativa de assassinato com o agente químico Novichok, garante que ninguém o vai parar e lança farpas a Vladimir Putin. “A estratégia permanece a mesma”.

A recuperar em Berlim, o líder da oposição russa garante que “o que eu quero é uma investigação conduzida em território russo – ou pelo menos algo semelhante a uma investigação. Porque o que está a acontecer parece ser mais um sinal de que ninguém pode contar com a justiça no nosso país”, referiu ao canal de televisão Dozhd TV, a única cadeia de televisão independente da Rússia.

Na entrevista, que foi publicada pelo Diário de Notícias, fala sobre as repercussões internacionais do seu envenenamento. Navalny lembra que “se os países desenvolvidos quiserem ajudar a Rússia, os seus cidadãos e a eles próprios, deveriam colocar um obstáculo no caminho do dinheiro sujo que sai da Rússia”.

Na opinião do russo “é realmente necessário expulsar da Europa todos os oligarcas – os Usmanovs, os Abramovichs, os Shuvalovs, os Peskovs e todos esses propagandistas que enriquecem e enviam dinheiro para a Europa enquanto os russos são mantidos na pobreza e na degradação”.

O ativista político lembra que as ações que a União Europeia tomou até ao momento no que toca à investigação do seu envenenamento não estão relacionadas com ele – mas sim com “o uso de armas químicas”, “uma violação das leis e convenções internacionais”.

Navalny acusa Vladimir Putin, presidente russo, de estar pessoalmente por trás da sua tentativa de assassinato. “Foi um projeto pessoal de Putin que falhou. Ele está a tentar proteger-se agora, inclusivamente com esta mentira completamente monstruosa” (de que Navalny se envenenou a si próprio).

O diretor da Fundação Anticorrupção em Moscovo vai mais longe e diz que “o homem (Putin) foi apanhado com uma arma fumegante apontada à parte de trás da minha cabeça e, depois de falhar o alvo, diz: Não fui eu. Foi uma tentativa de suicídio”.

Na entrevista ficou a promessa de regressar à Rússia para continuar a fazer oposição ao regime. Navalny reconhece que “os riscos são mais elevados”, mas que “a estratégia básica permanece a mesma”. “Temos de apelar às pessoas. Temos de exigir o direito de participar livremente nas eleições como candidatos. Continuaremos a organizar manifestações”, sublinhou.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

O envelhecimento celular em humanos foi parcialmente revertido (com o uso de oxigénio)

Investigadores da Universidade de Tel Aviv, em Israel, descobriram uma forma de reverter o processo de envelhecimento celular e podem ter feito um avanço na procura pela juventude eterna. O novo estudo publicado na revista Aging …

Porto 0-0 Man City | Pragmatismo portista garante “oitavos”

O FC Porto está nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Os “azuis-e-brancos” precisavam apenas de um empate, ou que o Olympiacos não vencesse em França, em casa do Marselha, e ambos os pressupostos aconteceram – …

O céu tingiu-se de roxo na Suécia (e a culpa era de uma plantação de tomates)

O céu ficou misteriosamente tingido de roxo em Trelleborg, a cidade mais a sul da Suécia, por causa da luz vinda de uma plantação de tomate enuma cidade próxima. Há algumas semanas, os moradores de Trelleborg …

Maurícias estão a abater um morcego ameaçado de extinção por interesses económicos

O morcego das Maurícias, em perigo de extinção, é mais uma vez o centro de um polémico abate nas mãos do Governo, para alarme das organizações de conservação da vida selvagem. Sob pressão de agricultores e …

Procurador-geral dos EUA: não há provas de fraude eleitoral generalizada

O procurador-geral dos Estados Unidos da América, William Barr, reconheceu hoje que não houve fraude em dimensão suficiente para invalidar a vitória do democrata Joe Biden nas eleições presidenciais norte-americanas. "Nesta altura, não vimos fraude a …

Parque de esculturas subaquático vai ser inaugurado em Miami

Miami vai servir de casa para um novo parque de esculturas subaquático como nunca viu. O ReefLine é projetado para servir como um recife artificial e vai estar disponível a receber visitantes em dezembro de …

Da "política do filho único" aos incentivos à natalidade: como a China tem mudado a sua estratégia populacional

A China está a planear incluir novas medidas para estimular a taxa de natalidade do país e lidar com o rápido envelhecimento da população. A estratégia passa pelo “plano de cinco anos” que deverá estar …

Vacinação será “grande prioridade” de presidência portuguesa da UE

O primeiro-ministro português, António Costa, referiu hoje que a vacinação contra a covid-19 deverá ser uma das “grandes prioridades” da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE), após um encontro com o presidente do …

No Cambodja, os aldeões usam "espantalhos mágicos" para afastar a covid-19

Os aldeões do Cambodja têm evitado a pandemia de covid-19 sem máscaras nem distanciamento social, mas sim com "espantalhos mágicos" que espantam o vírus mortal. Os dois espantalhos de Ek Chan, um aldeão de 64 anos, …

O Arecibo desabou. É o fim de uma era à procura de vida extraterrestre

O Observatório de Arecibo, em Porto Rico, morreu. Três semanas depois de um dos principais cabos de sustentação da sua cúpula ter desabado, danificado irremediavelmente o radiotelescópio, o icónico caçador de vida extraterrestre antecipou-se à …