/

Advogado da National Enquirer nega acusações de chantagem de Jeff Bezos

secdef / Flickr

Jeff Bezos, CEO da Amazon

Um advogado do tablóide National Enquirer desconsiderou este domingo as acusações de Jeff Bezos, que denunciou que a publicação norte-americana o tentou chantagear com a publicação de fotos íntimas que alegadamente revelam um caso extraconjugal com uma ex-apresentadora de televisão.

“Sem dúvida que não é extorsão nem chantagem”, disse Elkan Abramowitz em entrevista exclusiva ao programa matutino This Week do canal de televisão norte-americano ABC. Abramowitz representa o National Enquirer e o grupo à qual este pertence, o American Media Inc (AMI).

No dia 7 de fevereiro, num comunicado na plataforma Medium, Jeff Bezos, CEO da Amazon e o homem mais rico do mundo, disse que o AMI o tentou chantagear.

De acordo com o magnata, o grupo ameaçou publicar fotos da sua intimidade a menos que parasse de investigar a origem da fonte que permitiu à National Enquirer obter mensagens de texto privadas que mostram indícios dum relacionamento extraconjugal. Jeff Bezos recusou e preferiu publicar várias das mensagens que afirma ter trocado com o AMI.

Este domingo, Elkan Abramowitz contrariou a versão de Bezos e alega não ter existido nenhuma tentativa de extorsão ou chantagem por parte da revista. “O que aconteceu é que a história foi entregue ao National Enquirer por uma fonte confiável que tem fornecido informações ao National Enquirer durante os sete anos que antecederam à data de publicação desta história. Era uma fonte bem conhecida pelo senhor Bezos e pela senhora Sánchez”, disse.

As informações sobre o suposto relacionamento apareceram dias depois de Bezos e da sua esposa MacKenzie anunciarem o seu divórcio.

Abramowitz, no entanto, recusou revelar a identidade da fonte quando foi questionado se era Michael Sánchez, irmão de Lauren Sánchez, ex-apresentadora de televisão e com quem alegadamente Bezos terá um caso amoroso. De acordo com o Daily Beast, Michael é a fonte que forneceu as fotografias ao tablóide.

“É uma pessoa que tanto o senhor Bezos como a senhora Sánchez conheciam”, repetiu o advogado. “Posso dizer que não é a Arábia Saudita ou o presidente Trump. Não é Roger Stone, mas não vos posso dizer quem é”, reiterou Abramowitz.

A National Enquirer anunciou no dia 8 a abertura de uma investigação interna à acusação de “extorsão e chantagem” feita no dia anterior pelo presidente da Amazon, Jeff Bezos.

  // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.