Nasceu o SOS Vizinho, a plataforma criada para ajudar quem mais precisa durante a quarentena

“No andar, no prédio, no bairro, na freguesia. Vamos ajudar quem precisa.” O SOS Vizinho é uma plataforma online para apoiar pessoas com doenças crónicas ou que estejam doentes e isolados.

“A Netflix pode esperar, os portugueses que são grupo de risco e necessitam de alimentar-se não. Nasceu assim o SOS Vizinho!” Este é o mote do projeto SOS Vizinho, que tem como objetivo a criação de uma rede de distribuição composta por voluntários. A ideia partiu de Henrique Paranhos, o voluntário que, em menos de 24 horas, juntou mais de 50 pessoas de todo o país.

Segundo o Observador, o projeto surgiu online, organizou-se remotamente e “lançou-se entre a manhã de sábado e este domingo”, lê-se no comunicado enviado ao diário.

O SOS Vizinho vai existir em site e, possivelmente, através de telefone. O site, que pode ser consultado aqui, permitirá dois tipos de inscrição: uma para voluntários, que se predisponham a ajudar, e outra para idosos (com mais de 65 anos) e “doentes crónicos ((como hipertensos, pessoas com problemas cardíacos e cardiorespiratórios, diabéticos, pessoas imunodeprimidas e com doenças autoimunes, entre outras)” que queiram requerer ajuda para evitar sair de casa.

Além disso, explica o diário, o SOS Vizinho contará ainda com um “Manual do Voluntário”, que recordará os inscritos dos “procedimentos de segurança nos vários cenários, desde a receção do pedido de apoio até à sua concretização junto do beneficiário”.

O projeto “já é do conhecimento do ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social”, tendo obtido “apoio da CASES – Cooperativa António Sérgio para a Economia Social”.

Há quem disponibilize casas a profissionais de saúde

São vários os proprietários de alojamento local ou de casas desocupadas que estão a disponibilizar gratuitamente habitação a médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde que estejam na linha da frente no combate à Covid-19, uma vez que estes profissionais se debatem com a questão: “devo voltar para casa, sob risco de contagiar a minha família?”.

Segundo o Observador, no grupo de Facebook “COVID19 – Alojamento SOLIDÁRIO para profissionais de saúde” foram publicadas, em apenas 11 horas, quase 200 ofertas de proprietários e pedidos de trabalhadores.

No mesmo grupo, são também vários os apelos de profissionais de saúde a pedirem um local onde possam ficar enquanto durar a pandemia, para evitarem contagiar a família e amigos.

“O objetivo é tentar proteger os que mais gostamos e que nos são próximos, sobretudo os mais idosos, e descansar o máximo possível, nas poucas horas que vamos ter disponíveis para tal”, diz uma enfermeira, citada pelo diário.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Peça que terá sido usada no batismo de D.Maria II está à venda. Estado não a compra por ser demasiado cara

Há uma semana que está à venda uma peça que pertenceu à coroa portuguesa. Terá pertencido à família real depois do Terramoto de 1755 e, de acordo com o antiquário que agora a comercializa, terá …

"Dupla pancada". Vítimas de violência doméstica são deixadas ao abandono sem indemnização

Mais de 80% das vítimas de violência doméstica, a maioria mulheres, não recebem indemnizações, nem dos agressores nem do Estado. Se as vítimas não tiverem sofrido uma incapacidade para o trabalho por um período igual ou …

Ministério Público declara ilegal eleição de André Ventura

Ministério Público invalidou a mudança nos estatutos do Chega, incluindo a eleição direta de André Ventura. O líder do partido admite um novo congresso. No início do mês, o Ministério Público (MP) pediu ao Tribunal Constitucional …

Ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos demite-se por causa do Afeganistão

Sigrid Kaag demitiu-se do seu cargo de ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos, depois de o Parlamento considerar que o Governo fez uma má gestão da retirada de cidadãos do Afeganistão. A ministra dos Negócios …

Rio "atirou" Costa aos macacos e pediu aos eleitores que "penalizem" o descaramento do PS

Rui Rio afirma nunca ter visto um "desplante" semelhante ao do PS no que respeita a promessas eleitorais como o que está a acontecer na atual campanha para as autárquicas. Mais um dia, mais uma capelinha. …

Boris quer destronar Thatcher com mais uma década no poder

Há quem acredite que o atual primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, quer bater o recorde de Margaret Thatcher, que exerceu o cargo de 1979 a 1990. Um membro do Governo britânico terá dito ao The Times que …

Itália passa a exigir certificado verde a todos os trabalhadores

Medida é das mais restritivas atualmente em vigor no mundo inteiro, já que todos os regimes de obrigatoriedade que vigoram atualmente aplicam-se sobretudo a profissionais do setor da saúde. A partir de 15 de outubro, itália …

Com receio de que violência negacionista possa escalar, PSP reforça segurança pessoal de políticos

As forças de segurança temem que a violência negacionista aumente e o movimento atraia pessoas desequilibradas. No passado sábado, vários negacionistas, reunidos em mais uma manifestação, desta vez com o mote “Pelas nossas crianças – Rumo …

Promessa eleitoral de Costa em Coimbra arranca um aviso da CNE. Rio ficou "chocado"

António Costa tem estado activo na campanha eleitoral, ao lado dos candidatos do PS às autárquicas, e até sacou da cartola uma maternidade em Coimbra. Uma promessa que deixou Rui Rio "chocado" e que leva …

O voto que dá que falar. "Não há um centímetro quadrado de Portugal que seja indigno" do Constitucional

Três juízes do Tribunal Constitucional contestaram o parecer dos seus pares que considera "desprestigiante" a mudança deste órgão de Lisboa para Coimbra, mas é o voto contra de Mariana Canotilho que dá que falar, uma …