Nasceu na Grécia um bebé com “três pais”. É o terceiro caso no mundo

Um bebé com o ADN de três pessoas diferentes nasceu na Grécia, após um tratamento de fertilidade controverso. O menino nasceu na terça-feira, pesa 2,9 quilogramas e é saudável.

Os médicos por trás do tratamento, da Grécia e da Espanha, dizem que isso marca um avanço histórico – é a primeira vez que uma técnica de fertilização in vitro que envolvia ADN de três pessoas tem sido usada com o objetivo de abordar problemas de fertilidade.

Mas especialistas britânicos criticaram a decisão de prosseguir com o tratamento que, segundo eles, não era apoiado por evidências científicas e envolvia riscos injustificáveis.

A chamada transferência de fuso materno (MST) foi aplicada a uma mulher grega, de 32 anos, num ensaio clínico piloto. A técnica consiste em extrair do núcleo de um ovócito de uma dadora com mitocôndrias saudáveis, substituindo-o pelo núcleo de um ovócito da mãe do bebé. Depois, fertiliza-se o ovócito com o espermatozóide do pai e implanta-se no útero da mulher com infertilidade, neste caso da mulher grega.

As mitocôndrias são peças que existem dentro de todas as células do corpo humano e que funcionam como pilhas, porque são elas as responsáveis por armazenar a energia. Ora, dentro das células há dois tipos de informação genética: a maior parte dela, 99%, está guardada no núcleo das células; e o restante está dentro dessas mitocôndrias. Acontece que toda a informação genética que temos dentro das mitocôndrias é-nos passada exclusivamente pela mãe.

Tal como o ADN presente no núcleo das células, também a informação genética das mitocôndrias pode trazer mutações que levem ao desenvolvimento de doenças. Era esse o caso desta criança grega: a mãe era portadora de uma mutação na informação genética das mitocôndrias que, se fosse transferida para os filhos, podia comprometer a saúde das crianças. Foi para evitar esse cenário que os pais decidiram entrar no teste da Embryotools, uma empresa espanhola, e dos médicos gregos.

A mulher que deu à luz esta semana na Grécia já tinha passado sem sucesso por quatro ciclos de fertilização in vitro. Ela agora é mãe, mas uma pequena parte da composição genética do filho é da doadora, uma vez que as mitocôndrias possuem ADN próprio.

O bebé veio ao mundo na terça-feira com 2,9 quilogramas. A mãe, grega, tem 32 anos. São os protagonistas do terceiro teste bem sucedido com este procedimento — o primeiro aconteceu em 2016 no México e o segundo em 2017 na Ucrânia.

O centro espanhol Embryotools, que trabalhou em parceria com a equipa grega, anunciou, de acordo com a BBC, que outras 24 mulheres estão a participar na experiência e que oito embriões estão prontos a ser implantados.

Esta nova técnica, que permite que pais com mutações genéticas tenham bebés saudáveis, foi aprovada no Reino Unido em 2015, mas ainda não é legal em vários países. Nos EUA, o procedimento ainda é proibido porque experiências semelhantes feitas em 1990 geraram bebés com doenças genéticas.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Há uma enorme confusão (demasiado habitual) entre “pilha” e “bateria”: ‘bateria’, por definição é que pode armazenar energia elétrica, ou seja, pode ser recarregada; uma ‘pilha’ só fornece energia elétrica até se esgotar e não é recarregável!
    No caso concreto deste artigo, penso que seria mais adequado dizer que as mitocôndrias “funcionam como baterias”, pois realmente armazenam energia.
    Penso que a causa principal do uso errado destes termos deriva de, em inglês, a expressão “battery” servir para designar quer “bateria” (elétrica) como “pilha” (elétrica). Convinha que na tradução de artigos do inglês para português se tivesse em conta os significados distintos que esta palavra inglesa tem na nossa língua (e em outras).

    • António e ZAP, como biólogo posso dizer-vos que nem uma nem outra das opções fazem sentido, neste caso concreto.
      Cada mitocôndria é uma espécie de central de produção de energia – lá decorrem reações químicas que visam aproveitar a energia dos nutrientes orgânicos (essencialmente da glicose), permitindo produzir moléculas de ATP. Podemos dizer que permitem “carregar” as “pilhas” ou “baterias” que são as moléculas de ADP (forma “descarregada”/ ATP (forma carregada). A designação mais habitual para o ATP é a de “moeda energética” da célula, pois intervém nas trocas de energia na célula.
      Nas mitocôndrias decorrem passos importantes da respiração celular, que é o nome desse processo de transferência de energia dos nutrientes para poder ser utilizada pela célula (sob a forma de ATP).
      No caso das pessoas com mutações no DNA mitocondrial, as mitocôndrias podem ser muito ineficientes, originando uma doença altamente incapacitante. Transmite-se da mãe para todos os filhos, de ambos os sexos. Esta solução imaginativa permite resolver a solução naquele filho ou filha, mas também em toda a descendência (uma filha doente transmitiria à descendência).
      O comentário já vai longo, mas espero ter ajudado.

RESPONDER

Só as mulheres podem parar o Apocalipse nuclear

O aumento da participação feminina no setor nuclear ajudaria a reduzir a ameaça de um Apocalipse, afirmou recentemente a analista Xanthe Scharf. O conflito nuclear continua a ser a maior ameaça imediata à segurança global. Os …

Esqueleto que caiu de um penhasco pode ter pertencido a uma princesa

Há mais de um século, um tronco esculpido que continha o antigo esqueleto de uma mulher caiu de um penhasco à beira-mar na pequena vila costeira polaca de Bagicz. Agora, os investigadores determinaram que a mulher …

Apanhado no Facetime. Prisão perpétua para português por violação e agressão em Inglaterra

Um português a residir em Inglaterra foi condenado a prisão perpétua por violação e agressão a uma jovem de 19 anos, tendo uma captura de ecrã durante uma chamada de FaceTime sido um elemento chave. Samuel …

Estranha síndrome genética está a cegar famílias inteiras

Médicos na Austrália descobriram uma condição ultra-rara que está gradualmente a cegar famílias inteiras em redor do mundo. Agora, estão a tentar encontrar uma cura. Os primeiros sinais da condição surgiram na Austrália, quando uma mãe, …

Juventus é campeã pela oitava vez consecutiva. E Ronaldo estava lá

A Juventus conquistou este sábado a Serie A pela oitava vez consecutiva, depois de vencer em casa a Fiorentina por 2-1, em jogo da 33ª jornada. Poucos dias após a eliminação nos quartos de final da …

Coletes Amarelos: novo sábado de violência em Paris

Mobilizados há mais de cinco meses, os "coletes amarelos" voltaram este sábado às ruas para o seu "acto XXIII" marcado por uma nova escalada da tensão entre manifestantes e forças de autoridade. Tiros de gás lacrimogéneo, …

Porto vs Santa Clara | Dragão suficiente assume liderança

O FC Porto venceu hoje o Santa Clara por 1-0, em partida da 30.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, que permite aos ‘dragões' regressarem, à condição, ao comando do campeonato. O FC Porto cumpriu …

Notre-Dame pode não ser a única. Vários monumentos em todo o mundo estão em risco

O incêndio na catedral de Notre-Dame, em Paris, levantou questões sobre a forma como os órgãos responsáveis pelo património cultural realizam políticas de conservação e detetam possíveis problemas. Além disso, a Unesco indicou que vários locais de …

Hubble espreita aglomerado cósmico azul

Os enxames globulares são objetos inerentemente belos, mas o alvo desta imagem do Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA, Messier 3, é frequentemente reconhecido como um dos mais esplêndidos de todos. Contendo, incrivelmente, meio milhão de estrelas, …

Comer carne vermelha (mesmo moderadamente) aumenta risco de cancro do intestino

O maior estudo alguma vez realizado no Reino Unido sugere que devemos reduzir (ainda mais) o consumo de carne vermelha. Um estudo financiado pela Cancer Research UK e desenvolvido pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, …