Reino Unido autoriza bebés de três pais

dontshoot.me! / Flickr

-

Os deputados britânicos autorizaram esta quarta-feira a conceção de bebés a partir do ADN de três pessoas, abrindo caminho para o Reino Unido se tornar o primeiro país do mundo a adotar este controverso procedimento.

Por 382 votos a favor e 128 contra, os deputados da Câmara dos comuns aprovaram a autorização para a concepção de bebés através da fertilização “in-vitro” com o ADN de três pessoas, duas mulheres e um homem, uma técnica denominada doação mitocondrial.

A decisão destina-se a evitar que doenças genéticas graves sejam transmitidas de mãe para filho, e a medida legislativa vai agora passar para a Câmara dos Lordes, considerada uma mera formalidade.

Caso seja aprovada, o Reino Unido será o primeiro país do mundo a legalizar a reprodução assistida com os genes de três pessoas.

Após a aprovação da legislação, as mulheres que quiserem praticar este ato deverão pedir autorização ao “Human Fertilisation and Embryology Authority” (Autoridade de Fertilização e Embriologia Humana, HFEA), o organismo britânico responsável em matéria de bioética.

Os primeiros bebés, nascidos desta técnica de combinação do ADN de duas mulheres e de um homem, poderão nascer a partir do outono de 2016.

Cerca de 125 bebés nascem anualmente no Reino Unido com uma disfunção mitocondrial, transmitida pela mãe. As mitocôndrias são estruturas especializadas presentes nas células que transformam a glucose em molécula energética. Defeituosas, podem provocar um défice energético para o organismo e são responsáveis por doenças degenerativas graves, como a diabetes ou miopatia.

A vice-ministra britânica da Saúde e Assistência Social, a conservadora Jane Ellison, argumentou na Câmara dos Comuns que a técnica significa “a luz ao fundo do túnel para muitas famílias afetadas”, como é o caso de Sharon Bernardi, uma habitante de Sunderland, no nordeste de Inglaterra, que perdeu sete filhos por doenças mitocondriais.

«Para o parlamento é um passo audaz, algo em que pensámos muito», adiantou Ellison.

Os especialistas calculam que cerca de 2.500 mulheres poderão beneficiar deste procedimento no Reino Unido.

A nova técnica, definida como um avanço significativo pelos seus apoiantes, não obtém unanimidade na comunidade científica.

David King, director do grupo de fiscalização independente Juman Genetis Alert, diz que esta é uma decisão de grande “significado histórico”, mas que não foi debatida de forma adequada e tem implicações “anti-éticas”.

“É a primeira vez que qualquer governo legaliza a modificação do genoma humano que pode ser herdado, algo que é proibido em todos os outros países europeus, e as técnicas não passaram pelos testes de segurança necessários”, afirma King.

ZAP // Lusa / BBC

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. A ignorância é algo terrível… Especialmente quando alguém comenta sem saber nada…
    Não conseguem perceber que a mulher fora do casal a única coisa que fornece é o Material Citoplasmático e Mitocôndrias (que pouco DNA tem e são a “fábrica” da energia da Célula)…
    Na essência o material genético no núcleo continua a ser o dos verdadeiros pais e que com esta técnica o que se evita é uma anomalia grave associada ao mal funcionamento das Mitocôndrias de origem materna…
    Mas depois vêm estes indivíduos que não têm mais nada que fazer que não seja empolar uma situação que nada mais tem que resolver um problema grave de saúde e reprodução de algumas pessoas… aproveitando-se a ignorância da população… era mais importante que se educassem e cultivassem mais antes de argumentar sobre o que não dominam…
    Mas da maneira como se desinveste em educação isto só tende a piorar ainda mais…

RESPONDER

Conselho da Europa teme que polícia de Malta tenha “recusado provas” no caso da jornalista assassinada

Daphne Galizia era jornalista, acompanhava casos de corrupção no país e foi assassinada há dois anos. Pieter Omtzigt, relator do Conselho da Europa responsável pelo caso, diz que a abordagem da polícia e dos …

Itália quer mudar sede da final da Liga dos Campeões

A Itália quer que a final da Liga dos Campeões deste ano, marcada para o Estádio Olímpico Atatürk Olympic, mude de sede. Os últimos dias não têm sido fáceis para a UEFA. Depois dos incidentes racistas …

CNN coloca broa portuguesa entre os 50 melhores pães do mundo

A propósito das celebrações do Dia Mundial do Pão, que se celebra esta quarta-feira, a CNN fez uma lista com os 50 melhores pães do mundo e um deles é a broa portuguesa. A broa conhecida …

CP lança nova campanha: Lisboa-Porto por cinco euros e mais descontos até 80%

Há 10.300 bilhetes a custos muito reduzidos, anunciou a CP – Comboios de Portugal esta terça-feira. A nova campanha garante viagens nos comboios de longo curso Alfa Pendular e Intercidades “com 80% de desconto”, abrangendo …

"Níveis recorde". Glaciares suíços perderam 10% do seu volume nos últimos cinco anos

Os glaciares suíços perderam 10% do volume nos últimos cinco anos, a maior redução em cem anos, alertou esta terça-feira a Academia Suíça das Ciências. A Academia baseia-se nas medições feitas pelos peritos do painel intergovernamental …

Caso BPN. Relação condena dois dos absolvidos e agrava penas a outros dois

O Tribunal da Relação de Lisboa condenou esta quarta-feira dois dos três arguidos absolvidos no processo principal da falência do BPN, Ricardo Oliveira e Filipe Nascimento, e agravou as penas a dois dos 12 arguidos …

Operação Éter. Hermínio Loureiro entre as dezenas de autarcas arguidos

Hermínio Loureiro, ex-presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, está entre as dezenas de atuais e antigos autarcas que foram constituídos arguidos no âmbito da Operação Éter. Este processo levou à prisão preventiva do antigo presidente …

Proteção Civil quer que bombeiros voltem a ser obrigados a usar cinto de segurança

A estrada mata mais bombeiros do que os incêndios. Por isso, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil criou um grupo específico para analisar o problema. Rui Ângelo, chefe da Divisão de Segurança, Saúde e …

Estratégia prevê rede de bancos de leite materno e revisão das licenças para amamentar

A ENALCP apresentada esta quarta-feira prevê a criação de uma rede nacional de bancos de leite materno e a revisão dos diretos de parentalidade. Ambientes favoráveis deverão ser também revistos. A Estratégia Nacional para a Alimentação …

DGS aconselha grávidas e bebés vegetarianos a tomarem suplementos

A Direção-geral da Saúde recomenda suplementos de vitaminas e minerais para bebés e grávidas com alimentação vegetariana e lembra que a dieta não omnívora no primeiro ano de vida deve estar sempre sob supervisão médica. "A …