Mulher vai dar à luz bebé com material genético de três pessoas

Uma mulher com problemas de fertilidade conseguiu engravidar através de uma técnica de fertilização in vitro que usa material genético da mãe, do pai e de uma mulher dadora.

A chamada transferência de fuso materno (MST) foi aplicada a uma mulher grega, de 32 anos, num ensaio clínico piloto. A técnica consiste em extrair do núcleo de um ovócito de uma dadora com mitocôndrias saudáveis, substituindo-o pelo núcleo de um ovócito da mãe do bebé. Depois, fertiliza-se o ovócito com o espermatozóide do pai e implanta-se no útero da mulher com infertilidade, neste caso da mulher grega.

Está agora preparada para dar à luz um rapaz depois de ter participado num estudo piloto levado a cabo na Grécia. O estudo incluirá ainda outras 24 mulheres”, refere o comunicado do Parque Científico de Barcelona sobre este trabalho.

Além disso, os cientistas em Espanha e na Grécia envolvidos neste projeto, adiantaram que, com esta técnica, se conseguiram obter embriões de oito mulheres que também tinham problemas de infertilidade, embora não tenham sido transferidos. O português Nuno Costa Borges, diretor científico da empresa Embryotools e um dos investigadores envolvidos neste projeto, adiantou que podem ser transferidos “a qualquer momento”.

Este tipo de situações são frequentemente apresentadas como “um bebé com três pais“. No entanto, o especialista português recusa usar esta expressão e argumenta que é exagerada e sensacionalista.

“A única coisa que a dadora transmite é o citoplasma [onde estão as mitocôndrias] do ovócito”, refere.Apesar de haver, de facto, a participação de três pessoas, o bioquímico afirma ser um exagero dizer que o bebé é filho de três pais porque o ADN do dador representa menos de 1% do total do ADN do bebé.

Segundo o Público, este projeto dura já há cinco anos e tem passado por várias fases de validação. Primeiro, fizeram-se testes em ratinhos; depois, fez-se a pré-avaliação clínica de vários ovócitos humanos doados para investigação; e agora, por fim, passou-se para os ensaios clínicos, que já tinham tido a permissão das autoridades gregas em 2016.

Gloria Calderón, diretora da Embryotools, é mais cautelosa. “A transferência de fuso materno é uma técnica experimental que está num processo de validação. Como tal, devemos ser prudentes. Não se pode incorporar na rotina de qualquer clínica de reprodução assistida de um dia para o outro.”

Ao diário, Nuno Costa Borges adiantou que o artigo científico sobre os testes em ratinhos está em revisão e os resultados têm sido divulgados em congressos científicos. O artigo sobre o ensaio clínico está em fase de preparação.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Cria de lobo-marinho voltou a aparecer no areal do Porto Santo

A cria de lobo-marinho que tem feito do areal da ilha do Porto Santo o seu local de descanso voltou a aparecer hoje, depois de ter desaparecido desde terça-feira à noite. A bióloga Rosa Pires, do …

Há um fóssil único de tiranossauro bebé à venda no eBay (e os cientistas estão indignados)

O esqueleto "único" de um filhote de tiranossauto (Tyrannosaurus rex) com mais de 60 milhões de anos foi posto à venda na plataforma eBay nos Estados Unidos. O vendedor pede quase 3 milhões de dólares …

Agência francesa adverte: troque ibuprofeno por paracetamol

A agência francesa do medicamento ANSM fez uma advertência a médicos e pacientes sobre riscos decorrentes do uso do ibuprofeno e do cetoprofeno, que podem agravar infeções em tratamento, e pediu uma investigação a nível …

"Lendária" e misteriosa espécie de orca avistada por cientistas

Cientistas admitem o possível avistamento de uma das espécies de orca mais misteriosas da natureza. A orca é conhecida como o "Tipo D", mas muito raramente foi vista ou ouvida. A orca foi avistada no Cabo …

Nacional vs Sporting | Triunfo curto para tanto domínio

O Sporting foi à Madeira somar a sua sétima vitória consecutiva na Liga NOS. No terreno do Nacional, os “leões” ganharam por 1-0, num jogo em que o resultado não espelha a grande superioridade da …

Titã pode ter "lagos fantasmas" e cavernas

Titã, a lua e Saturno, é surpreendentemente semelhante à Terra. Tem lagos, rios e oceanos profundos (e possivelmente cavernas) que poderiam sustentar vida. Em Titã, a chuva não é água, mas sim metano líquido. Duas …

As barbas podem ter mais bactérias do que o pêlo dos cães

Uma equipa de investigadores suíços descobriu que as barbas podem ter mais micróbios prejudiciais à saúde humana do que o pêlo dos cães. Uma recente investigação realizada pela clínica Hirslanden, na Suíça, descobriu que as barbas …

Há uma cidade onde é proibido morrer

Longyearbyen, capital do arquipélago de Svalbard, na Noruega, deu o passo muito incomum de proibir a morte naquela região. Desde 1950, ninguém está legalmente autorizado a morrer na cidade. Até uma pessoa que lá tenha vivido …

Este ano já morreram 129 pessoas na estrada. O telemóvel leva as culpas

A Secretaria de Estado da Proteção Civil informou hoje que morreram 129 pessoas nas estradas portuguesas, menos uma morte do que em período homólogo de 2018 e o telemóvel ao volante tem contribuído para aumento …

Musk ganha 40 mil vezes mais que os seus empregados (mas não levanta os cheques)

Elon Musk, o criador da Tesla, ganha 40 mil vezes mais do que a média dos seus trabalhadores. Por outro lado, o multimilionário Warren Buffett recebe sete vezes menos que os seus trabalhadores. Os dados divulgados …