NASA volta ao espaço em voos tripulados com a Boeing e a SpaceX

NASA Kennedy / YouTube

Novo Táxi Espacial da NASA, made by SpaceX ou Boeing?

A Agência Nacional para a Aeronáutica e o Espaço, NASA, que desde o fim do programa Space Shuttle, em 2011, não tem autonomia para enviar astronautas ao espaço, escolheu a Boeing e a SpaceX para desenvolverem a próxima nave de transporte de astronautas para a Estação Internacional, revelou o seu administrador, Charles Bolden.

A NASA vai pagar 6,8 mil milhões de dólares (5,2 mil  milhões de euros) às duas empresas pelas suas respectivas naves espaciais (Dragon e CST-100) e para o desenvolvimento do novo Táxi Espacial da NASA.

“O potencial valor total do contrato é de 4,2 mil milhões de dólares para a Boeing e 2,6 mil milhões para a SpaceX“, especificou Charles Bolden.

A agência já gastou mais de 1,4 mil milhões de dólares desde 2010 em ajuda a empresas privadas (incluindo a Boeing e a SpaceX) no desenvolvimento dos seus próprios veículos de transporte.

“Desde o início, o governo do Presidente Obama tornou muito claro que  a maior nação na Terra não deveria estar dependente dos outros para ir para o espaço”, adiantou Bolden.

“Estamos hoje mais próximos de lançar os nossos astronautas em veículos americanos e em 2017 acabar com a dependência que temos da Rússia”, acrescentou.

Recentemente, a Rússia anunciou não ter intenção de manter o seu contributo para a Estação Espacial Internacional após o fim do corrente acordo, em 2020.

Com o fim do programa norte-americano de veículos de transporte espacial, após 30 anos de voos tripulados do Space Shuttle, as principais potências espaciais ficaram dependentes do foguetão russo Soyuz  para transportar os seus cientistas para a estação espacial, com um custo  de 70 milhões por tripulante.

Segundo os analistas, a tensão recente no leste da Ucrânia terá também contribuído para que o governo americano tenha decidido acelerar o regresso ao espaço.

O novo Taxi Espacial

Não é claro, para já, qual das duas empresas irá comandar a primeira missão tripulada americana depois do vaivém espacial.

Se o novo Space Taxi da NASA for baseado na cápsula CST-100 da Boeing, será semelhante ao aqui apresentado:

A SpaceX, empresa com que o visionário Elon Musk se lançou na corrida espacial, tem já um contrato com a NASA, que usa os foguetes Falcon 9 e as naves Dragon da empresa para abastecimento da Estação Espacial Internacional.

Se se inspirar na nave da SpaceX, o Space Taxi poderá ir a ser algo parecido com isto:

Não deixa de ser curioso que, em qualquer dos casos, a nova nave de transporte venha a ter mais parecenças com as cápsulas Apollo que levaram o Homem à Lua do que com a figura de aeronave do icónico Space Shuttle.

Um pequeno passo atrás para o Homem – talvez para dar dois de gigante em frente a seguir.

AJB, ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Evento raro". Nasceu uma baleia-branca no maior aquário do mundo (e o momento foi gravado)

Whisper, uma baleia-branca de 20 anos, deu à luz uma cria saudável em 17 de maio após uma gravidez de 15 meses, marcando a chegada do mais novo cetáceo do Georgia Aquarium, numa altura em …

Telemóveis são uma ferramenta poderosa contra a desigualdade de género em África

Ao dar às mulheres acesso a informação que, de outra forma, era quase impossível de obter, os telemóveis estão a salvar e a transformar vidas. De acordo com o site IFLScience, o estudo responsável por esta …

Desde março, morreram mais de 100 elefantes no Botsuana. Ninguém sabe porquê

As autoridades do Botsuana estão a investigar a morte de 110 elefantes na região do Delta do Okavango desde março, anunciou esta semana o Ministério do Meio Ambiente, Conservação de Recursos Naturais e Turismo daquele …

Um robô aprendeu a fazer uma omelete. E ficou melhor do que o esperado

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, treinou um robô a preparar uma omelete. Para os investigadores, avaliar se um robô cozinhou uma refeição com sucesso é uma fonte interessante de …

Covid-19 já matou mais no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães da II Guerra

A pandemia de covid-19 já matou mais pessoas no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães durante a II Guerra Mundial. O novo coronavírus oriundo da China já matou cerca de 50.000 pessoas em território …

Estudo mostra que os cães querem mesmo resgatar os seus donos do perigo

Um novo estudo mostra que os nossos amigos de quatro patas querem realmente salvar-nos em momentos de aflição, mas desde que saibam como o fazer. De acordo com o site Science Alert, os investigadores reuniram 60 cães …

Derek Chauvin foi detido, mas os precedentes mostram que o polícia pode sair impune

Derek Chauvin, o polícia responsável pela morte de George Floyd, foi detido e aguarda a sua primeira audiência. No entanto, há precedentes que sugerem que o agente pode sair impune. Derek Chauvin tem a sua primeira …

Cientistas encontram dois fragmentos do meteorito de Barcelona

Cientistas espanhóis encontraram dois pequenos fragmentos do chamado meteorito de Barcelona, que caiu, há mais de 300 anos, no dia de Natal. No dia 25 de dezembro de 1704, um meteorito rasgou os céus e caiu …

"Pressionaram-me para o denunciar". Higuita recorda amizade com Escobar

A relação de amizade entre René Higuita e Pablo Escobar levou a que o ex-futebolista fosse seguido pelas autoridades. A polícia chegou a pressioná-lo para denunciar Escobar. O antigo internacional colombiano René Higuita é provavelmente uma …

George Floyd. Portugal junta-se às manifestações mundiais contra o racismo

Cinco cidades portuguesas juntam-se hoje à campanha de solidariedade mundial contra o racismo, associando-se à luta pela dignidade humana na sequência da morte, a 25 de maio, do afro-americano George Floyd, sob custódia da polícia …