NASA volta ao espaço em voos tripulados com a Boeing e a SpaceX

NASA Kennedy / YouTube

Novo Táxi Espacial da NASA, made by SpaceX ou Boeing?

A Agência Nacional para a Aeronáutica e o Espaço, NASA, que desde o fim do programa Space Shuttle, em 2011, não tem autonomia para enviar astronautas ao espaço, escolheu a Boeing e a SpaceX para desenvolverem a próxima nave de transporte de astronautas para a Estação Internacional, revelou o seu administrador, Charles Bolden.

A NASA vai pagar 6,8 mil milhões de dólares (5,2 mil  milhões de euros) às duas empresas pelas suas respectivas naves espaciais (Dragon e CST-100) e para o desenvolvimento do novo Táxi Espacial da NASA.

“O potencial valor total do contrato é de 4,2 mil milhões de dólares para a Boeing e 2,6 mil milhões para a SpaceX“, especificou Charles Bolden.

A agência já gastou mais de 1,4 mil milhões de dólares desde 2010 em ajuda a empresas privadas (incluindo a Boeing e a SpaceX) no desenvolvimento dos seus próprios veículos de transporte.

“Desde o início, o governo do Presidente Obama tornou muito claro que  a maior nação na Terra não deveria estar dependente dos outros para ir para o espaço”, adiantou Bolden.

“Estamos hoje mais próximos de lançar os nossos astronautas em veículos americanos e em 2017 acabar com a dependência que temos da Rússia”, acrescentou.

Recentemente, a Rússia anunciou não ter intenção de manter o seu contributo para a Estação Espacial Internacional após o fim do corrente acordo, em 2020.

Com o fim do programa norte-americano de veículos de transporte espacial, após 30 anos de voos tripulados do Space Shuttle, as principais potências espaciais ficaram dependentes do foguetão russo Soyuz  para transportar os seus cientistas para a estação espacial, com um custo  de 70 milhões por tripulante.

Segundo os analistas, a tensão recente no leste da Ucrânia terá também contribuído para que o governo americano tenha decidido acelerar o regresso ao espaço.

O novo Taxi Espacial

Não é claro, para já, qual das duas empresas irá comandar a primeira missão tripulada americana depois do vaivém espacial.

Se o novo Space Taxi da NASA for baseado na cápsula CST-100 da Boeing, será semelhante ao aqui apresentado:

A SpaceX, empresa com que o visionário Elon Musk se lançou na corrida espacial, tem já um contrato com a NASA, que usa os foguetes Falcon 9 e as naves Dragon da empresa para abastecimento da Estação Espacial Internacional.

Se se inspirar na nave da SpaceX, o Space Taxi poderá ir a ser algo parecido com isto:

Não deixa de ser curioso que, em qualquer dos casos, a nova nave de transporte venha a ter mais parecenças com as cápsulas Apollo que levaram o Homem à Lua do que com a figura de aeronave do icónico Space Shuttle.

Um pequeno passo atrás para o Homem – talvez para dar dois de gigante em frente a seguir.

AJB, ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Secretário da Defesa discorda de Trump no envio de tropas para conter distúrbios. Aliados europeus afastam-se

O Secretário norte-americano da Defesa, Mark Esper, rompeu na quarta-feira com o Presidente, Donald Trump, no apoio ao envio das forças armadas para as cidades e os estados que se recusarem "a tomar as medidas …

Vai "nascer" em Arouca a maior ponte suspensa do mundo. É a esperança para fazer renascer o turismo

O Turismo de Arouca está a enfrentar dificuldades devido à quebra gerada pela pandemia, mas os empresários aguardam com expectativa a abertura daquela que será a maior ponte suspensa do mundo, já descrita como "extraordinária". Ainda …

"Será difícil não voltar a adiar a abertura" dos centros comerciais na região de Lisboa

O presidente da Associação dos Médicos de Saúde Pública, Ricardo Mexia, considerou que "será difícil não voltar a adiar a abertura" dos centros comerciais na Grande Lisboa, tendo em conta os números da região nos …

Atraso na partilha de informação. Responsáveis da OMS recusam responder a perguntas sobre China

Os mais altos responsáveis da Organização Mundial de Saúde (OMS) recusaram-se esta quarta-feira a responder diretamente a perguntas sobre um atraso da China na partilha do mapa genético do novo coronavírus com a agência. Três perguntas …

Espanha reabre fronteiras a 22 de junho. Portugal diz que ainda não há uma decisão tomada

Espanha vai reabrir as fronteiras com Portugal e França a 22 de junho. O país tinha planeado abrir as fronteiras ao turismo estrangeiro a 1 de julho, mas decidiu adiantar a data. Porém, Portugal diz …

Conceição critica arbitragem, mas em Espanha fala-se de penálti de Pepe "que roça o escândalo"

Os 'dragões' perderam no primeiro jogo após a retoma do campeonato. Sérgio Conceição deixou críticas à arbitragem, mas em Espanha fala-se de um penálti escandaloso... de Pepe. O FC Porto ficou com a liderança da I …

Redução do IVA, abono para crianças e incentivos para comprar elétricos. O plano de 130 mil milhões de Merkel

A chanceler alemã, Angela Merkel, anunciou esta quinta-feira um pacote de estímulo de 130 mil milhões de euros para este ano e 2021, para impulsionar a economia do país, duramente atingida pela pandemia de covid-19. Entre …

De Jorge Jesus a Bruno de Carvalho. Rui Pinto terá espiado 72 pessoas e entidades

O português Rui Pinto terá espiado 72 pessoas e entidades, acusa o Tribunal da Relação de Lisboa. A defesa do denunciante criticou a manutenção da prisão preventiva. De acordo com o acórdão do Tribunal da Relação …

Empresas podem manter lay-off até ao fim de setembro. Trabalhadores podem receber 85% do salário

Os traços gerais do plano do Governo para a retoma da economia e para tentar travar a escalada do desemprego foram apresentados aos parceiros sociais, esta terça-feira, por Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade …

O próximo Wolves? Charlton pode tornar-se "português"

O consórcio português Corporate Football Organisation Portugal (CFO), liderado por Fernando Côrte-Real, está a estudar a compra do Charlton, clube que milita no Championship, o segundo escalão inglês. "A CFO Portugal já existe há pelo menos …