NASA teletransportou partícula quântica a 6 km de distância

(dr) kuleuvenblogt.be

Conceito artístico do entrelaçamento quântico de dois átomos

Conceito artístico do entrelaçamento quântico de dois átomos

A internet quântica parece ser a nova investida da NASA para o futuro. Uma equipa de investigadores do Laboratório de Propulsão a Jacto da agência conseguiu teletransporte quântico na maior distância já registada fora de laboratório, usando apenas fibra apagada.

Por muito que haja quem diga que é possível, ainda é cedo para que a frase “Beam me up, Scotty” salte dos filmes de ficção científica para a nossa rotina diária, mas algum dia imaginou que o teletransporte aplicado à internet e ao envio de dados poderia estar tão próximo?

Segundo o Daily Mail, uma equipa de investigadores da NASA conseguiu realizar com sucesso um teletransporte quântico na maior distância já registada fora de laboratório, enviando um fotão a 6 km de distância através de uma rede metropolitana real, em Calgary, no Canadá.

Os testes da NASA, cujos resultados foram divulgados esta quinta-feira, têm como objectivo conseguir no futuro comunicações seguras e totalmente criptografadas.

Para conseguir esta proeza fora de um ambiente totalmente controlado, os investigadores utilizaram a plataforma de detecção super-condutora do JPL, o  Laboratório de Propulsão a Jacto da NASA, a fim de detectar fotões transmitidos nos mesmos comprimentos de onda que são usados nas telecomunicações, com o mínimo ruído possível.

(dr) Félix Bussiéres / Université de Genève

A experiência foi conduzida usando cabos de “dark fiber” por baixo da cidade de Calgary, no Canadá

A experiência foi conduzida usando cabos de “dark fiber” por baixo da cidade de Calgary, no Canadá

As experiências usaram apenas “dark fiber”, ou fibra escura, sem o auxílio de quaisquer equipamentos electrónicos ou de rede como repetidores.

Os investigadores acreditam que será possível em futuros testes de teletransporte de partículas conseguir distâncias ainda maiores .

Mas a agência especial norte-americana está já a pensar à escala astronómica, e planeia usar o novo método de comunicação ao espaço, para ajudar nas suas missões espaciais.

A teoria é bastante complexa, mas, resumidamente, baseia-se no entrelaçamento quântico dos átomos que une duas partículas diferentes em lugares distintos, respeitando os princípios do teletransporte – o conhecido paradoxo EPR, postulado em 1935 por Einstein, Podolski e Rosen.

Graças a esse fenómeno, é possível investir em redes de comunicação mais seguras do que as que já existem correntemente.

De acordo com a NASA, “se duas pessoas partilham um par de fotões entrelaçados, a informação quântica pode ser transmitida de forma desincorporada – ou seja, teletransportada”.

“Isso deixa a eventuais bisbilhoteiros absolutamente nada para interceptar, impossibilitando-os de ler uma mensagem secreta que seja enviada”.

Falta ainda muito para que possamos ver a tecnologia a funcionar à escala espacial, onde os repetidores sejam dispensados e os canhões laser se encarreguem do processo de envio das partículas.

Beam me up, Scotty!

ZAP / Canaltech

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Boa tarde.
    Aproveitando as correcções, “cumprimento” de onda não existe: é “comprimento” de onda, unidade de medida de distância ou tamanho.
    Um outro reparo: cada frase não tem que ter o seu próprio parágrafo. É algo de básico: mesma ideia, mesma linha de pensamento ou de discussão, mesmo parágrafo.
    Cumprimentos.

    • Caro Filipe Silva,
      Tem toda a razão, espalhámos-nos ao comprido com os cumprimentos.
      Está corrigido, obrigado pelo seu reparo.
      Em relação à quebra dos parágrafos, é uma (discutível) opção editorial cujo objectivo é aumentar a legibilidade dos textos, que tem sido debatida internamente, e que será alvo de reapreciação quando (brevemente) o design do ZAP for alterado.
      Obrigado uma vez mais pelo seu reparo / sugestão.

Responder a zéi Cancelar resposta

Governo de Hong Kong pede desculpas após polícia pulverizar mesquita

O Governo de Hong Kong pediu esta segunda-feira desculpas a líderes muçulmanos, depois da polícia antimotim ter pulverizado um portão da mesquita e algumas pessoas com um canhão de água, quando as autoridades tentavam dispersar …

Telemóveis e computadores podem acelerar o envelhecimento

Uma nova investigação, levada a cabo por cientistas da Oregon State University, nos Estados Unidos, concluiu que a exposição diária à luz azul, como aquela que é emitida por telemóveis e computadores, pode afetar a …

Quatro espeleólogos portugueses desaparecem em gruta espanhola

Uma equipa de resgate foi acionada para localizar quatro espeleólogos portugueses que estão desde sábado na gruta de Cueto-Coventosa, em Espanha, com os trabalhos de socorro a serem dificultados pelo aumento do nível da água Quatro …

Afinal, Vénus pode não ser tão semelhante à Terra como pensávamos

Uma nova investigação questiona a habitabilidade de Vénus, planeta que os cientistas consideram há pouco tempo numa outra investigação poder ter um clima habitável semelhante ao da Terra. De acordo com a nova investigação, cujos …

Há gelo no polo sul da Lua e pode ter muitas fontes

Um novo estudo sugere que o gelo encontrado na superfície lunar pode ter milhares de milhões de anos, além de ter surgido de diferentes fontes. O estudo, publicado recentemente na Icarus, sugere que a maioria do …

A Evolução mostra que podemos ser a única forma de vida inteligente no Universo

As reduzidas probabilidades que acompanham a nossa evolução ao longo da história podem ser uma pista que talvez sejamos a única forma de vida inteligente no Universo. Será que estamos sozinhos no Universo? Tudo se resume …

A China está a usar a educação como arma para controlar o Tibete

A China quer obrigar crianças tibetanas a abandonarem as escolas da região e mudarem-se para escolas chinesas. O objetivo, segundo uma especialista, é "tirar o tibetano da criança". A batalha geopolítica entre a China e o …

Revelada explosão violenta no coração de um sistema que alberga um buraco negro

Uma equipa de astrónomos, liderada pela Universidade de Southampton, usou câmaras de última geração para criar um filme com alta taxa de quadros de um sistema com um buraco negro em crescimento e a um …

"É altura de dizer basta". Sporting corta com as claques

O Sporting rescindiu “com efeitos imediatos” os protocolos que celebrou em 31 de julho com a Associação Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI – Associação, anunciou hoje o clube, devido à “escalada de …

Poluição atmosférica associada a abortos espontâneos

Elevados níveis de poluição atmosférica foram associados a abortos espontâneos num estudo feito com mulheres grávidas a viver e trabalhar em Beijing, na China. A China é um dos países que mais sofre com a poluição …