NASA teletransportou partícula quântica a 6 km de distância

(dr) kuleuvenblogt.be

Conceito artístico do entrelaçamento quântico de dois átomos

Conceito artístico do entrelaçamento quântico de dois átomos

A internet quântica parece ser a nova investida da NASA para o futuro. Uma equipa de investigadores do Laboratório de Propulsão a Jacto da agência conseguiu teletransporte quântico na maior distância já registada fora de laboratório, usando apenas fibra apagada.

Por muito que haja quem diga que é possível, ainda é cedo para que a frase “Beam me up, Scotty” salte dos filmes de ficção científica para a nossa rotina diária, mas algum dia imaginou que o teletransporte aplicado à internet e ao envio de dados poderia estar tão próximo?

Segundo o Daily Mail, uma equipa de investigadores da NASA conseguiu realizar com sucesso um teletransporte quântico na maior distância já registada fora de laboratório, enviando um fotão a 6 km de distância através de uma rede metropolitana real, em Calgary, no Canadá.

Os testes da NASA, cujos resultados foram divulgados esta quinta-feira, têm como objectivo conseguir no futuro comunicações seguras e totalmente criptografadas.

Para conseguir esta proeza fora de um ambiente totalmente controlado, os investigadores utilizaram a plataforma de detecção super-condutora do JPL, o  Laboratório de Propulsão a Jacto da NASA, a fim de detectar fotões transmitidos nos mesmos comprimentos de onda que são usados nas telecomunicações, com o mínimo ruído possível.

(dr) Félix Bussiéres / Université de Genève

A experiência foi conduzida usando cabos de “dark fiber” por baixo da cidade de Calgary, no Canadá

A experiência foi conduzida usando cabos de “dark fiber” por baixo da cidade de Calgary, no Canadá

As experiências usaram apenas “dark fiber”, ou fibra escura, sem o auxílio de quaisquer equipamentos electrónicos ou de rede como repetidores.

Os investigadores acreditam que será possível em futuros testes de teletransporte de partículas conseguir distâncias ainda maiores .

Mas a agência especial norte-americana está já a pensar à escala astronómica, e planeia usar o novo método de comunicação ao espaço, para ajudar nas suas missões espaciais.

A teoria é bastante complexa, mas, resumidamente, baseia-se no entrelaçamento quântico dos átomos que une duas partículas diferentes em lugares distintos, respeitando os princípios do teletransporte – o conhecido paradoxo EPR, postulado em 1935 por Einstein, Podolski e Rosen.

Graças a esse fenómeno, é possível investir em redes de comunicação mais seguras do que as que já existem correntemente.

De acordo com a NASA, “se duas pessoas partilham um par de fotões entrelaçados, a informação quântica pode ser transmitida de forma desincorporada – ou seja, teletransportada”.

“Isso deixa a eventuais bisbilhoteiros absolutamente nada para interceptar, impossibilitando-os de ler uma mensagem secreta que seja enviada”.

Falta ainda muito para que possamos ver a tecnologia a funcionar à escala espacial, onde os repetidores sejam dispensados e os canhões laser se encarreguem do processo de envio das partículas.

Beam me up, Scotty!

ZAP / Canaltech

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Boa tarde.
    Aproveitando as correcções, “cumprimento” de onda não existe: é “comprimento” de onda, unidade de medida de distância ou tamanho.
    Um outro reparo: cada frase não tem que ter o seu próprio parágrafo. É algo de básico: mesma ideia, mesma linha de pensamento ou de discussão, mesmo parágrafo.
    Cumprimentos.

    • Caro Filipe Silva,
      Tem toda a razão, espalhámos-nos ao comprido com os cumprimentos.
      Está corrigido, obrigado pelo seu reparo.
      Em relação à quebra dos parágrafos, é uma (discutível) opção editorial cujo objectivo é aumentar a legibilidade dos textos, que tem sido debatida internamente, e que será alvo de reapreciação quando (brevemente) o design do ZAP for alterado.
      Obrigado uma vez mais pelo seu reparo / sugestão.

DiCaprio explica como reverter a crise climática

Ice on Fire é um documentário HBO produzido e narrado pelo ator norte-americano Leonardo DiCaprio que retrata a atual crise climática. A grande produção foi discutida esta segunda-feira em Lisboa, onde se falou do contexto …

Descoberto fóssil de macaco que viveu há 4,2 milhões de anos no Quénia

Uma equipa internacional de investigadores descobriu restos fósseis de um pequeno macaco que viveu no Quénia há 4,2 milhões de anos. Os responsáveis pela investigação, que será publicada na revista Journal of Human Evolution, são cientistas …

Air France acusada de negligência no desastre do voo Rio de Janeiro-Paris

A justiça francesa acusou a Air France de negligência, na sequência da investigação ao acidente aéreo do voo Rio de Janeiro-Paris, que causou 228 mortos em 2009, confirmou esta quarta-feira a AFP. O Ministério Público considerou …

Governo "está preparado” para eventual greve dos camionistas

O ministro do Trabalho, Vieira da Silva, disse esta quarta-feira que “não perdeu as esperanças no esforço de conversação” com os representantes dos camionistas, mas garantiu que “o Governo está preparado para o que vier …

Carga misteriosa e contradições nos passageiros. Revelados novos dados sobre o MH370

A França é o único país que continua a investigar o desaparecimento do voo MH370 da Malaysia Airlines em Março de 2014. E emergem novos dados sobre o que apuraram os magistrados envolvidos no caso, …

Foi avistada uma alforreca gigante no Reino Unido

A alforreca gigante, a maior alguma vez encontrada em águas britânicas, foi avistada na Cornualha, no Reino Unido, no sábado, por uma bióloga e repórter da BBC. Segundo o Washington Post, a criatura foi avistada, no …

Montepio condenado a ressarcir cliente que culpou de ataque informático

O Tribunal da Relação de Guimarães condenou o banco Montepio a pagar a uma cliente de Barcelos os 28.596 euros que em quatro dias foram retirados da sua conta, na sequência de ataque informático. Por acórdão …

Crew Dragon. Já se sabe o que causou a misteriosa explosão da nave da SpaceX

A NASA e a SpaceX explicaram, finalmente, o motivo da explosão da nave espacial Crew Dragon. Apesar de terem sido divulgadas imagens da explosão, nenhuma das agências explicou as razões do desastre. As imagens da nave …

Turistas britânicos encorajados a afixar cartazes de Maddie durante as férias

Turistas britânicos com viagens marcadas para o estrangeiro estão a ser encorajados a levar cartazes de Madeleine McCann pela campanha oficial lançada pelos pais para encontrar a criança inglesa desaparecida em Portugal em 2007. “Vai de …

Crianças preferem ser YouTubers do que astronautas

A maioria das crianças entrevistadas prefere mais ser YouTuber do que ser astronauta. De uma lista de cinco profissões, a de cosmonauta foi a menos escolhida entre crianças americanas e britânicas. Há 50 anos, a ida …