A NASA quer enviar balões de ar quente para Vénus

Don P. Mitchell, Paolo C. Fienga / Lunar Explorer Italia / IPF / Soviet Space Agency

Aspeto da superfície e do céu de Vénus tal como captados pela sonda Venera 13

A NASA planeia enviar balões de ar quente para Vénus, visando medir as vibrações e a atividade sísmica do planeta e obter mais pistas sobre a sua composição interna. As condições severas do “vizinho” da Terra representam grandes desafios ao enviar sondas até à sua superfície.

Nos testes realizados em 19 de dezembro no deserto perto de Pahrump, no estado norte-americano do Nevada, cientistas da NASA observaram que balões cheios de hélio podem detetar atividades sísmicas com centenas de metros de altura.

Durante os testes, uma equipe de investigadores do Departamento de Energia dos Estados Unidos simulou, recorrendo a uma explosão química de 50 toneladas, um sismo de magnitude compreendida entre 3-4 a cerca de 300 metros de profundidade.

O sismo produzido foi identificado por dois balões que transportavam instrumentos para detetar mudanças na pressão atmosférica e ondas infra-som de baixa frequência, sinais associados à atividade sísmica. Um dos balões estava amarrado ao chão, enquanto o outro voava livremente durante o teste.

Os cientistas concluíram que ambos os balões globos seriam capazes de medir sismos tão fracos como de magnitude 2, e ajudar a confirmar uma hipótese que se arrasta há muito, que defende que o calor está ainda a tentar escapar do núcleo de Vénus – processo que estaria associado a terramotos na superfície do planeta.

No entanto, fazer como que esta tecnologia funcione em Vénus não será fácil, uma vez que a sua atmosfera tem ventos supersónicos que podem interferir no funcionamento dos instrumentos sintonizados nos balões. Procedimentos experimentais futuros estão a ser projetados no estado de Oklahoma para melhorar a tecnologia de deteção.

“Nunca fizemos uma medição sísmica direta em Vénus”, disse Siddharth Krishnamoorthy, do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA (JPL), na Califórnia, citado pela publicação Science Magazine. “Há muito que os balões podem oferecer para esclarecer algumas questões importantes sobre o planeta”, acrescentou.

Em 1985, a União Soviética enviou dois balões para Vénus. Estes balões – que não foram projetados para medir a atividade sísmica – ficaram na atmosfera do planeta durante mais de dois dias, parando de registar dados quando as baterias acabaram.

ZAP // RT

PARTILHAR

RESPONDER

Petição pela "anulação imediata" do Avante já conta com mais de 16 mil assinaturas

Uma petição online para a "anulação imediata" da Festa do Avante!, a festa anual organizada pelo PCP, conta já com mais de 16 mil assinaturas. Às 10:30 desta quarta-feira, a petição, disponível no portal Petição Pública, …

Venda de Wendel ao Everton sofre revés. Nápoles e Nice entram em jogo

A licença de trabalho pode deitar por terra uma eventual transferência de Wendel para o Everton. O Nápoles é o favorito na corrida à sua contratação, mas o Nice também está atento. As negociações entre o …

Celebrações do 10 de junho só terão oito pessoas. “É como achei que devia ser o 25 de abril e o 1º de maio”

A “cerimónia simbólica” comemorativa do Dia de Portugal que se realizará no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, terá apenas oito presenças, incluindo o chefe de Estado e o presidente desta edição do 10 de Junho, …

O futebol português está de volta. Uma corrida de dois cavalos e a montra para Amorim

A bola volta hoje a rolar em Portugal após a interrupção devido à pandemia de covid-19. Regresso o futebol que tão bem conhecemos, mas de uma forma como nunca vimos antes. Estádios desertos e jogos quase …

Cientistas identificam fóssil do inseto mais antigo do mundo

Um fóssil de um milípede descoberto em 1899 é o inseto mais antigo do mundo, concluiu um novo estudo. O espécime em causa tem 425 milhões de anos. Uma equipa de investigadores da Universidade do Texas …

Jorge Jesus renova com o Flamengo por mais uma época

O treinador português anunciou, esta quarta-feira, que vai ficar mais uma época nos brasileiros do Flamengo, até junho de 2021. "Digam à nação que fico!". É esta a frase que acompanha a fotografia publicada, esta quarta-feira, …

Governo deixa cair lay-off simplificado. Novo apoio vai variar em função da quebra de faturação

O apoio às empresas em lay-off que retomarem a atividade será diferenciado em função da quebra de faturação, com vista a direcionar as ajudas públicas “a quem mais precisa”, afirmou esta terça-feira a ministra do …

Grupo de precários da Casa da Música dispensado de serviço via e-mail "meia hora depois" de uma vigília de protesto

Cerca de 13 trabalhadores "precários" da Casa da Música, no Porto, foram dispensados dos concertos que tinham alocados para o mês de junho. Em declarações à Lusa, Hugo Veludo, um dos 13 assistentes de sala …

Sete detidos em operação na Quinta da Fonte ficam em prisão preventiva

Os sete homens que foram detidos numa operação policial no bairro da Quinta da Fonte, em Loures, na segunda-feira, ficaram em prisão preventiva, a medida de coação mais gravosa, revelou à agência Lusa a Polícia …

O parasita da malária tem o seu próprio relógio interno

Um novo estudo acaba de revelar que, mesmo quando cultivados fora do corpo, os parasitas da malária conseguem manter o seu ritmo. Quando uma pessoa contrai malária, acontece uma dança rítmica dentro do corpo. Os sinais …