/

A NASA está a desenvolver novos drones para descobrir os segredos da atmosfera de Vénus

Paul K. Byrne / NASA / USGS

O projeto está ainda numa fase inicial de financiamento e vai receber 175 mil dólares para um estudo de nove meses.

A NASA anunciou recentemente os seus planos de apostar em tecnologia futurista que incluem um drone insuflável que pode ser enviado para Vénus e desvendar mais mistérios sobre o planeta.

Os designs estão ainda nunca fase inicial de desenvolvimento e ainda não estão a ser considerados para as missões da NASA. Os drones em forma de pássaro fazem parte do programa de Conceitos Inovadores Avançados da agência norte-americana, cujo objetivo é financiar estudos em fase inicial de tecnologias que podem ser usadas em missões futuras.

A atual ronda de financiamento deve dar 5.1 milhões de dólares a 17 projetos de investigação, revela o Interesting Engineering. 12 destes projetos, incluindo o drone, vão entrar na fase I do estudo e receber 175 mil dólares para financiarem um estudo de nove meses enquanto que os restantes cinco vão passar para a fase II e receber 600 mil dólares para um estudo de dois anos.

Os projetos na fase I são diversos e incluem um novo design para uma nave espacial tripulada que protege os astronautas da radiação em viagens mais longas do que modelos convencionais que acolhem tripulação. Vai ainda ser estudada a criação de um avião elétrico completamente silencioso.

Já o projeto do drone chama-se BREEZE e vai debruçar-se sobre o desenvolvimento de objetivos principais da missão assim como melhorar as capacidades de impulsão, estabilidade e dinâmicas de voo e os designs para os elementos insufláveis do drone.

A ideia será desenvolver o projeto para que este eventualmente possa voar na atmosfera de Vénus e vai assim ser bastante diferente de outros conceitos que tendem a envolver o uso de balões atmosféricos mais leves do que o ar e elevadores de baixo peso alimentados com energia solar.

O BREEZE vai funcionar como um híbrido entre estes dois tipo de aeronaves. Este não é o único projeto em cima da mesa de um drone que deve viajar até Vénus, havendo outro no Massachusetts Institute of Technology pelas mãos de Sara Seager.

A investigadora quer usar um grande balão meteorológico na atmosfera de Vénus para capturar gás e nuvens para a análise na Terra, para os cientistas procurarem por sinais de vida.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.