NASA descobre indícios de água em lua de Júpiter

NASA / YouTube

NASA descobre indícios de água em lua de Júpiter

A NASA anunciou esta segunda-feira que o telescópio Hubble espacial detetou possíveis emissões de vapor de água na gelada lua Europa, do planeta Júpiter.

“Localizamos possíveis emissões de vapor que emanam da lua Europa de Júpiter, usando o Hubble”, afirmou, em comunicado, a NASA.

Segundo o comunicado, o telescópio fez imagens do que “podem ser emissões de vapor de água que emergem da superfície” da lua. As imagens ultravioleta captadas pela agência especial detetaram geiseres de água na superfície do satélite.

O astrónomo que lidera o estudo, William Sparks, afirma que não conhece outro fenómeno natural que possa produzir tais imagens a não ser jatos de água.

“Não sabemos de nenhum artefato que possa causar essas características, elas são significativas estatisticamente. Mas continuamos cautelosos, porque estamos a trabalhar com comprimentos de onda difíceis para o Hubble”, explicou Sparks à imprensa.

A localização dos supostos jatos é bastante semelhante à região onde o Hubble detetou um excesso de oxigénio e de hidrogénio – os componentes da água – no início da década.

Segundo a cientista sénior de projetos do Hubble, Jennifer Wiseman, isto torna o caso mais intrigante.

“A primeira observação usou espectroscopia, sendo realmente possível discernir evidências de moléculas de água dissociadas”, afirmou. “Agora, a equipa de Sparks descobriu evidências visuais de jatos. São abordagens diferentes que se complementam e parecem ser provas independentes da existência jatos de água ativos em Europa”.

W. Sparks (STScI) / CCA-USGS / ESA / NASA

Esta composição mostra plumas “suspeitas” em erupção à posição das 7 horas, no limbo da lua de Júpiter, Europa

A descoberta aumenta a possibilidade de futuras missões à Europa analisarem o oceano gelado daquela lua, sem perfurarem o gelo, refere a NASA. Segundo os especialistas, a hipótese de vida no local pode ser confirmada em 2018, quando o Telescópio Espacial James Webb, da NASA, entrar em órbita.

“O oceano da Europa é considerado um dos lugares que poderá abrigar vida no sistema solar”, disse o diretor interino de Missões de Ciência da NASA em Washington, Geoff Yoder.

As emissões atingem uma altura de cerca de 200 quilómetros de altura. A superfície da lua Europa tem um enorme oceano com duas vezes a água de todos os oceanos da Terra, mas o líquido está protegido por uma camada de gelo, cuja espessura é desconhecida.

O trabalho de Sparks e colegas será publicado na edição de 29 de setembro da Astrophysical Journal.

Caso se confirme a descoberta ontem anunciada, a Europa será a segunda lua do sistema solar conhecida por ter emissões de vapor de água.

Em 2005, a nave internacional Cassini, da NASA, detetou jatos de vapor de água e poeira na superfície da lua Enceladus, do planeta Saturno.

ZAP / Lusa / Canal Tech / CCVAlg / BBC

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

Viagens ao Espaço têm um novo perigo desconhecido para os astronautas

Há um perigo inerente às longas viagens espaciais dos astronautas desconhecido até aos dias de hoje. Um novo estudo aponta que os cosmonautas podem ver o seu fluxo sanguíneo revertido na parte superior do corpo. A …

Macrocilix maia, a misteriosa traça que tem moscas a comer fezes nas suas asas

Macrocilix maia é uma espécie de traça que se destaca pela forma como se camufla dos seus predadores. Nas suas asas vê-se duas moscas a comer excrementos de pássaro. A natureza nunca falha em surpreender-nos e …

Há provas que ligam misteriosa doença que paralisa crianças a vírus raro

Pela primeira vez, foram encontradas provas da associação do Enterovírus D68, um vírus raro até há algum tempo, à Mielite Flácida Aguda, uma doença semelhante à poliomielite que tem afectado centenas de crianças, provocando a …

Antigos egípcios podem ter encurralado milhões de pássaros só para os mumificar

Novas evidências de ADN sugerem que os antigos Egípcios capturavam pássaros selvagens para sacrifícios ritualísticos (e para os poderem mumificar depois). As catacumbas egípcias contêm milhares de pássaros mumificados, especificamente íbis-sagrados (Threskiornis aethiopicus), empilhados uns sobre …

Estudo mostra que sondagens tendenciosas enviesam eleições políticas

Através de experiências práticas, uma investigação recente sugere que as sondagens tendenciosas podem influenciar e enviesar as eleições políticas, até mesmo nas grandes democracias. Enquanto uma eleição se aproxima no Reino Unido e uma votação presidencial …

A Rússia criou a arma mais mortífera da história. Foi há 72 anos

Comummente conhecida por AK-47, a espingarda Kalashnikov foi responsável por milhões de mortes durante a nossa História, sendo uma das armas mais populares do mundo e a mais fabricada pela indústria de armamento. Segundo o The Conversation, …

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …

Pombos estão a perder dedos ou patas por causa da poluição

Basta passar algum tempo na praça de uma cidade para ver que alguns pombos têm patas feridas ou dedos em falta. Embora possamos pensar que isto é causado por algum vírus ou pelos eventuais desentendimentos …

Descoberto no Japão fóssil de pássaro com 120 milhões de anos

O fóssil de um pássaro do Cretáceo recentemente descoberto no Japão pode levar os cientistas a repensarem alguns detalhes sobre a evolução do voo. Há cerca de 120 milhões de anos, um pássaro com o tamanho …