NASA aterrou por breves segundos no Bennu (e recolheu uma amostra) a 320 milhões de quilómetros da Terra

NASA / Goddard / University of Arizona

Ilustração da aeronave OSIRIS-Rex a aproximar-se do asteroide Bennu

A aeronave OSIRIS-REx da NASA aterrou, esta terça-feira, por breves segundos na superfície do asteroide Bennu. A missão, que teve como objetivo a colheita de uma amostra de entulho solto, está em andamento desde 2004 e tem aterragem prevista na Terra para 2023.

OSIRIS-REx é a primeira missão norte-americana de recolha de amostras de um asteroide e o seu objetivo era recolher uma amostra intocada e inalterada de um asteroide para a transportar de volta à Terra, o que está previsto para 2023.

A manobra espacial aconteceu a 320 milhões de quilómetros de distância e a aeronave, controlada remotamente por uma equipa de cientistas, tocou a superfície do asteroide Bennu – que se move a cerca de 101 mil quilómetros por hora – por breves segundos.

A aeronave tocou a superfície do asteroide por cerca de dez segundos e usou um braço robótico de três metros, chamado TAGSAM, para recolher pelo menos 50 gramas de entulho solto do asteroide.

Tendo em consideração que os asteroides são relíquias dos primeiros materiais que formaram o nosso sistema solar, estudar esta amostra pode permitir aos cientistas responder a questões fundamentais. Além disso, a missão também irá explorar como se pode evitar a colisão de Bennu com a Terra, visto que este é um asteroide próximo do nosso planeta e corre o risco de o atingir no final de 2100.

No entanto, o objetivo mais ambicioso da missão OSIRIS-REx talvez seja a identificação de recursos. Ou seja, o mapeamento das propriedades químicas de Bennu para aprender, entre outras coisas, sobre o potencial de mineração de asteroides para produzir combustível para foguetões.

Embora esta seja a primeira missão da NASA a tentar colher uma amostra de um asteroide, o conhecimento científico e tecnológico necessário é o resultado de décadas de exploração. No início da década de 1990, a aeronave Galileo da agência espacial foi o primeiro objeto de fabricação humana a orbitar e pousar num asteroide.

Preparação da missão

OSIRIS-REx foi lançado da Flórida, nos Estados Unidos, no dia 8 de setembro de 2016 e chegou a Bennu em dezembro de 2018. Entretanto, a equipa de cientistas e engenheiros tem conduzido remotamente a aeronave e realizou dois ensaios, nos quais chegou muito perto de Bennu, sem lhe tocar.

Quando a equipe OSIRIS-REx escolheu Bennu, esperava que a superfície do asteroide se parecesse com uma praia arenosa. No entanto, o conjunto de câmaras de alta resolução da aeronave revelou uma paisagem acidentada e cheia de pedras.

Essas imagens foram estudadas durante meses, para que a equipa de investigadores encontrasse um local amplo o suficiente para a aeronave – do tamanho de uma grande carrinha de passageiros – pousar sem bater.

No dia 12 de dezembro de 2019, a equipa de investigadores anunciou o local de pouso escolhido: Nightingale, uma cratera relativamente nova, do tamanho de um campo de ténis, com uma pedra gigante do tamanho de um prédio de dois andares.

Numa secção de Nightingale a equipa identificou entulho solto pequeno o suficiente para a nave OSIRIS-REx ser capaz de agarrar e carregar.

Liderada pela Universidade do Arizona e preparada durante 16 anos, esta missão da NASA foi transmitida em direto no site da agência espacial.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Raro crustáceo parasita descoberto na boca de um tubarão em exibição num museu

Uma equipa de cientistas descobriu uma espécie extremamente rara de Cymothoidae na boca de um espécime de tubarão capturado no Mar da China Oriental e agora em exibição num museu. Os Cymothoidae são uma família de isópodes …

Série da Netflix faz disparar venda de jogos de xadrez nos Estados Unidos

A série "The Queen’s Gambit", da plataforma de streaming Netflix, que retrata a ascensão de uma jovem jogadora de xadrez na década de 1950, fez disparar as vendas deste jogo de tabuleiro nos Estados Unidos. …

Novo comité central do PCP eleito com 98,5%

O novo comité central do PCP foi este domingo eleito no XXI congresso nacional dos comunistas, em Loures, com 98,5% dos votos. Dos 611 delegados, 602 votaram a favor, seis abstiveram-se e três votaram contra na …

Elefante salvo de um poço profundo na Índia. Resgate durou 14 horas

Uma equipa de 50 pessoas ajudou a salvar um elefante que tinha caído num poço profundo em Dharmapuri, no sul da Índia. Moradores locais atiraram folhas de bananeira para o animal comer antes de ser …

Santa Clara 0-1 Porto | Magia de Díaz resolve jogo pobre

Missão cumprida. O Porto viajou até aos Açores para defrontar o Santa Clara e leva na bagagem os três pontos. Mas não o conseguiu com brilhantismo, longe disso. A eficácia foi a palavra de ordem, num …

Raro pinguim totalmente branco encontrado nas Ilhas Galápagos

Um raro pinguim com o corpo totalmente "pintado" de branco foi encontrado no arquipélago das Galápagos, no Equador. Em comunicado, o Parque Nacional das Galápagos detalha que o raro espécime foi encontrado enquanto um guia fazia …

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. Há uma razão

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. As cidades populosas, as vias não adaptadas, as poucas escolas de treino e a própria população são entraves à existência destes companheiros (e verdadeiros …

Governo das Ilhas Salomão quer banir o Facebook para preservar a União Nacional

O Governo das lhas Salomão quer banir temporariamente a rede social Facebook numa tentativa de combater o cyberbullying e a difamação, alegando que a plataforma está a "minar" a União Nacional. A decisão, que já …

Sob o nariz dos militares norte-coreanos, ex-ginasta salta muro de 3 metros e foge para a Coreia do Sul

Um homem norte-coreano que queria escapar da sua terra natal deu um salto de quase três metros num muro no início deste mês. O salto, que ocorreu sob os narizes dos soldados, trouxe-o para a …

Islândia quer tornar-se um refúgio para o teletrabalho. Mas não é para todos

A Islândia fez uma série de alterações no seu programa de vistos de trabalho remoto para cidadãos foram do espaço Schengen, tendo como objetivo tornar-se num destino atraente para os trabalhadores que procuram escapar dos …