Narciso Miranda condenado a dois anos de prisão

rtppt / Flickr

Narciso Miranda, ex-presidente da Câmara de Matosinhos

Narciso Miranda, ex-presidente da Câmara de Matosinhos

O ex-presidente da Câmara Municipal de Matosinhos foi condenado a dois anos e dez meses de prisão por abuso de confiança e falsificação de documentos.

O Tribunal de Matosinhos condenou esta quinta-feira Narciso Miranda a uma pena de dois anos e dez meses de prisão pelos crimes de abuso de confiança e falsificação de documentos, avança o Público.

A pena fica suspensa se o antigo presidente da Câmara de Matosinhos pagar os 35.700 euros de que se apropriou quando ainda exercia funções.

O ex-autarca estava acusado de ter usado, em proveito próprio, esse montante com dinheiro proveniente de uma subvenção estatal à sua candidatura à Câmara de Matosinhos, em 2009, quando concorreu como independente.

À saída do tribunal, Narciso Miranda considerou a sentença “extremamente injusta” e revelou que vai recorrer da decisão.

“Eu acho esta sentença extremamente injusta, aparece na linha de outras situações que nós conhecemos. As obras foram feitas e pagas. Por isso, convido a comunicação social a ir ver a sede”, afirmou.

“Irei até às últimas consequências, apesar de respeitar todas as decisões do tribunal”, garantiu.

Em janeiro deste ano, Narciso Miranda já tinha sido absolvido, enquanto presidente do conselho de administração da Associação de Socorros Mútuos de S. Mamede Infesta, de adjudicar serviços a empresas de que faziam parte familiares, alguns deles de forma ilegal ou nunca realizados, e simular o roubo de um smartphone para receber um modelo mais recente.

Na altura, o tribunal deu como provado que o antigo autarca socialista adjudicou serviços a empresas de que faziam parte a sua filha, mas devido ao facto da acusação não referir que a mutualista era de utilidade pública, com registo na Segurança Social, o crime de peculato e participação económica em negócio não tinha enquadramento.

ZAP

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. A pena fica suspensa se o antigo presidente da Câmara de Matosinhos pagar os 35.700 euros de que se apropriou quando ainda exercia funções.
    Este Pais é uma vergonha em justiça, eu preferia passar lá 2 anos com todas as mordomias e ao fim de metade da pena sair e ficar com os 35.700 Euros.
    Pagar para sair em liberdade como se nada fosse só mesmo em Portugal e fora o que se gastou em tribunais com o dinheirinho do Povo.
    Ha Justiça que é mesmo cega e só funciona para quem rouba comida no supermercado por necessidade.

  2. Dois abusos de poder, no fim de contas, que foram provados. Num deles, se devolver o dinheiro fica tudo esquecido. No outro caso também provado, que ouve favorecimentos a familiares, mas como houve uma falha de pormenor, na acusação, não se passou nada…
    E anda este senhor, semanalmente, a pregar a moral e os bons costumes num jornal independente e credívei, como é o Jornal de Matosinhos.

  3. A pena é devolver o que roubou?!
    Mas estamos a brincar, ou quê?
    Devolver o que foi roubado é uma obrigação, NÃO é nenhuma pena; pena seria devolver (pelo menos) o dobro do que roubou!
    Só assim haverá alguma justiça!!

RESPONDER

Criada tecnologia que traduz pensamentos diretamente em texto

Uma equipa de investigadores diz ter criado um sistema capaz de traduzir sinais cerebrais diretamente em texto escrito. Este é um passo promissor para que no futuro seja possível escrever num computador apenas com o …

Desaparecimentos, mistérios e lendas. O Triângulo do Alasca pode ser mais perigoso do que o das Bermudas

Milhares de pessoas desaparecem todos os anos no estado norte-americano do Alasca, fazendo lembrar as histórias do Triângulo das Bermudas, onde aviões e navios desapareceram sem deixar rastro. De acordo com a revista The Atlantic, três …

Descobertas sete novas aranhas-pavão. E uma parece um quadro de Van Gogh

Foram encontradas sete novas espécies de aranha do género Maratus. E há uma que se destaca por se parecer com "A Noite Estrelada", famoso quadro de Vincent Van Gogh. Nos últimos anos, as aranhas-pavão (do género Maratus) …

Estado de emergência no México suspende produção de cerveja Corona

Nem toda a publicidade é boa publicidade. Que o diga a cerveja mexicana Corona que, em tempos de pandemia, partilha o nome com o vírus de que já ninguém quer ouvir falar. Segundo o jornal The …

Gás natural pode transformar Moçambique no "Qatar de África" (se os jihadistas deixarem)

A descoberta de gás natural em Moçambique é vista como uma grande esperança para o país que, à boleia dos avultados investimentos que está a receber de grandes multinacionais, sonha tornar-se no "Qatar de África". …

Afinal, os 1.000 ventiladores doados por Elon Musk podem não ser completamente inúteis

Elon Musk, CEO da Tesla, doou mil ventiladores do tipo errado a hospitais da Califórnia, que enfrentam um número esmagador de casos de coronavírus. Agora, afinal, os ventiladores vão poder ser usados em casos de …

Cientistas preveem quatro grandes furacões no Atlântico em 2020

Cientistas da Universidade Estadual do Colorado, nos Estados Unidos, preveem que se formem quatro grandes furacões no Oceano Atlântico em 2020. De acordo com os especialistas, estes quatro furacões serão de categoria 3 a 5 na …

Neymar doa 870 mil euros para luta contra a pandemia no Brasil

O futebolista internacional brasileiro Neymar doou cerca de 870 mil euros para a luta contra a pandemia covid-19 no seu país, revelou esta sexta-feira o canal SBT. Segundo a estação de televisão brasileira, o contributo de …

França confiscou quatro milhões de máscaras destinadas a Espanha e Itália

As autoridades francesas apreenderam quatro milhão de máscaras que uma empresa sueca transportava da China para a Espanha e Itália no início do mês. A disputa diplomática foi revelada na quarta-feira pela revista francês L'Express. Segundo …

Sobe para 52 o número de elementos da PSP infetados

Subiu esta sexta-feira para 52 o número de elementos da PSP infetados com covid-19, revelou esta força de segurança, dando conta que está a ser assegurado apoio psicológico a todos os polícias com 30 profissionais. Em …