“Como é que eu não vi isto?”. Procuradora diz que processo desapareceu

U.S. Department of State / Wikimedia

Manuel Vicente, vice-presidente de Angola em vias de cessar funções.

A Procuradora Cândida Almeida, ex-responsável do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), assegura que não se apercebeu de que o arquivamento de um processo envolvendo Manuel Vicente, que avaliou, continha a indicação para destruir documentos.

Esta foi uma das revelações efectuadas pela Procuradora numa sessão do julgamento da Operação Fizz, onde o ex-procurador do DCIAP Orlando Figueira é um dos arguidos.

Arrolada como testemunha, Cândida Almeida foi confrontada com o despacho de arquivamento de um processo de investigação a Manuel Vicente, ex-vice-presidente de Angola que é suspeito de corromper Orlando Figueira, ex-procurador do DCIAP, para que este o favorecesse em processos judiciais.

A Procuradora, que era então a responsável máxima do DCIAP, reviu esse despacho assinado por Orlando Figueira, relativo a suspeitas em torno da compra de um apartamento de luxo no Estoril. Mas assegura que não viu a parte em que mencionava a destruição de documentos sobre o património de Manuel Vicente.

“Fiquei estupefacta quando fui confrontada com este documento, nunca o tinha visto“, frisou Cândida Almeida quando confrontada com uma folha que não está por si assinada, nem pela procuradora-assessora Teresa Sanchez, e que diz respeito à destruição/devolução de documentos de rendimentos de Manuel Vicente.

“Se eu tivesse visto, dizia para não fazer. Esta foi a minha estupefação quando fui confrontada com este documento. Como é que eu não vi isto?“, referiu Cândida Almeida em tribunal, conforme cita o Observador.

A retirada dos documentos referentes ao ex-vice-Presidente de Angola foi considerada por Cândida Almeida “incorrecta e anómala”, mas ressalvou que é a sua interpretação do artigo do Código Processo Penal.

“A preservação de dados penais era a prática, a regra era colocar os documentos pessoais de processos arquivados em envelopes lacados no cofre, destruir não”, disse a Procuradora.

Em contrapartida, Orlando Figueira disse em tribunal que “não há nenhuma norma que impeça de destruir ou devolver documentos”, insistindo em dizer que “pensou bem ao mandar apagar a referência de Manuel Vicente no processo principal”, já que foi extraída uma certidão.

Segundo a acusação, o arguido Paulo Blanco, em nome de Manuel Vicente, teria pedido a Orlando Figueira a destruição de documentos a troco de contrapartidas.

“Arquivamento está bem feito”

Sobre o arquivamento do processo de Manuel Vicente em si, Cândida Almeida entende que “está bem feito”, embora realce que não era normal haver destruição de documentos.

“Concordei com o arquivamento depois de o senhor procurador Orlando Figueira me ter mostrado documentos sobre os rendimentos de Manuel Vicente que provavam que podia comprar um apartamento, dois ou três e também o seu registo criminal”, disse Cândida Almeida.

“Sinceramente, não sei como podia haver outra decisão senão arquivar”, insistiu a ex-directora do DCIAP, garantindo que a Procuradoria-Geral de Angola não teve qualquer intervenção.

Ao contrário do que tinham dito os arguidos Orlando Figueira e Paulo Blanco, Cândida Almeida garantiu que nunca foram discutidos casos concretos com o procurador-geral da República de Angola, à excepção do Banif, arquivado após desistência da queixa por parte do estado angolano.

A Procuradora também manifestou que “foi uma grande surpresa” a detenção de Orlando Figueira que “era um bom magistrado”, disse. “Gostava do que fazia no DCIAP e era cumpridor de datas”, salientou ainda.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Não deveria esta pseudo-procuradora e o anterior procurador geral da república estarem no banco dos réus por muitas omissões, desaparecimentos e processos que foram encerrados, apenas porque foram?

  2. Polvo do Mário Soares? Equivocado, não?
    Mârio Soares era um aliado de “Jonas”. Jonas Malheiro Savimbi e nunca fez ” complot” com José Eduardo dos Santos vulgo “Zé Du”. Savimbi e a sua Unita, não tiveram poder para lulas quanto mais polvos… Como é que o MPLA o encontrou? A Jamba não permitia afirmação tão poderosa, a guerra era fratricida e os americanos, quando quiseram, entregaram-no de bandeja. Não foi bonito de se ver. A Unita, nunca foi governo, até hoje!

    • Os ‘amigos’ americanos (com amigos destes mão precisamos de inimigos, n’é?) entregaram-no de bandeja? Quando e porquê? Conviria esclarecer. Ah! Este cheiro do petróleo…

  3. Os ‘amigos’ americanos (com amigos destes mão precisamos de inimigos, n’é?) entregaram-no de bandeja? Quando e porquê? Conviria esclarecer. Ah! Este cheiro do petróleo…

RESPONDER

Planetas anormalmente gigantes detetados a orbitar uma estrela jovem

Investigadores identificaram uma jovem estrela com quatro planetas do tamanho de Júpiter e de Saturno em órbita, a primeira vez que tantos enormes planetas foram detetados num sistema tão jovem. O sistema também quebrou o recorde …

Diminuição de insetos tem efeitos "inimagináveis" para os seres humanos

A diminuição do número de insetos é um problema muito mais grave do que se julgava. Nova investigação afirma que essa diminuição põe em causa cadeia alimentar e traz "consequências inimagináveis para os seres humanos". O …

Cientistas confirmam que os eletrões são perfeitamente redondos

Com uma precisão sem precedentes, cientistas mediram a forma da carga de um eletrão confirmando que é extremamente redonda. O resultado apoia o Modelo Padrão das Partículas Física e força a revisão de várias teorias …

Morte de Khashoggi foi um "erro monumental". Riade diz não saber do corpo

Em entrevista à Fox News, o ministro dos Negócios Estrangeiros saudita, Adel al-Jubeir, afirmou neste domingo não saber onde se encontra o corpo do jornalista Jamal Khashoggi, considerando que a sua morte foi um "erro monumental". …

Médicos voltam a integrar Conselho Nacional de Saúde após renúncia do presidente

A Ordem dos Médicos decidiu voltar a integrar o Conselho Nacional de Saúde, após a renúncia ao cargo do atual presidente do organismo, disse à agência Lusa o bastonário. De acordo com Miguel Guimarães, o Conselho …

Numa vila turca, os muçulmanos têm rezado na direção errada durante décadas

Os muçulmanos de uma pequena aldeia no oeste da Turquia foram obrigados a ajustar as suas orações, depois de descobrirem que estavam a rezar na direção errada durante décadas.  A descoberta partiu do imã Isa Kaya, …

Há um superaglomerado de galáxias escondido no Universo primitivo

É a maior estrutura astronómica alguma vez conhecida do antigo Universo. As evidências sugerem que a sua massa seja equivalente às maiores estruturas encontradas no Universo atual. A equipa de investigadores, liderada por Olga Cucciati, do …

Trump anuncia saída dos EUA de tratado nuclear com a Rússia

Os Estados Unidos vão retirar-se de um tratado sobre armas nucleares assinado com a Rússia durante a Guerra Fria, anunciou hoje o presidente norte-americano, Donald Trump, acusando Moscovo de violar o acordo “há muitos anos”. “A …

Os portugueses têm menos filhos do que gostariam

A diretora da representação do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) disse que em Portugal a fertilidade desejada está bastante abaixo da realizada, tendo o país uma taxa de fecundidade baixa. Mónica Ferro, que neste …

"Piranha" da era dos dinossauros aterrorizou os mares do Jurássico

Uma nova espécie de peixe, semelhante a uma piranha e que viveu há 150 milhões, no tempo dos dinossauros, é descrita na edição desta sexta-feira da revista científica Current Biology. O peixe ósseo tinha dentes como …