Queixa do PSD: “Não me deixo intimidar por insultos de taberna”

PSD / Flickr

Luis Marques Mendes

No passado domingo, o comentário de Luís Marques Mendes no Jornal da Noite da SIC levou a uma queixa da direção do PSD. Agora, o ex-presidente do partido esclarece que, ao dizer que “José Sócrates e Rui Rio são irmãos siameses”, a comparação não foi “no plano pessoal, mas no plano das ideias”.

Este domingo, no seu espaço habitual de comentário no Jornal da Noite da SIC, Luís Marques Mendes desdramatizou a queixa avançada pela direção do Partido Social Democrata devido ao seu comentário na anterior edição, em que defendeu que “José Sócrates e Rui Rio são irmãos siameses”.

Assim, o ex-dirigente do PSD esclareceu que “é mentira dizer que comparei Rui Rio a Sócrates no plano pessoal”, sublinhando que a sua comparação foi “no plano das ideias“.

O comentador considerou ainda que a queixa avançada pelo partido “é normal e só valoriza o meu comentário”. Além disso, segundo o Expresso, Marques Mendes disse ainda perceber os objetivos que estão por trás desta ação: “tentar intimidar ou tentar confundir“.

“Não resulta. Eu não me deixo intimidar na base de discursos de taberna“, garantiu Luís Marques Mendes no Jornal da Noite.

“Há políticos incomodados com as investigações do MP”

Sobre o caso e-toupeira, Marques Mendes considerou que “não houve uma derrota do Ministério Público, foi uma decisão do tribunal, de acordo com a lei, que deve ser respeitada, todos os dias há decisões de juízes a serem revogadas, o que é um exercício de justiça”.

Além disso, o comentador defendeu que devia haver “assessores devidamente qualificados” para explicarem melhor à opinião pública questões que envolvem “uma tecnicidade jurídica grande”. “A justiça não tem de ser legitimada pelo povo, mas tem de ser compreendida pelo povo, sobretudo quando se trata de casos mediáticos.”

Sobre a politização no Ministério público, Luís Marques Mendes afirmou serem “inoportunas” as alterações que estão na calha, “sobretudo num momento em que o Ministério Público está com avaliação positiva na sociedade portuguesa”.

“Se o Ministério Público finalmente está a funcionar bem melhor, porque se mexe? Ter mais políticos no Ministério Público significa maior combate à corrupção? Ou é para se protegerem?”, questionou.

O ex-dirigente dos sociais democratas frisou ainda que “há muitos políticos em Portugal, em especial do PSD, incomodados com as investigações do Ministério Público”.

“Numa altura em que há tantos problemas na saúde, num momento em que o Governo está cercado por greves, num momento em que está aflito com novas falhas na Proteção Civil, num momento em que há notícias de arrefecimento da economia, acho que não lembra ao careca introduzir um tema que não diz nada a ninguém”, reforçou o comentador.

Por fim, e em jeito de sugestão, Marques Mendes pediu aos políticos “no Governo e na oposição” que a prioridade seja antes a de aumentar os meios de investigação do Ministério Público, dando como exemplo o caso do BES: “ainda não há ninguém acusado nem julgamento marcado porquê? Porque faltam meios para investigar”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Telescópio russo apanha o despertar de um buraco negro

O telescópio russo ART-XC do observatório espacial Spektr-RG detetou uma fonte brilhante de raios-X no centro da Via Láctea, que acabou por revelar ser o "despertar" do buraco negro 4U 1755-338. A descoberta ocorreu no passado …

O cometa interestelar 2I/Borisov partiu-se em dois

O cometa interestelar 2I/Borisov, o primeiro do seu tipo a ser descoberto em agosto do ano passado, começou a dividir-se em duas partes na semana passada. As imagens contínuas do telescópio espacial Hubble do objeto interestelar …

Estudo estima 471 mortes em Portugal até agosto (e que o pico foi atingido a 3 de abril)

De acordo com as estimativas do estudo, cerca de 151.680 pessoas vão morrer na Europa durante a "primeira vaga" da doença. Um estudo divulgado esta terça-feira nos Estados Unidos estima que a covid-19 venha a provocar …

Mais de metade da população mundial está fechada em casa

Mais de metade da população mundial (52%) está atualmente confinada nas suas casas por ordem das autoridades para combater a propagação da doença covid-19. Segundo um balanço feito pela agência France Fresse (AFP), mais de quatro …

Documentário da Netflix reacende debate sobre os milhares de tigres em cativeiro nos Estados Unidos

A minissérie documental da Netflix "Tiger King: Morte, Caos e Loucura" veio reacender o debate sobre os grandes felinos que estão em cativeiro, frisando que há cerca de 10.000 espécimes nestas condições nos Estados Unidos. …

Luciano venceu a covid-19 aos 100 anos. Teve direito a bolo, a um desenho e a uma alta hospitalar

Luciano Marques da Silva completou 100 anos no hospital de São João, no Porto, onde se encontrava hospitalizado devido à infeção por covid-19. Depois de dez dias de internamento, conseguiu vencer e recebeu alta. No dia …

Geneinno S2, a scooter subaquática que o impulsiona entre as ondas

Há dois anos, foi anunciada a Trident, uma scooter subaquática fabricada pela startup chinesa Geneinno. Agora, a empresa lançou um modelo mais barato e portátil, conhecido como Geneinno S2. O Trident - ou Geneinno S1 - …

WhatsApp restringe opção de reencaminhar mensagens para evitar desinformação

A rede social anunciou que vai passar a restringir o reencaminhamento de mensagens para tentar diminuir a disseminação de informação falsa sobre a pandemia de covid-19. De acordo com a revista Newsweek, a partir desta terça-feira, …

"Mostre-me a sua identificação." Na Tunísia, um robô pergunta às pessoas por que não estão em casa

Nas ruas de Túnis, a capital da Tunísia, um robô não pilotado aborda as pessoas na rua e pergunta-lhes por que não estão em casa, exigindo-lhes um documento de identificação. A Tunísia está em confinamento obrigatório …

Putin não quer repetir os erros dos outros países

Vladimir Putin diz que "o pico da epidemia ainda não foi superado", mas garante que tem "em consideração as experiências positivas e negativas de outros países". O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou esta terça-feira para …