Não lavar as mãos depois de defecar é mais perigoso do que comer frango mal passado

Não lavar as mãos depois de ir à casa de banho pode ser mais perigoso do que comer frango mal passado. É provável que a transmissão de E. coli seja mais comum através de partículas fecais do que propriamente de alimentos mal cozinhados.

Uma sanita é uma ambiente prolífero para germes, micróbios e até mesmo bactérias como a E. coli e salmonela. Por vezes, as pessoas menosprezam a necessidade de lavar as mãos depois de ir à casa de banho. No entanto, saiba que isso pode ser mais perigoso do que comer frango mal passado, diz um novo estudo.

Por muito cuidado que se tenha, até a própria descarga ou a maçaneta da porta podem ter bactérias perigosas para a nossa saúde. Apesar da importância da higiene nas casas de banho, apenas 67% das pessoas lava as mãos depois de defecar, segundo o Tech Explorist.

Comida mal passada é o menor dos seus males no que toca à possibilidade de transmissão de E. coli — deve mesmo preocupar-se com a higiene na casa de banho.

Até ao momento, não se sabia se a E. coli resistente a antibióticos era transmitida através de alimentos ou passada de pessoa para pessoa. Para perceber isto, a equipa de cientistas sequenciou os genomas da E. coli segura.

Através dos resultados encontraram semelhanças nas estirpes de E. coli de sangue, fezes e amostras de esgotos. Em contrapartida, encontraram uma grande exclusividade nas amostras de E. coli da carne de frango, gado e lama de animais.

“As infeções causadas pela bactéria ESBL-E. coli são difíceis de tratar. Elas estão a tornar-se mais comuns na comunidade e nos hospitais. As taxas de mortalidade entre as pessoas infetadas com essas estirpes de superbactérias são o dobro das pessoas infetadas com estirpes tratáveis”, explicou o autor do estudo, David Livermore.

Além disso, o especialista notou que a grande maioria das estirpes que causam infeções humanas “não provêm da ingestão de frango ou de qualquer outra coisa na cadeia alimentar”. Como tal, acredita que a forma de transmissão mais comum é de humano para humano, através de partículas fecais.

“Precisamos de continuar a cozinhar bem o frango. Existem muitas bactérias importantes que causam intoxicação alimentar, incluindo outras estirpes de E. coli, que são encontradas na cadeia alimentar. Mas aqui é muito mais importante lavar as mãos depois de ir à casa de banho”, notou Livermore.

ZAP //

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. É espantoso! A ser verdade, 1/3 da população não lava as mãos depois de ir á casa de banho fazer as suas necessidades fisiológicas.
    Pessoalmente acho incrivel que depois de tantos estudos e evidências sobre a importância, absolutamente fundamental, de lavar as mãos depois de ir ao wc, uma atitude tão simples mas das mais eficazes para evitar problemas de saude, sendo até um dos elementos preventivos centrais e de maior importância nas politicas de saude publica, haja tanta gente a ignorar a importância dum gesto de higiene tão básico e elementar.

  2. como é possível em pleno século XXI não lavarem as mãos depois de defecarem? Não estamos na Idade Média

RESPONDER

Nicolas Bourbaki foi o maior matemático de sempre (mas nunca existiu)

Considerado como um dos maiores matemáticos de sempre, Nicolas Bourbaki não passava de um pseudónimo adotado por um grupo de grandes matemáticos, que revolucionou a matemática como a conhecemos. Nicolas Bourbaki está entre os maiores matemáticos …

No aquário do Tennessee, é uma enguia que acende as luzes da árvore de Natal

A enguia Miguel Wattson é a responsável pelo espírito natalício que se vive no Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos. O Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos, encontrou uma forma inusitada de celebrar esta época festiva: …

Há 34 anos, Diana dançou com Travolta. Agora, o seu vestido foi vendido por 261 mil euros

O vestido que a Princesa Diana usou para jantar na Casa Branca, em 1985, foi vendido por mais de 261 mil euros. O vestido azul que a Princesa Diana usou num jantar na Casa Branca, em …

Doentes crónicos com baixo nível de literacia em saúde recorrem mais às urgências

Os doentes crónicos e com um nível de literacia em saúde mais baixo utilizam mais vezes os serviços de urgência hospitalares e dos centros de saúde, bem como as consultas de medicina geral e familiar, …

Ártico viveu em 2019 o segundo ano mais quente em 119 anos

O Ártico viveu em 2019 o seu segundo ano mais quente desde 1900, de acordo com um relatório publicado na terça-feira, aumentando receios de degelo e aumento do nível da água. O Polo Norte está a …

Jardineiro encontra por acaso a obra mais procurada de Gustav Klimt. Estava no galeria onde foi roubada

Um funcionário da galeria de arte Ricci Oddi, na cidade italiana de Piacenza, encontrou por acaso a obra mais procurado do pintor austríaco Gustav Klimt. Estava na própria galeria, onde a obra terá sido roubada …

YouTube reforça políticas contra assédio online

O YouTube anunciou, esta quarta-feira, um conjunto de alterações às políticas que visam combater o assédio que existe na plataforma. O YouTube anunciou esta quarta-feira o reforço das suas políticas contra o assédio online, que preveem …

Deus bebé indiano vence caso em tribunal e reinvindica território sagrado

O Supremo Tribunal Indiano declarou Ram Lalla Virajman, um deus bebé, como o legítimo proprietário de Ayodhya, uma terra no norte da Índia considerada sagrada por muçulmanos e hindus. O tribunal decidiu que o Governo …

China usa comités partidários para manipular empresas estrangeiras

Em outubro, quando a Liga Norte-Americana de Basquetebol (NBA) tentou voltar atrás no apoio aos protestos em Hong Kong, foi criticada por se submeter ao regime autoritário da China. Mas são cada vez mais as …

Ângelo Rodrigues, Flamengo e Tinder. Os temas mais procurados pelos portugueses no Google

Ângelo Rodrigues, Flamengo, como saber onde votar, como funciona o Tinder e "Game of Thrones" estão entre os tópicos que os utilizadores portugueses do Google mais pesquisaram ao longo de 2019. Os dados são divulgados …