Ainda não há planos para vacinar voluntários com AstraZeneca e J&J (nem dados sobre combinação de vacinas)

Sedat Suna / EPA

A vacinação de voluntários com menos de 60 ou 50 anos que aceitem receber as vacinas da AstraZeneca ou da Johnson & Johnson ainda não tem planos ou datas para arrancar. A Comissão de vacinação aguarda mais dados para decidir segunda dose de AstraZeneca.

Fonte oficial da task force que coordena o plano nacional de vacinação contra a Covid-19 avançou, em declarações ao Observador, que não existe qualquer previsão para a data de início da inoculação de voluntários e admitiu que os detalhes de como tudo vai ser feito ainda estão a ser estudados.

Por agora, ambas as vacinas estão a ser administradas apenas a pessoas mais velhas, por decisão da Direção-Geral da Saúde, depois de terem sido detetados efeitos secundários severos, ainda que raros, em pessoas mais novas.



Mas, em Portugal, os que ficaram fora dos limites definidos pelas autoridades de saúde também podem ser vacinados com doses da AstraZeneca ou da Johnson & Johnson, desde que se voluntariem e assinem um consentimento.

Na semana passada, o vice-almirante Gouveia e Melo pediu que fosse aberta uma exceção para os menores de 60 anos, o limite estabelecido para a vacina da AstraZeneca: “Fui pedir para que se crie uma exceção — e há uma exceção — que, com o consentimento informado das pessoas, se a pessoa quiser ser vacinada com a AstraZeneca, pode ser vacinada com a AstraZeneca abaixo dos 60 anos”.

A mesma decisão foi também aplicada à vacina da Johnson & Johnson, que, no plano de vacinação português, é indicada apenas para maiores de 50 anos.

No entanto, até ao momento, ainda não há qualquer certeza sobre como tudo será feito, de que forma cada pessoa pode voluntariar-se, a que local se deve dirigir, nem quandos erá vacinada.

Segundo o mesmo jornal online, é apenas dito que a prioridade, por agora, é vacinar “todos aqueles que têm mais de 60 anos” até 23 de maio.

Graça Freitas revelou esta quarta-feira que “as pessoas serão esclarecidas de que vão levar aquela vacina, receberão um folheto com toda a informação necessária e, se decidirem ser vacinadas, serão vacinadas, e se decidirem aguardar por novos dados, nova informação que permita outra vacina, então serão depois convocadas para a vacinação”.

Em declarações à Agência Lusa, a diretora-geral da saúde defendeu ainda a ideia, dizendo que “o risco [de uma reação grave] é mínimo”.

Não explicou, porém, em que momento é que todas estas questões se poderão colocar, falando num formulário eletrónico, mas apenas como uma possibilidade: “Se uma pessoa assumir a título individual que não se importa em ter um risco infinitamente pequeno, pode fazê-lo, dar o seu consentimento na altura da vacinação, ou, se se criar um formulário eletrónico, pode fazê-lo através desse formulário”.

Estudos sobre combinação de vacinas

De acordo com o Jornal de Notícias, a administração de diferentes vacinas contra a covid-19 na segunda toma para quem foi inoculado com uma primeira dose da AstraZeneca, está a ser estudada pela Comissão Técnica de Vacinação Contra a Covid-19.

Os resultados deverão ser conhecidos ainda este mês e só depois será possível emitir novas orientações para os menores de 60 anos já inoculados com a primeira dose.

Por enquanto, há duas opções em cima da mesa: os vacinados podem dar o seu consentimento e completar o esquema vacinal ou aguardar novos dados sobre a mistura de vacinas produzidas por diferentes laboratórios.

Para o coordenador da Comissão Técnica de Vacinação Contra a Covid-19, esta poderá ser “uma alternativa válida”. Segundo as declarações de Válter Fonseca na Assembleia da República, esta quarta-feira, os ensaios clínicos mostram que a proteção conferida pela vacina se mantém além das 12 semanas de espaçamento entre as duas doses.

“Aquilo que está a ser considerado, em linha com os cenários que a própria Agência Europeia de Medicamentos considerou, é uma vacina de outra marca. Os dados e os estudos, pela experiência de outras vacinas, mostram-nos que [a mistura de vacinas] é uma estratégia defensável”, afirmou.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal tem o segundo melhor ataque do Euro. E a terceira pior defesa

Fechada a segunda jornada da fase de Grupos do Euro 2020, a seleção nacional tem o segundo melhor ataque da prova, com 5 golos marcados, atrás apenas da Itália. Mas tem também a terceira pior …

Espanha 1-1 Itália | Hino ao desperdício trama La Roja

A Polónia, comandada pelo treinador português Paulo Sousa, empatou hoje a um golo com a Espanha, em Sevilha, em encontro da segunda jornada do Grupo E do Euro2020, mantendo-se ambas sem vitórias. A formação espanhola, que …

Já pode ajudar a NASA a batizar o manequim que vai até à Lua

A agência espacial norte-americana está a pedir ajuda para batizar o "Moonikin", o manequim que vai a bordo da nave Orion, durante a missão lunar Artemis I, ainda este ano. Quando a nave espacial Orion, da …

Portugal em Europeus: as últimas três derrotas foram (todas) contra a Alemanha

Em 90 minutos, Portugal não era derrotado numa fase final de um Europeu desde a estreia no Europeu 2012. Recorde as seleções que bateram Portugal, até agora. "Já não posso ver os franceses à frente". Esta …

Spotify lança Greenroom (e abre concorrência ao Clubhouse)

O Spotify lançou na quarta-feira, dia 16 de junho, uma app de conversas por áudio em direto chamada Greenroom, uma resposta do gigante sueco de streaming de música à popular plataforma Clubhouse. O Greenroom permite que …

"Médicos de árvores" em Singapura ajudam a preservar os seus pacientes gigantes

Arboristas como Eric Ong são responsáveis pelo bem-estar das milhares de árvores em Singapura. O seu trabalho é essencial para a preservação da natureza. A Singapura é uma cidade-estado insular situada ao sul da Malásia, com …

Novo primeiro-ministro de Israel dá 14 dias a Netanyahu para deixar residência oficial

O novo primeiro-ministro de Israel, Naftali Benet, deu duas semanas ao antecessor Benjamin Netanyahu para abandonar a residência oficial do chefe de Governo, em Jerusalém, segundo adianta hoje a imprensa local. Benet terá enviado na sexta-feira …

Ponte inca com mais de 500 anos é reconstruída após cair durante a pandemia

Peruanos da comunidade Huinchiri, localizada na região de Cusco, estão a reconstruir uma ponte inca com 500 anos. Esta foi feita a partir de técnicas tradicionais de tecelagem para criar uma passagem sob o Rio …

Portugal 2-4 Alemanha | Reality check ao plano do engenheiro

A seleção portuguesa de futebol, campeã em título, caiu hoje para o terceiro lugar do Grupo F do Euro2020, ao perder por 4-2 com a Alemanha, em encontro da segunda jornada, disputado no Allianz Arena, …

Pandemia mostrou “falta de proteção das mulheres”

A pandemia de covid-19 mostrou “a vulnerabilidade e a falta de proteção das mulheres e quão pouco as sociedades se preocupam realmente em proteger elementos-chave em matéria de segurança”, considera Edit Schlaffer, diretora-executiva da Women …