Busca pelo avião de Amelia Earhart só encontrou chapéus, detritos de um naufrágio e uma lata de refrigerante

AD / Wikimedia

A lendária aviadora Amelia Earhart junto ao seu Lockheed Electra, 6 de junho 1937

A mais recente busca pelos restos do avião de Amelia Earhart, a famosa aviadora americana que desapareceu sobre o Pacífico em 1937, terminou sem resultados.

De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, a investigação realizada por uma equipa liderada por Robert Ballard, que descobriu os restos do Titanic, não encontrou evidências da aeronave de Earhart.

Ballard e a sua equipa realizaram buscas de duas semanas numa ilha remota no Pacífico Sul, Nikumaroro, em agosto, utilizando o navio de investigação Nautilus, submarinos e drones.

No fundo do mar, foram descobertos dois chapéus, detritos de um antigo naufrágio e uma lata de refrigerante. Contudo, não se encontrou nenhuma peça do Lockheed Electra de Earhart. Ballard referiu que acredita que eventualmente encontrará algo. “Este avião existe”, disse Ballard. “Não é o monstro de Loch Ness e será encontrado”.

Robert Ballard não desiste – para encontrar o Titanic foram precisas quatro expedições, chegando mesmo a estar muito perto sem o ver.

O canal National Geographic, que patrocinou a expedição, emitirá no domingo um documentário sobre a busca.

Doze anos depois de as mulheres terem conquistado o direito a votar, em 1932 Earhart tornou-se a primeira mulher a atravessar o Oceano Atlântico. Cinco anos mais tarde, teria sido a primeira mulher a voar à volta do mundo — se tivesse terminado o seu voo.

O Lockheed Electra que pilotava nessa aventura terá ficado sem combustível e caído no oceano Pacífico a 2 de julho de 1937.

O desaparecimento de Earhart e do navegador Fred Noonan que a acompanhava na viagem continua a ser um dos grandes mistérios do século XX. Há imensas teorias em torno deste evento, que vão desde problemas de comunicações entre o avião e o navio que o apoiava, falta de preparação dos tripulantes, aterragem noutro local, missões de espionagem e prisão.

A descoberta de um conjunto de ossos humanos na ilha de Nikumaroro, em pleno Oceano Pacífico, que correspondia à morfologia de uma mulher com características semelhantes às de Earhart, fez com que os cientistas concentrassem os esforços de investigação naquele local. Foi ali que descobriram utensílios que podem ter pertencido à aviadora.

Há quem acredite que Earhart possa ter vivido secreta e calmamente em Nova Jersey, nos Estados Unidos, ou nas Filipinas.

Recentemente, uma fotografia revelada no documentário “Amelia Earhart: The Lost Evidence” fez tremer as teorias sobre o fim da viagem de Earhart, cujo óbito só foi declarado em 1939. A foto terá sido tirada num cais em Jaluit, nas Ilhas Marshall. Shawn Henry, ex-diretor assistente do FBI, acredita que a fotografia foi tirada por um espião norte-americano que estava a observar as movimentações das forças armadas nipónicas no Pacífico.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Perda de habitat pode aumentar doenças que passam de animais para humanos, prevê ONU

Um novo relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) alertou que podem surgir mais doenças que passam de animais para humanos, como a covid-19, à medida que os habitats são devastados pela exploração da vida …

Rússia ameaça retaliar face às sanções "hostis" do Reino Unido

A Rússia ameaçou responder às sanções "hostis" anunciadas por Londres contra 59 pessoas e entidades, 25 delas russas. A Rússia vai responder às sanções "hostis" anunciadas pelo Governo britânico contra 49 pessoas e organizações, 25 das …

Ministério dispensa quase todos os alunos da renovação de matrículas (após ataques informáticos e o desespero dos pais)

As matrículas online são agora obrigatórias apenas para os alunos que no próximo ano lectivo vão iniciar os 5.º, 7.º e 10.º anos de escolaridade. O anúncio é feito pelo Ministério da Educação depois das …

"Estavam prontos para bater". Atleta Ricardo dos Santos vai processar polícia londrina

O atleta português Ricardo dos Santos disse na segunda-feira que não demorou mais de 20 segundos a parar o carro, quando lhe foi pedido pelas autoridades em Londres, e garantiu que vai processar a polícia …

Motorista de autocarro em morte cerebral depois de agressões de passageiros em França

Um motorista de autocarro foi declarado em morte cerebral esta segunda-feira, em França, depois de ter sido agredido no domingo por passageiros a quem recusou a entrada no transporte público. No domingo à noite, um motorista …

Erro de laboratório origina 20 casos em dois clubes da Liga búlgara

Vinte pessoas estão infetadas com o novo coronavírus, após um futebolista com covid-19 ter participado no duelo entre o Cherno More e o Tsarko Selo, da Liga búlgara, devido ao erro de um laboratório, foi …

Soleimani foi assassinado de forma "ilegal e arbitrária", considera perita da ONU

A relatora especial da ONU, Agnes Callamard, considera que os Estados Unidos não apresentaram provas suficientes para justificar o ataque. Uma especialista da ONU concluiu que o general iraniano Qasem Soleimani, morto num raide norte-americano …

Bolsonaro infetado com covid-19

A imprensa brasileira confirmou, esta terça-feira, que o Presidente Jair Bolsonaro está infetado com covid-19. O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, testou positivo à covid-19. De acordo com a Globo, a informação foi avançada pelo próprio, …

Costa avisa que vem aí a "fase mais crítica" dos incêndios e pede prevenção

O primeiro-ministro participou numa reunião de acompanhamento e monitorização sobre prevenção e combate a fogos florestais e advertiu, esta terça-feira, que Portugal entra agora na fase mais crítica. Esta terça-feira, o primeiro-ministro advertiu que Portugal entra …

"Fracasso" no combate à covid-19. Diretora de Saúde de Israel demite-se

Siegal Sadetzki, diretora dos serviços públicos do Ministério da Saúde de Israel, denunciou o "fracasso" das autoridades em retardar a propagação da covid-19 no país, apresentando a sua demissão. Uma responsável do Ministério da Saúde de …