Fotografia revela que Amelia Earhart sobreviveu e foi presa pelos japoneses

NASA / Wikimedia

Amelia Earhart à frente do Lockheed Electra em que desapareceu, em 1937

Amelia Earhart à frente do Lockheed Electra em que desapareceu, em 1937

A lendária aviadora Amelia Earhart, que desapareceu há 80 anos numa viagem à volta do mundo, pode afinal não ter morrido nesse voo, como se acreditava. Segundo um documentário do canal História, há uma foto que prova que a aviadora sobreviveu à queda do avião e que acabou detida pelos japoneses.

Esta imagem é o centro do documentário do Canal História intitulado “Amelia Earhart: The Lost Evidence” (“Amelia Earhart: A prova perdida”) que vai ser exibido nos EUA no próximo domingo, dia 9 de Julho.

A foto, tirada numa doca, foi encontrada esquecida nos Arquivos Nacionais dos EUA e mostra uma mulher que se parece com Amelia Earhart, ao lado do que será o seu navegador, Fred Noonan, que fez a viagem com ela.

Especialistas forenses e de reconhecimento facial analisaram a fotografia e testemunham no documentário que ela é credível.

Entre os especialistas que participam no trabalho de investigação do Canal História está o ex-director do FBI e actual analista da NBC News, Shawn Henry, que há anos investiga o mistério do desaparecimento da aviadora.

Henry revela que encontrou a imagem num “outrora secreto” ficheiro da Marinha norte-americana. “Estava mal arquivada. Foi a única razão porque a consegui encontrar”, conta Henry no documentário.

Para este ex-especialista do FBI, a imagem “não deixa dúvidas de que são Amelia Earhart e Fred Noonan”, pelo que considera que “muda completamente a história” e prova que “ela sobreviveu ao seu voo e foi feita prisioneira pelos japoneses”.

O último registo de vida de Amelia Earhart data de 2 de Julho de 1937, a meio da viagem de avião em que tentava ser a primeira mulher a dar a volta ao planeta. Acabou por desaparecer misteriosamente e concluiu-se que se teria despenhado no Pacífico.

Nem o corpo da aviadora, nem o do seu navegador, foram encontrados. Mesmo assim, as suas mortes foram oficialmente declaradas em 1939, após longas buscas efectuadas no mar. Só em 2014 foi encontrado o primeiro fragmento do avião de Amelia Earhart, numa praia do Pacífico.

Mas esta nova fotografia parece indicar que Amelia Earhart sobreviveu. Além das figuras que se assemelham a Earhart e a Noonan, a imagem mostra o navio japonês Koshu a rebocar uma barcaça que os investigadores acreditam ter os destroços do avião.

“Acreditamos que o Koshu a levou para Saipan [nas Ilhas Marianas] e que ela morreu lá, sob custódia dos japoneses”, refere o produtor executivo do documentário do Canal História, Gary Tarpinian, citado pela NBC News.

A ideia de que Amelia Earhart foi capturada pelos japoneses não é nova, e surge em relatos antigos de nativos das ilhas da zona do Pacífico onde se deu a queda do avião. Uma dessas testemunhas, que dizem ter visto a aviadora e o seu navegador a serem retirados do local da queda e depois, em cativeiro, participa no documentário do História.

A investigação não conseguiu concluir se as autoridades dos EUA saberiam que era ela na foto que estava arquivada como “top secret”, mas admite que podem ter omitido a captura de Amelia Earhart.

A imagem pode ter sido tirada por espiões dos EUA no Japão, país onde as autoridades garantem que não há registos oficiais de que a aviadora tenha sido capturada.

SV, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Governo estuda hipótese de aeroporto na base aérea de Monte Real

O Governo está a estudar a hipótese de criar um aeroporto civil na Base Aérea 5 de Monte Real, em Leiria, confirmou o ministério das Infraestruturas. Em declarações a vários jornais, entre os quais o Público, …

Coronavírus chegou à Europa. Dois casos confirmados em França

O novo coronavírus chegou à Europa. A ministra da Saúde francesa anunciou, esta sexta-feira, que há dois casos confirmados no país. "Há dois casos confirmados", vincou a ministra da Saúde francesa, Agnes Buzyn, em conferência de …

Ucrânia perdeu 11 milhões de habitantes desde 2001

A Ucrânia perdeu mais de 11 milhões de habitantes desde o último censo de 2001 devido à imigração, à anexação da Crimeia e à guerra no leste do país. De acordo com os novos dados oficiais, …

CGD sobe comissões a partir deste sábado (incluindo MB Way)

As transferências por MB Way, as contas-pacote e os serviços mínimos bancários na Caixa Geral de Depósitos vão sofrer um agravamento a partir deste sábado. Tal como tinha sido anunciado em outubro do ano passado, a …

Isabel dos Santos não vai ser detida se for a Angola, garante PGR

O procurador-geral da República de Angola afirmou, esta sexta-feira, que a justiça quer esgotar todos os procedimentos para notificar a empresária angolana antes de pedir um mandado internacional de captura. "Primeiro vamos esgotar a possibilidade de …

Assange deixa ala médica da prisão e passa para área com outros reclusos

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, foi transferido da ala médica da prisão de Belmarsh, no sudeste de Londres, onde estava isolado, para uma área da prisão com outros presos, anunciou hoje um membro do …

"Saudações da Tailândia." Depois de fugir da prisão, Sekkaki enviou um postal aos diretores

Depois de fugir da prisão, Oualid Sekkaki provocou os responsáveis do estabelecimento prisional e enviou-lhes um postal. Em dezembro do ano passado, Oualid Sekkaki e outros quatro indivíduos fugiram do estabelecimento prisional de Turnhout, na Bélgica. …

Irlanda. Tribunal decide extraditar motorista acusado da morte de 39 migrantes vietnamitas

O tribunal de Dublin sentenciou, esta sexta-feira, que o motorista acusado da morte de 39 imigrantes vietnamitas - encontrados em outubro num contentor refrigerado, perto de Londres - pode ser extraditado para o Reino Unido, …

Atriz norte-americana confronta em tribunal Weinstein com acusação de violação

A atriz americana Annabella Sciorra, conhecida por ter participado na série "Os Sopranos", confrontou na quinta-feira o produtor Harvey Weinstein em tribunal, acusando-o de a ter violado, em meados dos anos 1990. Segundo avançou o Expresso, …

Mulher agride médica na Urgência do Hospital de Águeda

Uma médica foi agredida, esta quinta-feira, na Urgência do Hospital de Águeda, por uma mulher que acompanhava o filho a uma consulta. De acordo com o Jornal de Notícias, a médica, de 33 anos, que estava …