Ossos descobertos em 1940 numa ilha do Pacífico pertencem a Amelia Earhart

AD / Wikimedia

A lendária aviadora Amelia Earhart junto ao seu Lockheed Electra, 6 de junho 1937

Um estudo forense terá desvendado, finalmente, o mistério do desaparecimento de Amelia Earhart, concluindo que os ossos da famosa aviadora foram encontrados em 1940, na pequena ilha de Nikumaroro, no Oceano Pacífico.

Amelia Earhart desapareceu em 1937, quando voava sobre o Pacífico, numa tentativa de dar a volta ao mundo. Acredita-se que o seu avião se despenhou algures na zona, mas nunca foram encontradas provas que expliquem o que de facto aconteceu.

Há ainda uma teoria que defende que a aviadora foi capturada pelos japoneses, e que acabou por morrer durante o período de detenção.

Mas um estudo publicado no jornal científico Forensic Anthropology vem reforçar a teoria de que o avião se terá despenhado na ilha de Nikumaroro, onde ainda terá sobrevivido durante alguns dias, com o seu navegador, Fred Noonan, enquanto esperavam por socorro.

Em 1940, foram encontrados ossos humanos na ilha mas, desde então, nunca foi possível provar que seriam de Earhart. Até agora.

O estudo científico realizado pelo antropólogo forense Richard Jantz fala de uma semelhança de 99% entre os ossos encontrados e as características do corpo da aviadora.

“Esta análise revela que Earhart é mais semelhante aos ossos de Nikumaroro do que 99% dos indivíduos numa grande amostra de referência. Isto apoia significativamente a conclusão de que os ossos pertencem a Amelia Earhart”, escreve Jantz no artigo científico.

Todavia, nunca será possível atestar a veracidade deste facto, já que os ossos desapareceram há vários anos.

Esta análise teve em conta registos efectuados em 1941, pelo médico D. W. Hoodless, que, na altura, concluiu que se tratavam de vestígios de um indivíduo do sexo masculino com cerca de 1,65 metros.

Em 1998, Jantz e a colega antropóloga forense Karen Burns estudaram o caso e concluíram que, considerando o que sabemos e os “métodos forenses contemporâneos”, “a morfologia dos ossos recuperados parece consistente com o peso e a origem étnica de uma mulher como Earhart”, cita o site Live Science.

Um outro estudo veio rebater aquela conclusão, voltando à tese do indivíduo masculino.

Jantz debruçou-se de novo sobre o mistério, estudando mais ao pormenor a estrutura de Earhart, que teria cerca de 1,70 metros, mas agora já sem a parceria de Burns que, entretanto, faleceu.

O antropólogo teve em consideração novos dados sobre a constituição e o tamanho da aviadora, a partir de um estudo sobre as suas roupas. Também utilizou tecnologias avançadas, nomeadamente um software informático chamado Fordisc que recorre a métodos estatísticos para determinar o sexo, a antiguidade e a estatura, mediante medições do esqueleto.

Assim, concluiu que os ossos devem mesmo ser da aviadora. “Como uma mulher alta e de corpo estreito, o conjunto de fémures poderia parecer masculino a Hoodless“, escreve Jantz. “É aparente, a partir das muitas fotografias de Earhart, e da circunferência da sua cintura, que as suas ancas eram estreitas para uma mulher”, acrescenta. “Isto, em combinação com o seu peso, não exige um ângulo de fémur que se poderia esperar de uma mulher”, diz ainda.

Hoodless teve em conta o ângulo formado pela junção dos ossos púbicos para determinar o sexo, mas tinha apenas uma parte do osso.

“Um ângulo meio sub-púbico ambíguo poderia, facilmente, ser chamado masculino por um olho inexperiente, ou até por um experiente, particularmente se processos tafonómicos [fossilização] tivessem modificado a morfologia”, escreve também Jantz.

O investigador releva que se deve ter em conta a “preponderância da prova”, neste caso, sustentando que “os ossos são consistentes com Earhart em todos os aspectos que conhecemos ou podemos, razoavelmente inferir”.

“Se os ossos não pertencem a Amelia Earhart, então são de alguém muito semelhante a ela”, nota, lembrando, contudo, que a probabilidade de um qualquer indivíduo aleatório revelar um “grau de semelhança tão grande” com a aviadora é “muito baixa”.

SV, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Novo primeiro-ministro belga nomeado após 16 meses de crise política

O atual ministro das Finanças da Bélgica, Alexander de Croo, toma posse esta quinta-feira como primeiro-ministro, depois de ter sido na quarta-feira formalmente nomeado para o cargo, pondo fim a uma longa maratona de 16 …

Cortes de água, luz, gás e telecomunicações regressam esta quinta-feira

A partir desta quinta-feira, regressam os cortes de água, eletricidade, gás natural e telecomunicações para todos os consumidores em situação de desemprego, com uma quebra de rendimentos de, pelo menos, 20% ou que estejam infetados …

Moderna contradiz Trump. Não haverá vacina até às eleições

O diretor-executivo da farmacêutica Moderna Therapeutics, que está a desenvolver uma das mais avançadas vacinas para a covid-19, disse que esta não estará pronta até às eleições presidenciais dos Estados Unidos. Em declarações ao jornal Financial …

Brigadas dos lares arrancam com menos profissionais do que o previsto

As Brigadas de intervenção Rápida para os lares atingidos por surtos de covid-19 arrancam esta quinta-feira - mas há menos enfermeiros e cuidadores do que o previsto. Em declarações à Renascença, o presidente do Instituto da …

PS segue PSD e propõe voto antecipado para eleitores em confinamento

O Partido Socialista (PS) decidiu juntar-se ao Partido Social Democrata (PSD) na ideia de alargar o direito de voto antecipado aos eleitores que estejam em confinamento à data das próximas eleições presidenciais. De acordo com o …

Santos Silva assume "contactos" para reforço dos EUA da base das Lajes (e desdramatiza eventual crise política)

Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros, disse, em entrevista ao Público e à Renascença, que há "contactos" com os Estados Unidos para reforço norte-americano da base das Lajes e desdramatizou a aprovação do Orçamento …

3.800 euros por mês. Genebra aprova o primeiro salário mínimo (e é o mais alto do mundo)

Os habitantes de Genebra, na Suíça, aprovaram, este domingo, a proposta de um salário mínimo de 23 francos suíços por hora (equivalente a cerca de 21,30 euros) para todos os que trabalham na cidade. De acordo …

No day after do debate caótico, Biden pede regras rígidas e Trump queixa-se do moderador

O debate caótico entre Donald Trump e Joe Biden motivou críticas generalizadas que suscitam dúvidas sobre se será de manter os outros dois debates ou se, mantendo-os, será necessário alterar as regras. Um dia após a …

OE2021. Pontas soltas, alguns avanços e uma certeza: se houver entendimento, há acordo por escrito

Se houver entendimento em algumas matérias com o Bloco de Esquerda e o PCP, haverá um "compromisso escrito", adiantou Duarte Cordeiro, secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares. Em entrevista ao podcast Política com Palavra, do PS, …

Covid-19. Hospitais da região de Lisboa pedem camas uns aos outros

Os hospitais da região de Lisboa e Vale do Tejo continuam a bater à porta uns dos outros a pedir camas para internar doentes com covid-19. Segundo a edição desta quinta-feira do jornal Público, os …