“Não aprecio insultos na política”. Catarina Martins responde a Costa e insiste num acordo sobre o SNS

José Sena Goulão / Lusa

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, desafiou esta quarta-feira que o Governo a “deixar as recusas” e fazer um acordo essencial para salvar o Serviço Nacional de Saúde (SNS).

A líder bloquista reuniu-se esta tarde com um grupo de profissionais de saúde sobre a criação do Estatuto do SNS, no âmbito da regulamentação da nova Lei de Bases da Saúde, tendo no final sido questionada pelos jornalistas sobre as duras críticas feitas pelo primeiro-ministro, António Costa, ao BE, que acusou de oportunismo em relação ao Orçamento do Estado para 2021 (OE2021).

Devo dizer que não aprecio insultos na política e não os tenho usado. António Costa sabe que é primeiro-ministro porque em 2015 houve um acordo com a esquerda pelo qual o Bloco de Esquerda se bateu e de que não se arrepende”, começou por referir.

Em 2019, continuou Catarina Martins, o líder socialista foi a eleições “pedindo uma maioria absoluta, que não teve”, mas o BE propôs “um novo acordo para reforçar o trabalho e o direito do trabalho em Portugal” que “o Governo e o PS recusaram”, tal como o acordo no OE2021 para o SNS.

Este é o tempo de deixar as recusas e de fazer os acordos que são essenciais para o país e o Bloco de Esquerda é nisso que está centrado. Todo o país consideraria uma irresponsabilidade se o Governo e o PS não quisessem fazer um acordo para o SNS e para garantir o acesso à saúde a toda a população”.

Apesar de acusar o Governo de ainda não ter dado estes passos, a coordenador bloquista acredita que “dará porque, em nome do país e da resposta aos portugueses, às portuguesas, a toda a população é fundamental um acordo para salvar o SNS”.

Lamento que não tenha sido possível fazê-lo no Orçamento do Estado. Creio que terá de ser possível fazê-lo, que ele será feito com o Bloco de Esquerda e é para isso que trabalhamos todos os dias”, assegurou, deixando que claro que o partido que dirige “fará tudo para esse acordo porque ele é essencial para o país”.

Em entrevista à rádio Observador na terça-feira, António Costa acusou o Bloco de Esquerda de se ter posto “ao fresco” no voto contra o Orçamento do Estado para 2021, avisando que as pessoas não perdoam este tipo de “oportunismo”, que considera um “erro gravíssimo”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Nova espécie massiva de há 500 milhões de anos descoberta no Canadá

Espécie terá sido uma gigante dos oceanos, amedrontando presas com a sua carapaça, situada na zona da cabeça, que cobria dois terços do seu corpo. Uma equipa de cientistas descobriu na última semana um fóssil de …

Porque morrem tantos americanos?

Nos últimos 30 anos a esperança média de vida nos Estados Unidos da América não acompanhou as melhorias verificadas na Europa. "A América tem um problema relacionado com a morte". Assim começa uma análise, em espécie …

Já há turmas inteiras em casa devido a casos positivos de covid-19

As aulas da maioria das escolas arrancaram esta semana e já há turmas inteiras em casa, devido a casos positivos de covid-19. Tema será discutido na reunião do Infarmed, que acontece esta quinta-feira. Com o início …

Novo estudo indica que comer em excesso não é a principal causa da obesidade

A obesidade afeta grande parte da população e já é considerada umas das maiores epidemias do século XXI. Contudo, a ideia de quanto mais se come, mais propenso se está a ganhar peso pode ser …

Jogador do Santos foi ameaçado e perseguido (e filmou)

Saída da Taça do Brasil originou protestos e cenas de vandalismo. A última vitória do Santos foi no dia 13 de Agosto. O Santos não vive uma fase positiva. 13.º classificado no Brasileirão, foi afastado da …

Esta tarde, discute-se a "ampla abertura". Máscaras em espaços fechados são para manter

As restrições impostas na sequência do combate à pandemia de covid-19 deverão deixar de ser obrigatórias a partir do final do mês. Esta tarde, na reunião do Infarmed, os peritos vão propor a libertação. Esta quinta-feira, …

Eletricidade vai ficar mais cara a partir de outubro

A fatura da eletricidade vai voltar a subir 3% no dia 1 de outubro, depois de ter subido outros 3% a 1 de julho. O preço da eletricidade vai voltar a aumentar, a partir de 1 …

As vacas podem aprender a ir à casa de banho - e assim ajudar a salvar o Planeta

Os excrementos largados pelas vacas podem ser bastante prejudiciais para o Planeta, mas esta situação pode ser controlada se estes animais aprenderem a usar algo inesperado para a espécie de quatro patas - uma casa …

A receita para produzir cimento em Marte pode levar sangue, suor e lágrimas

Investigadores propõe que se produza cimento em Marte ou na Lua combinando poeira com sangue, suor e lágrimas de astronautas. No seu discurso inaugural como primeiro-ministro do Reino Unido, em 1940, Winston Churchill mostrou como as …

Podem já ter existido buracos negros microscópicos

Investigadores sugerem que, nos primeiros momentos do Big Bang, podem ter existido buracos negros primitivos do tamanho de um átomo de potássio. Desde sempre, os seres humanos quiseram explicar os fenómenos mais imprevisíveis e perturbadores do …