Nacionalização do Novo Banco ganha força no PS

Tiago Petinga / Lusa

António Costa e Mário Centeno

António Costa e Mário Centeno

Cresce o coro de vozes socialistas que defende a nacionalização do Novo Banco. Mas Marques Mendes alerta que essa alternativa é “um perigo” porque pode custar mais aos contribuintes.

O deputado socialista João Galamba diz que não quer ver o Estado a pagar para vender o Novo Banco e por isso, assume, sem papas na língua, que é defensor da nacionalização da instituição financeira.

“O banco já é do Estado [através do Fundo de Resolução], só que é de transição. Eu só quero que o Estado assuma plenamente e de forma normal aquilo que hoje já existe”, constata Galamba em declarações ao Diário de Notícias.

O deputado, que é vice-presidente da bancada do PS, nota que o “banco foi nacionalizado” a 13 de Agosto de 2014, com a entrada do Estado no Fundo de Resolução.

Assim, “nacionalizar não traz novos custos, apenas reconhece custos que sempre existiram”, diz Galamba, lamentando os valores da actual proposta de compra apresentada pelo fundo norte-americano Lone Star que é inferior ao valor necessário para a recuperação do banco.

O DN cita também os socialistas Eurico Brilhante Dias e Paulo Trigo Pereira que estão igualmente, do lado da nacionalização.

O PS não assumiu oficialmente, nenhuma posição, mas o presidente do partido, Carlos César, já disse que as propostas recebidas para a compra do banco são “quase vexatórias”.

“Há o risco de acontecer um novo BPN”

Para o social-democrata Marques Mendes, “a nacionalização [do Novo Banco] é um perigo“.

“Há o risco de acontecer o mesmo que aconteceu com o BPN, em que ainda hoje, o Estado está a pagar a factura da nacionalização“, alertou o comentador no seu espaço de opinião na SIC, referindo-se ao forte impacto nas contas públicas e aos custos para os contribuintes.

O social-democrata destaca que a nacionalização “implica o Estado ter de injectar dinheiro público” no banco e que “acaba por ter o mesmo efeito que a garantia estatal dada aos compradores”.

Além disso, Marques Mendes lembra que é provável que a Comissão Europeia chumbe a nacionalização. “Mas mesmo que Bruxelas autorizasse, é preciso não esquecer que, na maior parte das vezes, impõe medidas de reestruturação, como remédio, tão fortes e tão pesadas socialmente que são semelhantes a uma liquidação“, avisa.

A nacionalização do Novo Banco tem sido defendida por várias figuras da esquerda e da direita, de Manuela Ferreira Leite a Francisco Louçã, passando por Vítor Bento e José Maria Ricciardi.

Por seu turno, o PCP já anunciou que não admite outro cenário que não a manutenção do Novo Banco no Estado e que vai levar ao Parlamento um projecto de resolução nesse sentido.

ZAP //

2 COMENTÁRIOS

  1. Já vêm com quase um ano de atraso, já para não falar na despesa extra em ordenados a quem está a tratar da “venda. Foi sugerido pelo Dr. Vitor Bento em Fevereiro 2016, entre outras sugestões validas que fez.
    Porque não foi ouvido então?

  2. Parece-me que estamos numa ANARQUIA, há a demonstração de incapacidade de decisões , não há atitudes de responsabilidades, parece que as decisões estão a passar para o futuro, é um deixa andar numas coisas, noutras, há imposições que lembra a Ditadura. Parece-me que não há uma preocupação com os portugueses e isso entristece-me.

RESPONDER

Rescaldo do incêndio em Valongo, Pedrogao Grande

Uma semana depois, incêndio de Pedrógão Grande dado como extinto

O incêndio de Pedrógão Grande foi dado como extinto este sábado, a meio da tarde, uma semana depois de ter deflagrado, estando ainda no local cerca de 570 operacionais, segundo fontes da Proteção Civil. "O incêndio …

-

Parlamento britânico foi alvo de um ataque informático

O Parlamento britânico foi alvo na sexta-feira à noite de um ataque informático, revelou hoje o político liberal democrata Chris Rennard, elemento da Câmara dos Lordes (câmara alta), através da rede Twitter. Como consequência, segundo avançou …

-

Seis mortos em deslizamento de terra na China e mais de 100 desaparecidos

Pelo menos seis pessoas morreram num deslizamento de terras na província de Sichuan, no sudoeste da China, e mais de 100 permanecem desaparecidas, segundo os últimos dados fornecidos pelas autoridades locais. A aldeia isolada de Xinmo foi …

-

Bombeiros pedem suspensão da entrega de bens solidários

O presidente da Associação de Bombeiros Voluntários de Pedrógão Grande apelou este sábado para que as pessoas suspendam por "alguns dias" a entrega de ajuda. "É um sufoco. É muita coisa. São toneladas e toneladas de …

-

Portugal goleia Nova Zelândia em jogo de muitas poupanças

Portugal assegurou hoje o primeiro lugar do Grupo A e a passagem às meias-finais da Taça das Confederações de futebol após golear a Nova Zelândia, por 4-0, num encontro em que correu quase tudo bem …

-

Pelo menos 27 edifícios no Reino Unido têm revestimento inflamável

Os inspetores identificaram pelo menos 27 edifícios de propriedade municipal no Reino Unido que não cumprem os requisitos de segurança anti-incêndios por estarem revestidos com material inflamável, informou este sábado o Governo. O Ministério que tutela …

-

Polícia espanhola detém suspeitos de pertencerem a rede de exploração de mulheres na Europa

A polícia espanhola anunciou este sábado que deteve 18 pessoas suspeitas de pertencerem a uma rede nigeriana de exploração sexual de mulheres, que atuava em Espanha, Itália, Alemanha e Bélgica. Com estas detenções, que ocorreram em …

-

Portugueses criam dispositivo que ajuda a superar medo de andar de avião

Um dispositivo médico de realidade virtual que auxilia os utilizadores a superar o medo de andar de avião está a ser desenvolvido por especialistas apoiados pelo Instituto de Investigação e Inovação em Saúde da Universidade …

herminioloureiro

Escutas tramam Hermínio Loureiro suspeito de "dar" 23 milhões em ajustes directos

Hermínio Loureiro, ex-presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis e ex-presidente da Liga de Clubes, foi ouvido durante mais de 8 horas, no âmbito do processo de corrupção que terá sido despoletado por escutas telefónicas. O …

Leonor Poeiras e Iva Domingues no "Somos Portugal" da TVI

Altice prepara-se para comprar a TVI

O Grupo espanhol Prisa está em negociações "avançadas" com a Altice para a venda da TVI e o negócio pode consumar-se ainda neste Verão. O Governo já está a par do processo. Este cenário é avançado …