Carlos César considera propostas para o Novo Banco “vexatórias” e admite nacionalização

O presidente do PS considera as propostas de compra do Novo Banco “vexatórias” e admite a hipótese da nacionalização do banco como “uma etapa” para a reprivatização.

O jornal Expresso noticia, na edição de hoje, que Carlos César defende que o novo banco seja “nacionalizado para ser reprivatizado mais tarde em melhores condições”.

O presidente do PS vai mais longe e afirma mesmo que o processo de venda liderado por Sérgio Monteiro se revelou “um fiasco”, pois as propostas entregues até agora, tal como estão atualmente, são “quase vexatórias”.

“O Governo deve resistir a uma venda ruinosa. O ideal é a venda. O objetivo final é a venda, mas a nacionalização pode ser uma etapa para a reprivatização mais tarde“, diz o também líder da bancada socialista.

Simultaneamente, Carlos César defende a necessidade de encontrar uma solução para o crédito malparado para a banca, sublinhando que se o malparado for retirado do Novo Banco, a instituição passa a ter valor positivo, mesmo que o Estado seja chamado indiretamente a suportar custos ou riscos.

Segundo o semanário, estas declarações revelam que aquela que é a melhor proposta para o Banco de Portugal (a do fundo Lone Star) é uma má proposta para o Governo.

As declarações de Carlos César ao jornal Expresso surgem na mesma semana em que o ministro das Finanças, Mário Centeno, admitiu nacionalizar o Novo Banco.

Esta nova hipótese vem contrariar aquela que era inicialmente a posição assumida pelo Governo, a de encontrar uma solução para o Novo Banco que não tivesse impacto nas contas públicas ou encargos para os contribuintes.

Esta “linha vermelha” definida pelas Finanças eliminaria à partida a possibilidade de nacionalização da instituição, o que, afinal, nos últimos dias passou a surgir como uma hipótese, colocada pelo próprio Governo que antes se impusera aqueles limites.

O Novo Banco foi criado no início de agosto de 2014, na sequência da resolução do Banco Espírito Santo (BES), e é um banco de transição detido integralmente pelo Fundo de Resolução bancário.

Depois do colapso do BES, o Novo Banco foi capitalizado com 4.900 milhões de euros através do Fundo de Resolução Bancária. O Estado português entrou com 3.900 milhões de euros neste Fundo e os bancos com os restantes 1.000 milhões.

Em dezembro de 2015 foram prolongadas as garantias estatais ao Novo Banco e a data limite para a sua venda foi estendida, por acordo com a Comissão Europeia, até agosto de 2017. Entre os concorrentes estão os fundos chinês China Minsheng e norte-americanos Lone Star e Apollo.

// Lusa

RESPONDER

Reino Unido disposto a pagar mais à UE pela fatura do Brexit

O Governo da primeira-ministra britânica, Theresa May, acordou hoje em aumentar a oferta financeira à União Europeia para impulsionar as negociações sobre o Brexit, saída do Reino Unido do bloco comunitário, segundo informou a BBC. A …

Pelo menos 50 mortos em atentado na Nigéria

Pelo menos 50 pessoas morreram num atentado suicida numa mesquita no nordeste da Nigéria, disse o porta-voz da polícia do estado de Adamawa. "Neste momento, temos pelo menos 50 mortos" e muitos feridos, disse Othman Abubakar, …

Ajustes diretos a professores da Universidade do Minho sob investigação

Em causa estará a aquisição de bens e serviços, sem concurso, a empresas detidas por professores ou ex-docentes da instituição. Segundo o Jornal de Notícias, a Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC) esteve a fiscalizar os …

Água poderá ser racionada durante a noite

O secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, admite o racionamento da água durante a noite em algumas localidades e aconselha a população a habituar-se a gastar menos devido à seca que o país atravessa. Carlos …

Videojogos poderão auxiliar diagnóstico de doenças associadas à velhice

Os videojogos têm potencial para poderem vir a ser utilizados como meio auxiliar de diagnóstico em doenças associadas ao envelhecimento, conclui um estudo preliminar desenvolvido por investigadores da Universidade de Coimbra (UC). Desenvolvido por uma equipa …

Arqueólogos descobriram o "projecto de estimação" do Imperador Nero no Reino Unido

Arqueólogos britânicos descobriram um complexo de três templos romanos, numa quinta de Hampshire, no sudeste de Inglaterra, que terá sido construído durante o reinado do Imperador Nero.  A descoberta foi feita por arqueólogos da Universidade de …

NASA já consegue prever que cidades costeiras serão submersas pelo gelo dos glaciares

Um estudo recente revela que o movimento de rotação da Terra e o efeito da gravidade afetam a redistribuição global da água proveniente da fusão dos glaciares. Agora, uma nova ferramenta desenvolvida pela NASA permite …

Ratos paraplégicos voltam a andar com células estaminais

Cientistas do Instituto de Tecnologia Technion-Israel e da Universidade de Tel Aviv conseguiram fazer com que ratos paraplégicos voltassem a andar. Os animais também recuperaram perceções sensoriais e tiveram sinais de recuperação da medula espinhal. A …

Sons detectados no mar não são do submarino desaparecido

A Marinha da Argentina anunciou hoje que os sons detetados no mar não são provenientes do submarino argentino que está desaparecido desde quarta-feira, com 44 tripulantes a bordo. O porta-voz da Armada Argentina, Henrique Balbi, afirmou …

Sonda Curiosity acaba de enviar misteriosas inconsistências de Marte

A sonda Curiosity que explora Marte acaba de enviar para a Terra informação que confunde ainda mais o que já se sabe sobre o planeta vermelho – principalmente a respeito da água que já correu …