Musk apresenta o “argumento mais forte” contra a existência de extraterrestres

Na terça-feira passada, o empresário norte-americano Elon Musk, CEO da SpaceX, causou polémica nas redes sociais, apresentando o “argumento mais forte” contra a existência de extraterrestres.

De acordo com a Fox Business, Elon Musk publicou dois gráficos, que indicavam que, apesar das melhorias na resolução da câmara, a resolução das imagens de OVNIs permaneceu a mesma. “O argumento mais forte contra alienígenas”, escreveu ele, no Twitter.

“Até onde sei… não há evidência direta [de] vida alienígena [na Terra]”, disse Musk, numa entrevista em fevereiro. “Honestamente, acho que saberia se houvesse alienígenas“, afirmou o CEO da SpaceX, acrescentando que procurar vida extraterrestre é uma “perda de tempo”.

A publicação de Musk surge depois do que parecia ser uma especulação elevada em torno do conhecimento do Governo norte-americano sobre objetos voadores não identificados (OVNIs). No final do mês passado, uma tripulação de voo da American Airlines aparentemente avistou um OVNI.

“Acabámos de ver algo passar por cima de nós”, disse o piloto, numa transmissão de rádio. “Odeio dizer isto, mas parecia um longo objeto cilíndrico que quase parecia um tipo de míssil de cruzeiro. Movia-se muito depressa e passou por cima de nós.”

Em abril de 2020, a Marinha dos Estados Unidos lançou três vídeos que parecem mostrar aeronaves a voar mais depressa do que a velocidade do som. Além disso, em janeiro, a CIA revelou três décadas de documentos sobre incidentes misteriosos relatados ou investigados pela agência.

Segundo John Ratcliffe, ex-diretor da Inteligência Nacional, mais avistamentos inexplicáveis ​​de OVNIs serão desclassificados em junho – incluindo que quebrou a barreira do som sem produzir um estrondo sónico.

O relatório e a desclassificação destes avistamentos são exigidos pela Lei de Autorização de Inteligência de 2021.

Maria Campos //

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

França acaba com máscara no exterior (e Espanha vai pelo mesmo caminho)

Em França, o uso de máscara na rua deixa de ser obrigatório a partir de quinta-feira. Espanha deverá seguir o mesmo caminho "em breve". O uso de máscara no exterior deixa de ser obrigatório em França …

Swissport em Lisboa para tentar comprar a Groundforce

O acionista maioritário da Groundforce, que está a tentar vender a sua participação na empresa de handling, encontra-se agora a negociar com os suíços da Swissport. Depois de o fundo espanhol Atitlan se ter afastado e …

BdP prevê taxa de desemprego de 7,2% e crescimento económico de 4,8%

O Banco de Portugal (BdP) prevê que a taxa de desemprego atinja 7,2% em 2021, recuando para 7,1% em 2022 e 6,8% em 2023, e que o emprego cresça 1,3% este ano. No Boletim Económico de …

Finlândia 0-1 Rússia | Miranchuk recoloca russos na corrida

A anfitriã Rússia conseguiu hoje uma determinante vitória na luta pelo apuramento para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao bater a Finlândia por 1-0, em São Petersburgo. No primeiro jogo da segunda jornada …

Nove militares da GNR acusados de tortura

O Ministério Público (MP) do Porto acusou nove militares da GNR dos crimes de tortura e outros tratamentos cruéis, degradantes ou desumanos e sequestro agravado. O Ministério Público (MP) do Porto acusou nove militares da GNR, …

Costa garante que Lisboa terá o mesmo tratamento que os outros concelhos

Esta quarta-feira, num dia em que Portugal registou 1.350 novos casos ( 928 dos quais na região de Lisboa e Vale do Tejo), o primeiro-ministro afirmou que a capital terá o mesmo tratamento que os …

Salgado disposto a pagar à massa falida do GES para ficar isento de cumprir pena

Ricardo Salgado está disposto a pagar à massa falida do GES para ser dispensado de cumprir pena no processo que o irá julgar por três crimes de abuso de confiança, segundo a contestação da defesa …

PJ detém 12 pessoas por suspeitas de corrupção na Câmara de Loures

Entre os detidos pela Polícia Judiciária (PJ) estão dois empreiteiros, um arquiteto, um empresário ligado a uma obra particular e oito fiscais. Através da Unidade Nacional de Combate à Corrupção e no âmbito de inquérito dirigido …

Casos disparam: 1350 novas infeções e seis óbitos

Nas últimas 24 horas, houve 1.350 novos casos positivos de covid-19 e morreram seis pessoas, segundo os dados do boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). Portugal registou 1.350 novos casos e seis óbitos por covid-19 …

Parlamento vai ouvir Medina e ministro dos Negócios Estrangeiros

Fernando Medina e Augusto Santos Silva vão ser ouvidos no Parlamento sobre o caso da partilha de dados pessoais de ativistas russos. O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, e o ministro dos Negócios …