No Museu da Criação, os dinossauros viveram com humanos e o mundo tem 6 mil anos

Maureen / Flickr

Exposição de Adão e Eva no Museu da Criação.

No Museu da Criação evangélico, nos Estados Unidos, os dinossauros viveram lado a lado com os humanos e o mundo tem apenas 6 mil anos.

As viagens de verão nos Estados Unidos diminuíram, mas não pararam devido à pandemia do novo coronavírus. Entre os destinos que foram reabertos recentemente, está o Museu da Criação, um museu dedicado a promover a história bíblica de Génesis como facto histórico e científico.

Mais do que isso, o Museu da Criação oferece uma janela para as ideias e o funcionamento da direita religiosa norte-americana.

Os cristãos evangélicos representam aproximadamente 25% da população dos EUA. A maioria deles acredita que a Bíblia deve ser lida literalmente e que a evolução é uma farsa. O Museu da Criação promove uma versão muito específica dessa crença, segundo a qual Deus criou o universo em seis dias de 24 horas, há cerca de 6.000 anos.

Os quatro primeiros capítulos do livro de Génesis contam a história de Adão e Eva, que foram criados no sexto dia e receberam duas funções: obedecer a Deus e popular a Terra. Quando desobedeceram a Deus e comeram o fruto da árvore do conhecimento, foram banidos do Jardim do Éden e tornaram-se mortais.

Adão e Eva saíram-se melhor na sua segunda missão. Eva deu à luz dois filhos, Caim e Abel, e, de acordo com o Museu da Criação, uma filha que mais tarde tornou-se esposa de Caim.

De acordo com o Génesis, os humanos acabaram por se tornar perversos e violentos. Em resposta, Deus enviou uma dilúvio que afogou todos no planeta; o Museu da Criação diz que as mortes rondaram os mil milhões.

Apenas Noé e a sua família foram salvos. Eles, juntamente com alguns animais – incluindo, segundo o Museu da Criação, dinossauros – foram alojados em segurança na arca que Deus ordenou que Noé construísse.

Desde a abertura em 2007, o Museu da Criação contou esta história – com uma abundância de exposições de dinossauros e dioramas em tamanho real do idílico Jardim do Éden – para mais de 4 milhões de visitantes.

Inerrância bíblica

O criacionismo é um princípio central do fundamentalismo protestante, um movimento evangélico norte-americano que tem as suas raízes no final do século XIX, exatamente quando a evolução darwiniana estava a pôr em questão a história do Génesis.

Na mesma época, os estudiosos também estavam a fazer perguntas substantivas sobre quem realmente escreveu os 66 livros da Bíblia, observando algumas das suas aparentes inconsistências e erros e observando que algumas das suas histórias – incluindo a do dilúvio gigante – pareciam emprestadas de outras culturas.

Alguns teólogos evangélicos conservadores, horrorizados com o enfraquecimento da autoridade bíblica, responderam criando a noção de inerrância bíblica. Nesta visão, a Bíblia é sem erros, claramente escrita e factualmente precisa.

O movimento fundamentalista surgiu em 1919, com base na inerrância bíblica e no criacionismo. No entanto, aceitaram as afirmações dos geólogos de que a Terra tinha milhões ou mil milhões de anos.

Como tal, os fundamentalistas entenderam que os seis “dias” da criação de Deus referem-se não a dias de 24 horas, mas a épocas de duração indeterminada. Isto colocou um problema para a inerrância bíblica. Se a Bíblia é melhor entendida literalmente, como pode um “dia” ser uma era?

Ciência criacionista

A ciência convencional contemporânea é definida pelo uso do método científico, no qual os cientistas formulam uma hipótese, conduzem experiências para testar essa hipótese e, em seguida, confirmam ou negam.

Por outro lado, os criacionistas começam com uma conclusão – que o universo tem 6.000 anos – e depois procuram evidências para confirmá-la. Factos contrários, como a datação radiométrica que mostra que a Terra tem 4,5 mil milhões de anos, são rejeitados.

A apresentação do Museu da Criação de um esqueleto impressionante de um alossauro é um bom exemplo de “ciência” da criação.

Esta exposição explica em detalhes científicos aparentemente precisos que o crânio do Allosaurus tem 86 centímetros de comprimento, 55 centímetros de altura e 53 dentes com cerca de 11 centímetros de comprimento.

De seguida, afirma que este Allosaurus morreu no dilúvio de Noé. Aqueles que vasculharem os cartazes em busca de evidências empíricas de que os dinossauros subiram o topo de uma colina para escapar das águas, nada vão encontrar.

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Se o Bolsonaro subsidiar as viagens e o Trump os deixar entrar nos States, só do Brasil podem contar com a visita de 22 milhões de evangélicos mais 11 milhões de terraplanistas. Vai ser um sucesso.

  2. SE NÃO EXISTE VIDA INTELIGENTE FORA DA TERRA O UNIVERSO É UM “INFINITO DESPERDÍCIO”…,Por outro lado Acabaria com essa farsa chamada Religiões….Quem seria os filhos de Deus?!?… NÓS ou ELES?!? SERIA O FIM DE TODAS RELIGIÕES…E Finalmente ficariamos livres dessas Amarras,.que só atrasaram a evolução da Sociedade….

  3. Para mim, a criação até pode ser subentendida pela bíblia, mas os religiosos desse museu não entenderam nada. O que é dia e noite terrestre? Apenas uma volta da terra no seu eixo. Como a terra foi criada apenas no terceiro dia bíblico depois do Big-Bang, o primeiro e segundo dias bíblicos duraram uns 8 bilhões de anos terrestres. Deu tempo de criar o universo nesses dois longos dias, até que a terra surgisse, começasse a girar e ter contagem bíblica coincidente com a terrestre atual.

RESPONDER

Afinal, os vikings não eram loiros nem tinham olhos azuis (e também não eram da Escandinávia)

Um estudo revelou que os Vikings afinal não eram loiros nem provenientes da Escandinávia. O estudo, realizado através da análise de ADN, conclui ainda que indivíduos que não eram vikings foram enterrados como tal. Normalmente, a …

Emmys 2020: "Succession" é a série do ano, "Schitt’s Creek" e "Watchmen" em destaque

A segunda temporada de “Succession”, da HBO, venceu esta madrugada o prémio de Melhor Série Dramática na 72.ª cerimónia dos prémios Emmy, que decorreu em Los Angeles, EUA, sem público por causa da pandemia. Centrada em …

Aulas do 1.º ciclo em escola de Lisboa suspensas. Escola em Viseu fecha portas

As aulas do 1.º ciclo na escola pública das Laranjeiras, em Lisboa, foram suspensas, devido à falta de funcionários em número suficiente, já que um destes testou positivo para a covid-19. De acordo com o Agrupamento …

PCP de "espírito aberto" para conversações sobre OE, mas recusa "chantagens"

O PCP encara as conversações sobre o Orçamento do Estado de 2021 com “espírito aberto”, sem “linhas vermelhas ou azuis”, mas recusa “chantagens” e “pressões” do primeiro-ministro, disse este domingo o secretário-geral dos comunistas. Numa conferência …

Os dinossauros conquistaram o mundo após uma extinção em massa na Terra

Uma equipa internacional de cientistas identificou um evento anteriormente desconhecido de extinção massiva da vida na Terra que ocorreu há 223 milhões de anos e desencadeou a conquista do mundo pelos dinossauros. O estudo liderado por …

FinCEN Files. Isabel dos Santos e marido envolvidos em investigação aos maiores bancos mundiais

Isabel dos Santos e Sindika Dokolo estão entre os clientes confidenciais de bancos que foram reportados às autoridades norte-americanas, segundo uma investigação do Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ). A empresária angolana Isabel dos Santos …

Alojamento local, hotéis e pousadas. Governo anuncia mais 4.500 camas para universitários

Acordos com hotéis e alojamentos locais vão reforçar a oferta de alojamento estudantil depois de uma perda de 15% dos lugares em residências. Hotéis, pousadas da juventude e unidades de alojamento local vão disponibilizar “mais 4.500 …

As girafas são tão altas que podem funcionar como um pára-raios fatal

A ideia de que a girafa pode funcionar como um pára-raios não é nova e já se sabe que estes animais já foram mortos por relâmpagos. Porém, agora, cientistas descreveram as circunstâncias em detalhe pela …

A Antártida está em perigo. "Glaciar do juízo final" está a derreter a um ritmo alarmante

Novas estudos deixam um alerta: A Antártica está a correr sérios perigos de desaparecer. Os cientistas já apelidaram o Thwaites - um glaciar do tamanho da Grã-Bretanha localizado no oeste do continente -  de "glaciar …

Revelada origem das galáxias mais "extremas"

Os astrónomos descobriram que a chave para entender as galáxias com tamanhos "extremos", pequenas ou grandes, pode estar nos seus arredores. Em dois estudos relacionados, uma equipa internacional descobriu que as galáxias que são "ultracompactas" ou …