Museu da Ciência britânico pede ao público que ajude a identificar artefatos misteriosos

Steph Gray / Flickr

Museu da Ciência, em Londres

Os curadores do Grupo Museu da Ciência britânico estão a pedir a ajuda dos visitantes para analisar itens da sua coleção, que vão desde fotografias a dispositivos, de forma a identificar o seu uso e a história por trás da sua criação.

Entre os itens, que compõem a coleção de 7,3 milhões de objetos do museu, encontram-se uma ferramenta de metal gasta, dotada de uma alça com aparência robusta; um dispositivo com pedais, braços e rodas; e ainda um pedaço de vidro com uma bobina semelhante a um caracol, noticiou o Guardian.

Muitos destes itens foram descobertos durante o transporte de 300 mil objetos da Blythe House, em Londres, para uma instalação construída especificamente no Centro de Coleções Nacionais do Grupo Museu da Ciência, em Wiltshire.

“Como parte desta operação, temos que olhar, manipular, inventariar e fotografar todos os objetos armazenados na Blythe House”, disse Jessica Bradford, a responsável pelas coleções no Museu da Ciência. “É como um projeto gigante de mudança de casa, mas com a emoção adicional de que esses objetos fazem parte da coleção nacional e que têm histórias incríveis para contar”, referiu.

Segundo Bradford, alguns itens já foram identificados pela equipa ao longo do projeto, que começou em 2018, resultado conseguido recorrendo desde a verificação nos registos até à observação de outros dispositivos com os quais determinado objeto estava armazenado.

Entre as descobertas encontra-se um relógio de incenso chinês – dispositivo com um pequeno quadrado, uma bandeja de metal e estênceis semelhantes a labirintos. Os labirintos, ao que foi apurado, eram usados ​​para criar uma trilha de incenso que queimaria por um período específico de tempo.

“Essencialmente, o incenso é queimado e existem diferentes fragrâncias e notas perfumadas em todo o pavio do incenso”, disse Bradford. Esses dispositivos de medição de tempo, baseados em aromas, eram frequentemente utilizados ​​durante rituais ou cerimónias, explicou a responsável.

Mas as histórias de muitos outros objetos ainda não foram reveladas. “Em alguns casos, chegamos a um beco sem saída e seria incrível ver se o público em geral, a mente coletiva do público, pode nos ajudar a desvendar alguns desses mistérios”, afirmou.

Entre os itens misteriosos encontram-se ainda um dispositivo semicircular, com a alça em formato de concha, e um objeto de metal inserido numa caixa de seda, que parece ser um purificador de ar apresentado ao Papa Leão XIII. Estes itens fazem parte da Coleção Wellcome, uma variedade de objetos reunidos por Sir Henry Wellcome, morto em 1936.

“Muitas vezes, a única coisa que sabemos sobre o objeto é o que, provavelmente, o próprio Henry Wellcome saberá quando este lhe foi vendido ou entregue por um dos seus agentes ou apresentado em leilão”, indicou Bradford.

Devido à atração de Henry Wellcome por objetos estranhos e curiosos, Bradford acredita que pode haver muitos itens surpreendentes. “É provável que sejam o tipo de coisa que talvez apenas uma ou duas pessoas no mundo já tenham visto antes, porque esse é o tipo de item que ele buscava, ele buscava os limites da experiência humana”, sublinhou.

As dúvidas também se estendem às imagens, entre elas o retrato de um homem de peruca a segurar um livro, aberto numa página que contém a fotografia de um esqueleto. A imagem, atribuída em determinada altura ao artista Thomas Gainsborough, parece ser do anatomista e médico escocês William Hunter.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

    • es·tên·cil
      (inglês stencil)
      nome masculino
      1. Material plano e fino, que permite imprimir e reproduzir algo numa superfície através das aberturas ou cortes que se preenchem com tinta.
      2. Técnica de impressão que utiliza esse material.
      3. Papel com revestimento de parafina, usado como matriz para cópias feitas com um duplicador.
      Plural: estênceis.
      Estêncil“, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa

RESPONDER

Nova Iorque quer oferecer vacina aos turistas. Miami vai começar a vacinar no aeroporto

Em Nova Iorque os turistas irão receber a vacina da Johnson & Johnson e em Miami a vacina da Pfizer. Com o objetivo de reativar o turismo na cidade, as autoridades de Nova Iorque querem oferecer …

Carta misteriosa escrita por passageira do Titanic está a intrigar os peritos

Uma equipa de investigadores está a tentar desvendar um mistério que envolve uma carta que terá sido escrita por uma jovem a bordo do Titanic na véspera do naufrágio. Uma família encontrou a carta numa garrafa …

Violência na Colômbia preocupa comunidade internacional

Várias cidades colombianas continuam a ser palco de violentas manifestações contra o Governo do país, mas são reprimidas com força pela polícia e por militares. As manifestações começaram em forma de protesto contra uma reforma tributária …

Veterana de Bletchley Park tem um novo código da 2.ª Guerra para decifrar (mas precisa de ajuda)

Um casal que encontrou mensagens codificadas da II Guerra Mundial sob o assoalho está tentar decifrá-las com a ajuda do seu vizinho, um decifrador de códigos de Bletchley Park. John e Val Campbell encontraram um esconderijo …

"Caixas mistério" com animais de estimação geram indignação na China

Uma nova moda conhecida como "caixa mistério" ganhou popularidade na China. O método consiste em fazer uma encomenda através da internet e é enviada, pelo correio, uma caixa com um animal de estimação. Estas encomendas estão …

Arquivos da polícia do Estado Islâmico revelam como era a vida sob o califado

Arquivos da polícia do Estado Islâmico, conhecida como shurta, revelam como era a vida sob o califado. Os polícias eram tão bem pagos que não podiam ser subornados. Não é sempre que os regimes mirram …

Barco português detido por ancorar ilegalmente em águas da Malásia

Um navio mercante registado em Portugal está retido na Malásia por ter alegadamente ancorado em águas territoriais do país sem autorização, avançou esta sexta-feira a Guarda Costeira malaia. Num comunicado, Nurul Hizam Zakaria, diretor da agência …

”Eficácia e qualidade”. OMS aprova vacina chinesa da Sinopharm

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou, esta sexta-feira, o uso de emergência da vacina chinesa contra a covid-19 da Sinopharm. Trata-se da primeira vacina desenvolvida pela China a ser aprovada pela organização, lembra a agência …

Sem estado de emergência não pode haver confinamento de pessoas saudáveis

O constitucionalista Jorge Reis Novais defendeu hoje que sem estado de emergência que suspenda a garantia do artigo 27.º da Constituição não pode haver confinamento de pessoas saudáveis, até uma eventual revisão constitucional. Por outro lado, …

"Neuro-direitos". O Chile quer proteger os seus cidadãos do controlo da mente

O Chile quer tornar-se o primeiro país a proteger as pessoas do controlo da mente, à medida que a capacidade de mexer com cérebros se aproxima cada vez mais da realidade. O senador Guido Girardi está …