Multimilionário oferece 1 milhão em prémios por evidências de vida após a morte

Um empresário de Las Vegas, nos Estados Unidos, está a oferecer um milhão de dólares em prémios em troca de evidências de que existe vida após a morte.

O investidor imobiliário e empresário espacial Robert Bigelow, que é conhecido por financiar investigações de OVNIs, vai distribuir prémios em dinheiro como parte de uma nova competição de redação.

De acordo com o jornal britânico The Independent, o Bigelow Institute for Consciousness Studies (BICS), que pertence ao empresário norte-americano, está à procura de cientistas, estudiosos religiosos, investigadores da consciência ou qualquer pessoa que consiga encontrar evidências da existência de vida após a morte.

“Estou pessoalmente totalmente convencido disso”, disse Bigelow, em declarações ao jornal norte-americano The New York Times.

O BICS dará um prémio de 500 mil dólares para o ensaio principal que dê evidências da “sobrevivência da consciência após a morte corporal permanente”, 300 mil ao segundo colocado e 150 mil ao terceiro lugar.

“O Bigelow Institute for Consciousness Studies foi criado para tentar conduzir pesquisas e facilitar a investigação sobre a possibilidade de sobrevivência da consciência humana além da morte corporal e, se isso for verdade, explorar o que é o outro lado”, disse Bigelow.

O empresário de 75 anos é o fundador e proprietário da Bigelow Aerospace e da rede de hotéis Budget Suites of America. A rede de permanência prolongada abriga mais de 15 mil pessoas em três estados e permitiu que investisse mais de 350 milhões de dólares na Bigelow Aerospace, que ele chamou de “o meu próprio buraco negro”.

Para participar no concurso, as pessoas devem inscrever-se no site do BICS e um painel de jurados avaliará a “expertise, qualificação e experiência dos candidatos”. Os participantes, que devem ter pelo menos cinco anos de estudo na área, devem qualificar-se até 28 de fevereiro, com um ensaio de 25 mil palavras até 1 de agosto.

Os vencedores serão anunciados em 1 de novembro.

Na década de 1990, Bigelow fundou o National Institute of Discovery Science, um centro de estudos que investigava questões de OVNIs. Em 2008, o grupo Bigelow Aerospace Advanced Space Studies assinou um acordo com a Agência de Inteligência de Defesa do Pentágono para estudar questões de OVNIs.

O Programa de Identificação Avançada de Ameaças Aeroespaciais foi revelado pelo The New York Times em 2017.

O interesse de Bigelow pela consciência humana desenvolveu-se após o suicídio do seu filho de 24 anos, Rod Lee, em 1992. Após a morte, Bigelow e a falecida esposa, Diane, encontraram-se com o médium George Anderson para tentar fazer contacto.

Questionado pelo The New York Times se tiveram algum sucesso, Bigelow respondeu: “Não propriamente, mas o que obtive com as leituras, acho, foi que o seu espírito existia e estava bem”.

Maria Campos Maria Campos, ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Sporting 2-1 Santa Clara | Super-Coates volta a ser herói

Arrancado a ferros… à campeão? O Sporting esteve a poucos segundos de registar o terceiro empate em casa, perante um Santa Clara que não foi em nada inferior aos “leões” e até conseguiu ser superior em …

Os gatos demonstram ser menos leais do que os cães (mas pode haver uma razão)

Ainda existe um estereótipo sobre a diferença entre cães e gatos. Normalmente as pessoas associam os cães a animais amorosos e leais, enquanto os gatos são tidos como distantes e indiferentes. Um novo estudo pode …

O mistério do "lago dos esqueletos" na Índia intriga cientistas há décadas

O Roopkund, localizado na parte indiana dos Himalaias, é um lago glacial com centenas de ossos humanos. E ninguém sabe como foram lá parar. Em 1942, um guarda florestal revelou ao mundo a existência deste lago …

A fronteira mais importante da China é imaginária: a Linha Hu

A Linha Hu, também conhecida como linha Heihe-Tengchong, é uma linha imaginária que divida a China em duas partes com áreas quase iguais. Estende-se da cidade de Heihe até Tengchong. Desenhada pela primeira vez em 1935, …

Algumas pessoas moram em aeroportos durante meses (ou até mesmo anos)

Aeroportos não servem de casa apenas para os sem-abrigo. Há pessoas que, involuntariamente ou não, ficam lá durante meses e, em alguns casos, até mesmo anos. Em janeiro, as autoridades de Chicago prenderam um homem de …

Senado da Carolina do Sul aprova fuzilamento como método de execução

Com esta decisão, a Carolina do Sul poderá converter-se no quarto estado do país a incorporar este método de execução de pena de morte, depois do Utah, Oklahoma e Mississípi. De acordo com a agência noticiosa …

"Oxigénio tornou-se ouro". Criminosos lucram com a sua escassez no México

A pandemia de covid-19 deixou a Cidade do México a atravessar uma grande escassez de oxigénio médico. Criminosos estão a aproveitar para lucrar com a situação. A capital mexicana registou um pico de infeções e hospitalizações …

Meteorito do tamanho de um damasco caiu em França (e os astrónomos precisam de ajuda para encontrá-lo)

Os entusiastas do Espaço estão a ser instados a procurar um meteorito do tamanho de um damasco que caiu no fim de semana passado no sudoeste de França.  O meteorito, com peso estimado em 150 gramas, …

Professora pediu a alunos para fingir que eram escravos e escreverem carta para África

Uma professora de uma escola secundária no Mississippi, nos Estados Unidos, está a ser alvo de críticas devido a uma fotografia de um trabalho de casa divulgada nas redes sociais. Foi pedido aos alunos do 8.º …

Obra de Churchill que pertencia a Angelina Jolie vendida por valor recorde

O quadro pintado pelo antigo primeiro-ministro britânico foi vendido por 8,3 milhões de libras. A pintura foi um presente de Winston Churchill para o presidente dos Estados Unidos, Franklin D. Roosevelt, e agora foi leiloada …