Mulheres que assinaram acordos de sigilo vão poder falar sobre comportamento de Bloomberg, garantiu o empresário

mikebloomberg / Flickr

Michael Bloomberg

Após uma extensa repercussão sobre os acordos de confidencialidade da sua empresa, que impedem as funcionárias de falar sobre as alegações de assédio no local de trabalho, Michael Bloomberg tentou inverter o curso da polémica.

“A Bloomberg LP identificou três NDAs [acordos de confidencialidade] assinados nos últimos 30 anos com mulheres para tratar de reclamações sobre comentários que disseram que eu fiz”, escreveu na sexta-feira o candidato presidencial no Twitter. “Se alguma delas quiser ser libertada dos seus NDAs, deve entrar em contato com a empresa”, acrescentou.

Dois dias antes dessa publicação, a falta de resposta de Bloomberg sobre se libertaria as mulheres dos seus acordos de confidencialidade foi apontada pela senadora Elizabeth Warren, durante um debate que decorreu em Las Vegas, nos Estados Unidos (EUA).

Uma investigação realizada em novembro pelo Business Insider revelou a existência de 40 processos contra a Bloomberg LP desde 1996, interpostos por 64 funcionários. Uma ex-funcionária da empresa pediu recentemente a um juiz de Nova Iorque (EUA) para invalidar o seu acordo de confidencialidade e os de outras trabalhadoras “em situação semelhante”.

“Reconheço que os NDAs, especialmente quando são usados no contexto de assédio e agressão sexual, promovem uma cultura de silêncio no local de trabalho e contribuem para uma cultura de mulheres que não se sentem seguras ou apoiadas”, disse Bloomberg num comunicado divulgado na sexta-feira no site da sua campanha .

E frisou: “É imperativo que, quando ocorrerem problemas, os locais de trabalho não abordem apenas os incidentes específicos, mas a cultura e as práticas que os levaram.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Há 853 profissionais de saúde infetados. Cerco sanitário no Porto em discussão

O secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, revelou que existem 853 profissionais de saúde infetados com a covid-19 em Portugal. Em conferência de imprensa ao fim da manhã desta segunda-feira, depois de a …

Fazer despedimentos ou não renovar contratos são situações distintas, explica Siza Vieira

O ministro da Economia afirma que o acesso aos apoios financeiros do 'lay-off' simplificado está condicionado ao compromisso de não haver despedimentos, mas reconhece que despedimento e não renovação são situações distintas. O ministro da Economia …

Empresas denunciadas por abusos nos despedimentos e violações ao código de trabalho

A CGTP recebeu denúncias a 40 empresas em que são relatadas situações de abuso e aproveitamento laboral. Milhares de trabalhadores foram afetados em todo o país, garante a líder sindical. Isabel Camarinha, classificou como "muito negro" …

NOS Primavera Sound adiado para setembro

Devido ao estado de emergência em que o país se encontra, resultado do surto de COVID-19, a nona edição do NOS Primavera Sound foi adiada e vai acontecer de 3 a 5 setembro. “Perante este cenário …

Twitter apaga publicações de Bolsonaro que defendiam fim das medidas de contenção

O Twitter bloqueou dois vídeos publicados no perfil oficial de Jair Bolsonaro sobre a visita que fez no domingo a vários pontos de Brasília, contrariando as recomendações sanitárias da Organização Mundial de Saúde (OMS) para …

País vai entrar no "mês mais crítico" da pandemia (e medidas vão ser prolongadas)

O primeiro-ministro, António Costa, avisou esta segunda-feira que Portugal "vai entrar no mês mais crítico desta pandemia" da covid-19 e por isso é necessário que se prepare para esta fase. António Costa falava aos jornalistas na …

Bancos também dão moratória no crédito automóvel

Para além da moratória no crédito à habitação decretada pelo Governo, alguns bancos estão a alargar a moratória ao crédito de consumo, como por exemplo, à prestação do carro. Face à pandemia de covid-19, o Governo …

Justiça dos Estados Unidos investiga senadores por delitos financeiros

Vários senadores norte-americanos estão a ser investigados por terem vendido ações depois de terem recebido briefings sobre a pandemia de covid-19. De acordo com a CNN, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos começou a investigar …

MAI aconselha que se circule com comprovativo de deslocação

Este domingo, o Ministério da Administração Interna (MAI) aconselhou os automobilistas a circular com comprovativos de deslocação. Além de fazer um apelo aos automobilistas para que circulem apenas quando for absolutamente imperioso, o Ministério da Administração …

Casos de covid-19 sobem 7,5% em Portugal. Há 140 mortos

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-geral da Saúde, há 6.408 casos de covid-19 em Portugal - mais 446 do que no domingo. Mortes sobem de 119 para 140 e o número de recuperados mantém-se …