Mulher condenada à morte há 300 anos vai ter novo julgamento

Baker, Joseph E., ca. 1837-1914

"The Witch, No. 1", litografia de Joseph E. Baker (1837-1914).

“The Witch, No. 1”, litografia de Joseph E. Baker (1837-1914).

Maria Bertoletti Toldini foi decapitada na localidade italiana de Brentonico em 1716, condenada à morte por bruxaria. Volvidos quase 300 anos, vai ter direito a um novo julgamento porque, afinal, era inocente.

Foi o que decidiu a Assembleia Municipal de Brentonico, localidade da Província de Trento, no Norte de Itália.

O movimento para “limpar” o nome desta mulher é liderado por Quinto Canali, vereador da Cultura local, que confessa que se lembrou da importância de dar um novo julgamento a Maria Bertoletti Toldini depois de ter visto uma peça de teatro “terrível”, relatando a sua história de forma pouco humana.

A mulher, uma viúva de 60 anos, sem filhos, que tinha voltado a casar quando foi detida por bruxaria, foi considerada culpada pela morte de múltiplas crianças, nomeadamente de uma de 5 anos que teria atirado para um pote de queijo a ferver. Foi ainda condenada por ter tornado a terra estéril, por ter danificado uma vinha, por blasfémia e heresia.

Maria Bertoletti Toldini foi uma das milhares de vítimas, maioritariamente mulheres, que foram mortas por bruxaria entre o fim do século XV e o início do século XVIII.

E, por isso mesmo, há muitos historiadores e investigadores que acreditam que a repetição do seu julgamento, visando inocentá-la aos olhos da História, não faz sentido nenhum.

Uma ideia que Quinto Canali contraria, justificando que a realização de um novo julgamento, perante um juiz real num verdadeiro tribunal de recurso, será fundamental para “limpar” um período tão trágico da História da Europa.

“Se vemos na nossa História que houve algo de errado contra a Humanidade, temos que o saber e dizer que esta história está errada. É importante agora como era importante há 100 anos e será importante daqui a outros 100 anos. Houve um homicídio que não foi justificado, que não deveria ter acontecido. Mataram uma pessoa com motivações que não existiam. Ela era inocente”, constata o vereador citado pelo The Guardian.

O presidente da Câmara de Brentonico, Christian Perenzoni, assume que surgiram algumas dúvidas quanto à importância do caso, mas justifica a aceitação pelos poucos custos envolvidos na repetição do julgamento e pelo “valor simbólico” do acto.

“Esta foi uma injustiça histórica contra as mulheres – também na tragédia Grega vemos que elas enfrentam sempre a injustiça, tal como hoje, de diferentes formas”, sublinha o autarca citado pelo mesmo jornal.

ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Grande tempestade de areia pode ter ditado o fim de um império da Mesopotâmia

O Império Acádio da Mesopotâmia entrou em colapso devido a uma enorme tempestade de areia, sugeriu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Hokkaido, no Japão. Em comunicado, os especialistas explicam …

Encontrado templo milenar usado em rituais pagãos de veneração da água

O local tem 3.000 anos, onde investigadores encontraram 21 sepulturas, bem como várias peças de cerâmica e anéis de cobre. O templo era usado em rituais pagãos de veneração da água. Uma equipa de arqueólogos encontrou …

Elon Musk diz que inovações da Neuralink vão conseguir curar o autismo

Musk disse que a sua empresa Neuralink iria "solucionar uma série de doenças neurológicas", entre as quais o autismo. Contudo, o autismo não é uma doença relacionada com o cérebro, mas sim uma perturbação do …

"Indivíduos desconhecidos" terão obrigado Marinha a apagar vídeo do incidente do USS Nimitz com um OVNI

Vários membros da Marinha que testemunharam o famoso Incidente do USS Nimitiz, em 2004, disseram que "indivíduos desconhecidos" apareceram depois do acontecimento e obrigaram-nos a apagar as gravações de vídeo. Em novembro de 2004, um porta-aviões …

Coreia do Norte detonou bomba atómica equivalente a 17 "Hiroshimas"

Dados de um satélite japonês revelam que a explosão de um teste nuclear na Coreia do Norte, em 2017, terá sido 17 vezes mais poderosa do que a bomba de Hiroshima. A Coreia do Norte estimou que …

Invenção financiada por Bill Gates pode invisivelmente resolver a malnutrição

Uma invenção financiada por Bill e Melinda Gates pode ser a solução para resolver o problema da malnutrição a nível mundial. O próximo passo é conseguir o apoio dos Governos locais. A malnutrição é um problema …

Com a ajuda de um radar, cientistas revelaram pegadas de mamutes e humanos pré-históricos

Espalhados pelo Monumento Nacional de White Sands, nos Estados Unidos, encontram-se os "rastos fantasma" de mamutes mortos há milhares de anos. Agora, investigadores conseguiram revelar pegadas de humanos. De acordo com o Science Alert, esta descoberta, …

A desertificação está progredir na Índia. Mas a solução pode estar no conhecimento tradicional

Quase 45% da área de Maharashtra está a transformar-se em deserto, assim como uma grande parte da Índia. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), o ritmo da desertificação no país é agora …

Um dos videojogos mais famosos do mundo é acusado de propaganda anti-Rússia

Call of Duty é uma das franquias de maior sucesso na história dos videojogos, mas atualmente existem pedidos para boicotar o seu último lançamento devido à descrição de conflitos militares do jogo. Call of Duty: Modern …

Nova aplicação rastreia todos os seus passos em troca de descontos

Todas as pessoas gostam de aproveitar descontos, negócios e saldos. A Miles é uma nova aplicação que lhe oferece isso em troca de algo: a sua privacidade. A app rastreia todos os seus movimentos, disponibilizando descontos …