Motoristas vs ANTRAM. Um combate de advogados (com pretensões políticas pelo meio)

António Pedro Santos / Lusa

O vice-presidente do Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP), Pedro Pardal Henriques,

No dia em que arrancou a segunda greve do ano dos motoristas de Matérias Perigosas, reivindicando aumentos salariais, sobe de tom a guerra de palavras entre o representante desta classe e o porta-voz da associação patronal ANTRAM. Um braço-de-ferro entre advogados, com aspirações políticas pelo meio.

O porta-voz da Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM), André Matias de Almeida, acusa o colega advogado e porta-voz do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP), Pardal Henriques, de ter “uma agenda pessoal” no âmbito do conflito laboral que está por trás da greve que arrancou nesta segunda-feira, 12 de Agosto.

“Este representante [Pardal Henriques] tem uma agenda pessoal e tem de sair imediatamente deste conflito porque nunca será possível chegar a acordo com quem procura o conflito“, realça, em declarações à Lusa, André Matias de Almeida que também é acusado de ter interesses políticos neste caso.

Matias de Almeida é militante do PS e foi nomeado pelo Governo

Além de ser militante do PS, André Matias de Almeida também foi nomeado pelo Governo socialista para o cargo de presidente do Conselho Geral do Fundo Autónomo à Concentração e Consolidação de Empresas (FACCE), em Maio de 2017, e para o cargo de presidente do Conselho Geral do Fundo Imobiliário Especial de Apoio às Empresas (FIEAE), em Junho desse mesmo ano.

As duas nomeações foram feitas pelo então secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos, conforme noticiou o Sol.

O mesmo semanário avançou que André Matias de Almeida é irmão de Bruno Matias Almeida, o actual adjunto do secretário de Estado da Economia, João Correia Neves.

Estes dados vieram ao de cima nesta altura do conflito entre a ANTRAM e os motoristas dado o protagonismo que André Matias de Almeida tem merecido nos media, como porta-voz da entidade patronal.

Pardal Henriques pode anunciar candidatura pelo PDR a 17 de Agosto

Do outro lado da barricada, Pardal Henriques surge como o homem do leme dos motoristas, embora nunca tenha conduzido um camião na vida. Por estes dias, também se noticiou que o advogado seria candidato do Partido Democrático Republicano (PDR) de Marinho e Pinto nas próximas eleições legislativas.

Marinho e Pinto não confirmou a candidatura, mas também não a desmentiu. Entretanto, o presidente do SNMMP, Francisco São Bento, assegurou na SIC Notícias que Pardal Henriques recusou fazer parte das listas do PDR.

Mas o Sol garante que o anúncio da candidatura de Pardal Henriques pelo PDR, como cabeça-de-lista por Lisboa, deverá ser feito a 17 de Agosto. Nessa altura, já a greve dos motoristas deverá ter terminado, segundo o semanário.

Pardal Henriques disse, numa entrevista recente, que foi contactado por mais Sindicatos, incluindo dos enfermeiros e dos polícias, para os representar nas mediações de conflitos laborais com o Governo.

O advogado que representa os motoristas acusa a ANTRAM de subornar motoristas para furarem a greve. “A ANTRAM não está a cumprir o que está combinado“, acusa Pardal Henriques, salientando que a entidade está “a subornar pessoas para quebrar os serviços mínimos”.

O porta-voz da ANTRAM nega esta versão e diz que o SNMMP “não respeita ninguém, não respeita o povo português e mente descaradamente quando acusa, sem qualquer respeito ou prova”.

André Matias de Almeida diz que o Sindicato “alimenta-se e vive do conflito” e alerta que a ANTRAM “não aceita nem aceitará qualquer negociação” que passe pelas condições exigidas pelos motoristas, pois isso ia “implicar despedimentos colectivos em massa e encerramentos de centros operacionais”.

“Aceitar 2.000 euros de salário/mês representaria o fecho de várias empresas nuns casos e despedimentos colectivos noutros”, alerta o advogado que representa os patrões.

Repetindo uma ideia já defendida por António Costa, André Matias de Almeida critica ainda o facto de se estar a lutar por salários de 2021. Além disso, realça que há motoristas que “não se revêem” na postura de Pardal Henriques, apelando à sua saída da mesa das negociações.

“Ainda que custe muito ao Dr.º André Almeida, vai ter que levar comigo até ao fim“, responde, por seu turno, Pardal Henriques.

SV, ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Está visto que no exercício de Advocacia, o Sr. Pardal está queimado. Tanto Ele como o Sr. André Matias, devem ser afastados das Negociações entre Trabalhadores e Patronato. Não passam de dois pirómanos políticos. É evidente que se não estivesse-mos em período pré Eleitoral, não se assistiria a tanta trampa, como temos suportado de parte desta corporação e outras. Esta em particular pode ter as suas razões, mas dez milhões de Portugueses tem as deles num período de repouso bem merecido como este mês de Agosto…… Oportunismo deste é condenável !

  2. “Aceitar 2.000 euros de salário/mês representaria o fecho de várias empresas nuns casos e despedimentos colectivos noutros”, alerta o advogado que representa os patrões.(…)”

    Impor a todas as empresas o mesmo custo levaria a despedimentos coletivos e fecho de empresas!?! A necessidades mantêm-se os preços podem subir. O mercado é regulado e não permite contornar tal custo. Aliás, um dia poderá ser contornado, com a condução autónoma, mas nesse dia o problema não serão os 2.000 euros, podem até ser só 100 …

    Ainda bem que não somos governados por quem diz estas baboseiras… ah… afinal somos.

  3. Infelizmente todos os portugueses que trabalham, sublinhe-se, têm todo o direito, e o dever, de fazerem greve! Como foi dito por um gestor português (sim, também há bons gestores), a economia portuguesa só é competitiva pelos salários ao nível do 3.º mundo que são practicados. Se a isto juntarmos o terrorismo fiscal, a corrupção entre o poder político e económico, o assalto da banca a todos os contribuintes, as fundações, as ppps, as concessões, as portagens, as scuts, os compadrios, enfim… só por isto fundamentos de sobra para acabar com esta palhaçada de vez!

César, Louçã, Domingos Abrantes, Rio e Balsemão eleitos para Conselho de Estado

O Conselho de Estado é um órgão de consulta do Presidente da República composto por 19 membros, cinco dos quais eleitos pela Assembleia da República. Carlos César (PS), Francisco Louçã (BE), Domingos Abrantes (PCP), Rui Rio …

China já está a trabalhar no desenvolvimento de redes 6G

As autoridades chinesas divulgaram esta sexta-feira que já iniciaram pesquisas para o desenvolvimento de redes sem fio de sexta geração, apenas algumas semanas depois de as três principais operadoras de telecomunicações do país terem lançado …

Miguel Morgado desiste de se candidatar à liderança do PSD

O ex-adjunto de Pedro Passos Coelho anunciou, esta sexta-feira, que desistiu de avançar com a sua candidatura para liderar o PSD. Miguel Morgado anunciou, esta sexta-feira, através do Facebook, que "não foi infelizmente possível no presente …

Merkel fará a sua primeira visita ao antigo campo de concentração de Auschwitz

A chanceler alemã, Angela Merkel, pretende visitar o antigo campo de concentração nazi de Auschwitz na Polónia, pela primeira vez nos seus 14 anos no cargo, anunciou na quinta-feira um jornal de Munique. Segundo Sueddeutsche Zeitung, …

Bebé encontrado no lixo já está com uma família de acolhimento

O bebé encontrado num ecoponto, no início do mês, e que esteve até quinta-feira hospitalizado, já está com uma família de acolhimento, informou a Santa da Misericórdia de Lisboa esta sexta-feira. A instituição refere numa nota …

Fisco vai controlar declarações de IRS de beneficiários do programa "Regressar"

A Autoridade Tributária e Aduaneira vai desenvolver mecanismos para verificar se os contribuintes abrangidos pelo regime fiscal do programa "Regressar" reúnem as condições exigidas, prevendo-se que parte desse controlo ocorra com a entrega da declaração …

Greta Thunberg vai de Lisboa a Madrid num carro elétrico emprestado por Espanha

A Junta da Extremadura, região espanhola, disponibilizou um carro elétrico à jovem ativista sueca Greta Thunberg para que possa viajar de Lisboa para Madrid para assistir à Cimeira do Clima respeitando o meio ambiente, adiantou …

Enfermeiros garantem voltar à luta com os 200 mil que sobraram do crowdfunding

Os enfermeiros, que no ano passado iniciaram o "Movimento Greve Cirúrgica", pretendem voltar às ações de protestos com os cerca de 200 mil euros que restaram da campanha de crowdfunding. A intenção é revelada por …

OCDE: Nova crise pode tirar metade do rendimento às famílias portuguesas

Uma nova crise económica e financeira a nível global pode ter efeitos dramáticos para as famílias portuguesas, levando à perda de metade dos seus rendimentos. Esta é a previsão da Organização para a Cooperação e …

O cofre da rica mãe, heranças às dúzias e a vida "sem luxos". O que Sócrates disse a Ivo Rosa

Foram cerca de 20 horas de interrogatório no âmbito da Operação Marquês, em que José Sócrates manteve, perante o juiz Ivo Rosa, a versão de que as avultadas quantias de dinheiro que gastou nos últimos …