Enfermeiros e polícias também tentaram contratar o homem forte dos motoristas

Miguel A. Lopes / Lusa

O vice-presidente do Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP), Pedro Pardal Henriques

Pardal Henriques, o representante do Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas, é o homem do momento dada a ameaça de greve desta classe profissional. E é o próprio a revelar que foi contactado por mais 15 sindicatos para lhes prestar assessoria jurídica.

O escritório de advocacia do porta-voz do Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP), Pedro Pardal Henriques, foi “convidado por cerca de 15 sindicatos de várias áreas” para prestar serviços de assessoria jurídica, como revela o advogado em entrevista ao Público.

“Fomos abordados pelos motoristas, depois pelos motoristas de passageiros, pela Rodoviária de Lisboa que foi hoje constituído, fomos procurados pelos Vigilantes e Seguranças de Portugal, cerca de 40 mil profissionais com o Estado a ter 55% da contratação e que vivem numa situação complicada”, refere Pardal Henriques no jornal, salientado que estes foram os convites aceites.

“Mas fomos procurados por mais, por dois sindicatos da polícia numa ideia de unificar, pelos enfermeiros“, acrescenta ainda Pardal Henriques.

Na mesma entrevista, o porta-voz do SNMMP assegura que a greve dos motoristas marcada para dia 12 de Agosto vai mesmo avançar e “por tempo indeterminado”. “Esta greve não é financiada, os trabalhadores deixam de receber salário”, mas “estão dispostos a tudo”, garante.

“Deixou de ser um direito laboral para ser uma questão de honra, sentem-se ofendidos pelo Governo e pelas empresas”, diz ainda Pardal Henriques, frisando que o facto de o Executivo ter decretado os serviços mínimos criou “uma revolta muito maior” entre os motoristas.

Sobre a alegada investigação da Ordem dos Advogados de que estaria a ser alvo, após uma suposta denúncia por burla, conforme notícia divulgada nesta quinta-feira, Pardal Henriques sustenta que “não existe queixa nem nunca existiu burla”.

“Fizemos um processo contra o Diário de Notícias, exigimos a reparação da notícia, o que fizeram não com a mesma proporcionalidade, mas a notícia espalhou-se”, lamenta.

O advogado comenta ainda as supostas investigações ao seu passado empresarial, reconhecendo que cometeu “erros” no âmbito da empresa que teve em São João da Madeira, no distrito de Aveiro, mas salientando que não o fez “propositadamente” e que assumiu “a responsabilidade moral”.

“Essas pessoas não ficaram sem receber, quando a empresa foi declarada insolvente eu já não assumia funções de gestão e, ainda assim, na assembleia de credores, não sendo obrigado, ofereci-me para ajudar“, relata Pardal Henriques, constatando que “os trabalhadores receberam do Fundo de Garantia Salarial” e que assumiu “dívidas às Finanças, à Segurança Social e com muitos credores”.

Candidatura pelo PDR não confirmada

Na entrevista ao Público, Pardal Henriques esquivou-se a comentar a sua eventual candidatura às eleições legislativas pelo Partido Democrático Republicano (PDR) de António Marinho e Pinto. Limitou-se a notar que admira a “postura que [Marinho e Pinto] teve como bastonário” da Ordem dos Advogados.

Também Marinho e Pinto recusou confirmar Pardal Henriques como possível candidato. “Não confirmamos nem desmentimos esse ou quaisquer nomes dos que têm sido avançados pela comunicação social”, sustenta o presidente do PDR.

“As listas estão a ser ainda elaboradas e só nos vamos pronunciar quando estiverem terminadas e forem aprovadas”, refere à Lusa o advogado e ex-deputado europeu.

Marinho e Pinto estima que o rol de candidatos a deputados do PDR deverá estar finalizado “até ao final da próxima semana, lá para dia 20 de Agosto”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Este deve pensar que é o suprassumo… da barbatana… todos o queriam. haja paciência… vigarista é mesmo assim, não desaparece de um dia para o outro e é sempre o melhor de todos…

  2. Considero-me uma pessoa normal e racional, e às vezes espanto-me com a concretização daquilo que julgaria impossível!!!
    Mas será que existe algum sindicato com interesse em contratar tal “habilidoso”??? Mas faz algum sentido, algum sindicato contratar um representante duma classe que não é seguramente a dos trabalhadores?
    Pofr mais “habilidoso” que seja o senhor, não haverá limites para “ética sindical”, se é que alguém acha que deve exitir tal conceito?
    Realmente…

  3. Lo se vê quem quer o vigaro, policias enfermeiros professores estivadores e outros todos muito bem representados não haja duvida e todos eles isentos de merdum.

  4. HIPOCRISIA ao seu expoente máximo!!! O argumento mais antigo da civilização… “Desculpar com os outros”. Falou de honra… Siga em frente seja um mínimo honrado… Ou desapareça…

  5. pelos vistos há muita otariada que quer um azeiteiro mal amanhado sem pescoço
    Ainda vamos ver aquele filme “Os pardais também se abatem”

RESPONDER

Haaland tem cinco namoradas e meio mundo atrás dele (mas pode seguir o caminho da Red Bull)

Apesar do interesse de grandes clubes do futebol mundial, Haaland pode seguir o trilho da Red Bull e transferir-se para do Salzburg para o Leipzig. O norueguês é uma das maiores jovens promessas da atualidade. Erling …

PSD pondera propor fim dos debates quinzenais e torná-los mensais

O PSD está a ponderar apresentar uma proposta para acabar com os debates quinzenais com o primeiro-ministro e torná-los mensais. A proposta passa também pela substituição de um desses "duelos" atuais por um debate temático …

Segunda vítima mortal nos protestos de Hong Kong. Xi Jinping condena manifestações

O quarto dia consecutivo de protestos ficou marcado pela morte de um homem de 70 anos. Esta é a segunda vítima mortal desde o início das manifestações em Hong Kong. De acordo com a imprensa internacional, …

Governo prepara dois novos escalões de IRS para a classe média

O primeiro-ministro afirmou esta quinta-feira que o objetivo do Governo no próximo Orçamento é dar “um primeiro passo” para conferir uma maior progressividade no IRS e diminuir o peso deste imposto sobre os vencimentos da …

Dois procuradores do caso Tancos vão sair do DCIAP

Os procuradores Vítor Magalhães e João Valente, da equipa que investigou o caso Tancos, vão sair do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) no âmbito do movimento de magistrados do Ministério Público (MP), …

Cerca de 40% dos hospitais têm ruturas diárias de medicamentos

Os preços "excessivamente baixos dos medicamentos genéricos" são a causa mais importante identificada pelos hospitais para as ruturas de fornecimento. Quase 40% dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) indicam ter diariamente ruturas no fornecimento …

Secretário de Estado: despenalizações como a que absolveu o Benfica vão terminar. "Será inapelável"

João Paulo Rebelo assegurou que a entrada em vigor da lei de combate à violência no desporto evitará situações como a que levou à recente anulação do castigo imposto ao Benfica. O secretário de Estado da …

Morales quis dialogar. Presidente interina da Bolívia mandou-o calar-se

O ex-Presidente Evo Morales ofereceu-se para regressar à Bolívia para "ajudar a pacificar o país, não para ser candidato", mas Jeanine Añez, que assumiu a presidência interina do país, respondeu que Morales não pode participar …

Cientistas reconstruiram a cara mutilada de uma guerreira Viking

Um esqueleto encontrado num cemitério Viking em Solør, na Noruega, tinha sido identificado como sendo de uma mulher há vários anos, mas os especialistas não tinham a certeza se tinha sido verdadeiramente uma guerreira. Agora, a …

Banco de Portugal vai pagar ao Estado valor recorde em dividendos em 2020

O Banco de Portugal deverá pagar ao Estado cerca de 550 milhões de euros em dividendos em 2020. Este é o montante que está em cima da mesa, mas ainda é prematuro calcular o valor. A remuneração …