“Ninguém vai sobreviver hoje”. Motorista incendeia autocarro com 51 crianças em Itália

Daniele Bennati / EPA

No norte de Itália, o motorista de um autocarro sequestrou 51 crianças e os seus acompanhantes, antes de incendiar o veículo. As autoridades italianas acabaram por controlar a situação, sem que se registassem mortos ou ferimentos graves.

O caso desenrolou-se em Milão e lançou o pânico nas crianças que viajavam no autocarro a caminho de um ginásio, na província de Cremona. Aquando da sua detenção, o motorista disse que se tratava de um protesto contra as mortes de migrantes no Mediterrâneo.

O comandante Luca de Marchis, disse à Sky TG24, que o motorista era italiano, de origem senegalesa, nos seus quarenta anos. A agência de notícias italiana Ansa identificou o condutor como sendo Ousseynou Sy.

O motorista ameaçou os passageiros do autocarro, dizendo que “ninguém ia sobreviver“. A Ansa, citou alunos, que diziam que o condutor lhes tirou os telemóveis e ordenou os seus acompanhantes que atassem as mãos das crianças.

Estávamos todos com muito medo porque o motorista esvaziou a bomba de gás no chão do autocarro. Amarrou-nos e levou todos os telemóveis para que não pudéssemos chamar a polícia”, disse um dos estudantes, em declarações à La Repubblica TV.

De acordo com a Time, uma das crianças conseguiu apanhar um dos telemóveis do chão, que foi usado para chamar a polícia. As autoridades disseram que depois de receberem a chamada, preparam bloqueios na rua para intercetarem o autocarro. Três veículos conseguiram forçá-lo a encostar no rail de segurança.

Quando ameaçado pelas autoridades italianas, o condutor do autocarro acabou por incendiar o veículo usando um isqueiro. Os agentes da polícia partiram as janelas de vidro na parte de trás do autocarro e tiraram todos os passageiros em segurança, sem ferimentos graves, antes que as chamas destruíssem o veículo, disseram as autoridades.

Ousseynou Sy vai agora ser julgado por suspeita de sequestro, tentativa de massacre, incendimento criminoso e por resistência às autoridades. O Ministério Público afirmou que também iria acusá-lo de terrorismo, agravando a situação do italiano de origem senegalesa.

A Ansa informou que Sy, que se tornou cidadão italiano em 2004, tinha sido condenado em 2007 e 2011 por conduzir embriagado e por molestar sexualmente um menor. A Sky TG24 disse que o motorista trabalhava para a empresa de autocarros há 15 anos.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Um protesto? pois claro. Chamemos-lhe uma vingança sem escrúpulos. Que bela forma de protesto: causar a morte colectiva, através de um sofrimento atroz, de crianças inocentes. Mais uma acha na fogueira da guerra cultural. Um bêbado, pedófilo e terrorista, acolhido com a cidadania italiana, planeia um massacre de crianças patrocinado pelo suor dos contribuintes.
    Noutras fontes informa-se que antes ele enviou uma mensagem em jeito de despedida a amigos na Itália e no Senegal: “África, ergue-te”. Mostra bem de que lado está. Este monstro nunca será italiano. É isto que me indigna. A nossa ingenuidade é patética. E vão morrer muitos mais por causa dela. Agora que a Itália tem um governo sem pieguices do politicamente correcto, só espero que esta besta passe muitos anos na cadeia, e se sair, perca a nacionalidade italiana, seja recambiado para a terra dele, e impedido de voltar a ter cidadania estrangeira. Eu não o quero cá!

  2. Ora se essa besta entende que as mortes no Mediterrâneo são injustas porque razão haveria de se vingar com uma injustiça ainda maior? Porque razão não vai para África de onde é originário e protesta lá contra os governantes dos diversos países que bem ensaiados pela ex-URSS prometiam o paraíso comunista aos cidadãos e lhes deram o inferno, serão agora ainda os europeus passados tantos anos os culpados dos fracassos deles? Justiça dura para tão grande malandro racista.

  3. Estranho só aqui encontrar um comentário acerca deste caso e estranho mais porque o meu foi certamente censurado possivelmente por ter chamado besta a tal malandro ou ter dito que melhor seria ir reclamar contra os governantes africanos comunas e bons discípulos da doutrina da ex-URSS que lhes prometeram o paraíso e lhes deram o inferno, daí o Mediterrâneo estar a ser quase diariamente a sepultura de muitos africanos que fogem de guerras e miséria, agora não tem nada que descarregar a sua raiva contra crianças inocentes, é mais um extremista a exemplo do outro na Nova Zelândia cada um do seu lado, mas isto também poderá servir de aviso a muitos políticos que ignoram que invadir qualquer país com gentes de credos e culturas diferentes pode ter custos incalculáveis e a Europa está a dar sinais de indisposição nesse sentido.

  4. É por estas e por outras que os Árabes estão cada vez mais mal vistos na sociedade Europeia, salvo raras excepções, não sabem respeitar os costumes, a religião e a cultura dos países que os acolhem e querem impingir os costumes das terras de onde vieram. Na Alemanha há um ou dois anos atrás também um garotinho alemão foi violado num vestiário de uma piscina pública por um Iraquiano, este último depois desculpou-se indicando que se tratava de uma emergência sexual. Será este o tipo de sociedade e futuro que queremos para os nossos filhos?

  5. Protesto?!
    Este “animal” cobarde teve sorte por estar rodeado de crianças, senão os Carabinieri é que lhe iam dar o “protesto”…
    Foi por pouco… que pena…

    • Caro “Eu!”, boa tarde. Também lá estavam adultos (professores, creio ou acompanhantes… e 3 ou 4 não o controlavam?); já hoje, menciona tb. o ZAP que parece ter sido afinal uma criança que, ao esconder o telemóvel, fingiu rezar em árabe ou outra língua e avisou o Pai, que depois avisou a polícia. Mas só estando nas situações é que sabemos muitas vezes como reagimos, digo eu. Até o mais corajoso pode paralisar. Em jeito de conclusão: final feliz, tudo correu bem. Há agora que responsabilizar e punir. Quiçá, avaliar melhor a quem se dá acolhimento e em que condições… Bom fim de semana.

      • Não tenho muita informação sobre o caso – só sei que os Carabinieri tinham ordens para abater o terrorista e, se não fossem as crianças, provavelmente era isso que teria acontecido… foi pena; era menos um bandido à face da Terra…
        Bom fim de semana.

RESPONDER

Fotografia com pombos? Na Tailândia, há "profissionais" contratados para assustá-los

A área de uma das portas da cidade, Tha Pae, parte do que resta da muralha vermelha que protegia a cidade antiga em Chiang Mai, na Tailândia, é uma das maiores atrações turísticas locais. Os turistas …

Sky News lança canal sem qualquer notícia sobre o Brexit

O canal Sky News Brexit-Free foi esta quarta-feira para o ar às 17h horas, sendo que os seus programas serão transmitidos até às 22h, de segunda a sexta-feira. O grupo de televisão britânico Sky vai lançou …

Vacina contra o cancro da mama pode estar disponível dentro de 8 anos

Investigadores da Clínica Mayo desenvolveram uma vacina contra o cancro ovário e da mama que poderá estar disponível comercialmente dentro de apenas oito anos. A ideia da vacina é estimular o próprio sistema imunológico dos pacientes …

Busca pelo avião de Amelia Earhart só encontrou chapéus, detritos de um naufrágio e uma lata de refrigerante

A mais recente busca pelos restos do avião de Amelia Earhart, a famosa aviadora americana que desapareceu sobre o Pacífico em 1937, terminou sem resultados. De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, a investigação …

Protestos em Hong Kong. LeBron acusado de apoiar regime chinês

A super estrela do basquetebol LeBron James juntou-se à polémica entre a NBA e a China, após apelidar de “mal-informado” o treinador dos Houston Rockets, Daryl Morey, que expressou apoio aos manifestantes em Hong Kong …

Acordo para o Brexit está "prestes a ficar fechado"

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron, disseram esta quarta-feira que um acordo para o Brexit está em finalização e poderá ser apresentado quinta-feira para aprovação no Conselho Europeu. "Quero acreditar que …

Em Chernobyl, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram para trás"

Chernobyl é, atualmente, a maior atração internacional da Ucrânia e o novo presidente, Volodymyr Zelenski, já apresentou um projeto para trazer ainda mais turistas. No entanto, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram …

Huawei afirma que a tecnologia 6G vai estar disponível daqui a 10 anos

O CEO da Huawei, Ren Zhengfei, assinalou, durante uma entrevista à CNBC, que a sua empresa está a trabalhar em redes móveis 6G, que estarão completamente desenvolvidas daqui a 10 anos.   "Trabalhámos em 5G e 6G …

Nazismo e comunismo classificados em pé de igualdade pelo Parlamento Europeu

No passado dia 19 de setembro, a União Europeia colocou comunismo e nazismo em pé de igualdade, depois de aprovar no Parlamento Europeu uma resolução condenando ambos os regimes por terem cometido "genocídios e deportações …

Conselho da Europa teme que polícia de Malta tenha “recusado provas” no caso da jornalista assassinada

Daphne Galizia era jornalista, acompanhava casos de corrupção no país e foi assassinada há dois anos. Pieter Omtzigt, relator do Conselho da Europa responsável pelo caso, diz que a abordagem da polícia e dos …