Pedro Mota Soares despede-se do Parlamento e fala em “profissão de fé na democracia”

portugal-gov-pt

Aplaudido de pé pela sua bancada, pelo PSD, e com aplausos de deputados do PS, Pedro Mota Soares falou dos 10 anos que passou na Assembleia da República e despediu-se do Parlamento.

O deputado do CDS-PP Pedro Mota Soares fez esta terça-feira o seu discurso de despedida do Parlamento a defender “uma profissão de fé na democracia” e a “capacidade de compromisso” para resolver os problemas do país.

Aplaudido de pé pela sua bancada, pelo PSD, e com aplausos de deputados do PS, Mota Soares falou dos 10 anos que passou na Assembleia da República, recordou a sua passagem pelo Governo e o que aprendeu desde 2005, o “valor do compromisso” que vai “sentindo esquecido”. E citou Adelino Amaro da Costa, fundador do CDS, para dizer que “um moderado serve-se do compromisso para evitar a rutura”.

Num momento de “ruturas” e retrocessos das democracias, “dos regimes tomados por populistas ou minados pela corrupção, às democracias dita iliberais”, Pedro Mota Soares afirmou a sua “convicção profunda” na liberdade e na democracia. “Volta a ser necessário fazer uma profissão de fé na democracia”, afirmou o antigo ministro da Solidariedade do anterior Governo PSD/CDS.

Nos últimos 15 anos, em que esteve no Governo e no Parlamento, assistiu “a muito” e recentemente apontou a “quebra das convenções” que existiram na democracia, dando vários exemplos. “Pela primeira vez, governa quem não ganhou eleições. Pela primeira vez, preside a esta câmara alguém que não foi indicado pelo grupo político com mais deputados. Pela primeira vez, os acordos de concertação social não são respeitados pelo parlamento”, disse.

Para o futuro, defendeu a “capacidade de compromisso” para responder aos problemas de Portugal e responder a várias perguntas que o próprio fez.

O que fazer, por exemplo, para que a “economia cresça em média 3% por ano na próxima década” ou como “quebrar de vez os círculos de pobreza que se transmitem de geração em geração” ou ainda como preparar o país “para a quarta revolução industrial”. “A resposta a estas questões vai ter de ser alcançada, mais do que no confronto, na capacidade de compromisso”, disse.

Pedro Mota Soares, de 45 anos, advogado e assistente universitário, não foi eleito eurodeputado na lista do CDS para as europeias de maio e, devido a uma regra interna da liderança de Assunção, também não entrou nas listas de candidatos a deputados nas legislativas de outubro, pelo que sai da Assembleia da República no final da legislatura.

No dia seguinte às europeias, Mota Soares afirmou ter ido “plantar macieiras”, inspirado numa frase de Adriano Moreira, histórico do CDS, e que foi conversar com alunos da escola onde estudou, em Cascais, e repetiu o que respondeu a uma pergunta de um aluno sobre o maior erro que se pode fazer em política. “Em política, o maior erro é não fazer. O segundo maior erro é desistir”, afirmou.

Assunção Cristas, líder do CDS, agradeceu o trabalho de Mota Soares, tanto no partido como no Governo, quando ajudou, “em tempos particularmente difíceis”, de intervenção externa, com a “troika”, a dar mais “coesão social” ao país e aos mais desfavorecidos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

20 anos depois, aldeias no Peru ainda sofrem com derrame de mercúrio

Em junho de 2000, um camião derramou mercúrio, da mina de ouro Yanacocha, a maior da América Latina, em três aldeias do Peru. 20 anos depois, os moradores ainda sofrem as consequências deste acidente. Quando Francisca …

Caso BPP. Ex-banqueiro João Rendeiro acusado de nova burla

O Ministério Público (MP) acusou o ex-presidente e fundador do BPP, João Rendeiro, de mais um crime de burla qualificada no caso BPP, segundo avança o Correio da Manhã. A acusação relaciona-se, de acordo com o …

EUA "confiscam" na Tailândia 200 mil máscaras que iam para a Alemanha

A polícia de Berlim, na Alemanha, encomendou 200 mil máscaras cirúrgicas a uma empresa americana. Porém, foram "confiscadas" em Banguecoque, na Tailândia, e desviadas para os Estados Unidos. O ministro do Interior de Berlim considerou o …

Valência chega a acordo com Diogo Leite. Saída do FC Porto estará quase consumada

O Valência tem 20 milhões de euros para oferecer ao FC Porto em troca do defesa-central Diogo Leite, com quem já terá chegado a acordo. De acordo com o jornal desportivo A Bola, Diogo Leite já …

Jornais espanhóis fazem boicote às "conferências-farsas" do Governo

Os jornais espanhóis, como o Libertad Digital, o El Mundo, o ABC e o Vozpópuli, estão a boicotar as conferências de imprensa do governo de Espanha, acusando-o de filtrar as perguntas dos meios de comunicação. Tudo começou …

Número diário de óbitos desce em Espanha. Mais um campo de refugiados grego em quarentena

Em Espanha, o número diário de óbitos por infeção de covid-19 tem mantido uma tendência de subida. Já na Alemanha, há menos casos, mas mais mortes. Espanha continua a manter a tendência de descida do número …

Trump diz que o pior está para vir (mas admite aliviar restrições para ir à missa na Páscoa)

Este sábado, o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, admitiu que o pior ainda está para vir e que ainda “vai haver muitas mortes". Depois, disse que está a pensar aliviar as restrições para permitir …

Covid-19. Mais 754 casos de infeção e 29 mortes em Portugal

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Deral da Saúde (DGS) este domingo, há 11.278 infetados por covid-19 em Portugal e 295 óbitos. O número de infetados por covid-19 subiu, este domingo, para um total …

Inspetores do SEF suspeitos de assassinar ucraniano foram identificados em carta anónima

Os três inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) suspeitos de assassinar um ucraniano no aeroporto de Lisboa foram identificados numa carta anónima enviada à Polícia Judiciária (PJ). De acordo com o semanário Expresso, a …

Avião fretado pelo Estado aterra em Lisboa com 20 toneladas de equipamento médico

Um avião fretado pelo Estado português chegou este sábado a Lisboa com equipamento médico proveniente de Pequim, incluindo 144 ventiladores e máscaras de proteção respiratória, destinados ao Sistema Nacional de Saúde (SNS), informou a embaixada …