Mais do que um robô de duas rodas. A mota Da Vinci DC100 equilibra-se sozinha

A empresa chinesa Da Vinci Dynamics revelou recentemente a DC100, uma mota elétrica com um amplo alcance, muitos recursos e a impressionante capacidade de se auto-equilibrar.

O New Atlas escreve que a Da Vinci DC100 é movida por um par de motores elétricos que lhe fornecem até 135 cavalos de potência – ou 137, conforme um comunicado da empresa – e um binário de 850 Nm. Graças a estas características, a motocicleta elétrica consegue acelerar até aos 100 km/h em apenas 3 ou 4 segundos.

A bateria de lítio de 17,7 kWh carrega em apenas 30 minutos e concede à mota uma autonomia de 400 quilómetros.

Segundo o portal, o sistema eletrónico a bordo da Da Vinci DC100 proporciona muitos recursos úteis, entre os quais o ABS padrão, o controlo de tração, a marcha atrás lenta (um recuso pensado para ser usado em condições difíceis de estacionamento), um sensor de inclinação da estrada e um sistema de freio regenerativo.

“Em breve”, numa das atualizações futuras do software da mota, o fabricante promete o detalhe que mais chama a atenção e faz da DC100 uma verdadeira estrela: a capacidade de se equilibrar a si própria, graças a uma direção assistida eletrónica específica.

Além disso, o veículo consegue seguir alvos e mover-se autonomamente por si próprio a baixas velocidades (5 km/h), através de um controlo remoto controlado pelo utilizador.

A app, associada à mota, vai permitir ao proprietário configurar certos parâmetros da DC100, além de consultar vários dados e estatísticas de cada viagem.

A Da Vinci DC100 está disponível para pré-encomenda por 27.500 dólares (pouco mais do que 23 mil euros). O modelo DC Classic também será comercializado por 90.000 dólares (quase 76 mil euros), uma edição limitada de apenas 50 unidades ainda mais exclusivas e artesanais.

Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

      • Se, de Valença a Vila Real de Santo António, encontrarem algum português que diga “motocicleta” em vez de “motociclo”; pode ser que “motocicleta” seja “Português de Portugal” correcto: até lá, “motocicleta” vai continuar a ser “Português do Brasil”!
        Nada contra; mas um australiano também não irá à Inglaterra ensinar aos ingleses quais são as palavras inglesas mais comuns…

        • Caro leitor,
          De Valença a Vila Real de Santo António, nenhum português diz nem motocicleta nem motociclo.
          De Valença a Vila Real de Santo António, todos os portugueses dizem mota.
          Independentemente disso, “motocicleta” é português PT_PT 100% correto, tal como o indica o dicionário que usamos.
          Damos este assunto por encerrado.

  1. Toda a gente diz mota, em portugal. Motociclo é sempre usado em situações mais formais, pelas escolas de condução, pelas autoridades……..mas o português, ao falar, de forma comum com outras pessoas, diz sempre mota.

RESPONDER

Em apenas três anos, a Austrália perdeu um terço dos seus coalas

A seca, os incêndios florestais e a desflorestação na Austrália levaram o país a perder um terço dos seus coalas nos últimos três anos. A Austrália perdeu cerca de 30% dos seus coalas nos últimos …

Há modelos matemáticos que preveem se uma música vai ser viral — os mesmos utilizados com a covid-19

O uso de modelos matemáticos para antecipar o nível de sucesso de uma música pode começar a ser usado, a partir da publicação do presente estudo, por artistas e editoras para melhorar o desempenho dos …

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …