Morreu o homem que salvou 669 crianças – e não sabia delas

Li-sung / Wikimedia

Sir Nicholas Winton no Castelo de Praga em 2007

Sir Nicholas Winton no Castelo de Praga em 2007

Sir Nicholas Winton morreu esta quarta-feira, aos 106 anos. O “Schindler britânico” foi responsável por salvar 669 crianças judias de serem enviadas para um campo de concentração nazi na antiga Checoslováquia.

O Rotary Club da cidade de Maidenhead anunciou a morte, esta terça-feira, de Sir Nicholas Winton, dia 1 de julho, o mesmo dia em que há 76 anos partia de Praga para Londres um comboio com o maior número de crianças resgatadas, 241.

“O mundo perdeu um grande homem. Nunca devemos esquecer a humanidade de Sir Nicholas Winton ao salvar tantas crianças do Holocausto”, escreveu David Cameron, primeiro-ministro britânico, na sua conta do Twitter.

Em 1938, com 29 anos, Nicholas Winton percebeu que os judeus residentes na antiga Checoslováquia, à altura ocupada pelos nazis, iam ser enviados para os campos de concentração.

Decidiu ajudar e organizou comboios para transportar as crianças judias de Praga para a Grã-Bretanha, durante um ano. O segredo foi mantido durante 50 anos.

As crianças foram abrigadas em pensões e casas de acolhimento no Reino Unido, e tornaram-se, em muitos casos, os únicos membros da família a conseguir sobreviver ao Holocausto da Segunda Guerra Mundial.

E um dia, sem que soubesse, as crianças estavam sentadas ao seu lado

Winton não contou a ninguém o que tinha feito, e o seu gesto ficou desconhecido durante 50 anos – até que nos anos 80 a sua mulher Grete descobriu um velho livro com os nomes e as fotos de todas as crianças.

Desde que a sua história se tornou conhecida, Winton recebeu várias homenagens: do governo checo,  da rainha de Inglaterra, do antigo presidente americano George W. Bush.

Mas a mais comovente homenagem que Winton recebeu veio dos que um dia salvou da morte certa.

Espalhadas por vários países, as 669 crianças salvas por Winton cresceram, sem ter notícias do seu benfeitor. Tornaram-se escritores, engenheiros, biólogos…

Em 1988, um programa da BBC encheu um auditório para fazer uma homenagem a Winton.

A apresentadora começa por lhe dizer que a mulher sentada ao seu lado era uma das crianças que ele tinha salvo.

O que Winton não sabia é que no auditório, completamente cheio, estavam as crianças sobreviventes.

A apresentadora pede então a todos os presentes a quem Winton tivesse salvo a vida, que se levantassem.

O agradecimento vem em forma de aplausos demorados, lágrimas, e uma palavra apenas: obrigado.

ZAP / Move

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Isto sim, é que foi um grande homem, sinto-me triste pela morte dele e feliz ao mesmo tempo, em 2 minutos senti mais sentimentos por este anjo do que pelo Eusébio, nunca vi salvar alguém, simplesmente chutava uma bola, que Deus lhe dê umas asas a Sir Nicholas Winton, pois um homem que salvou tantas vidas bem o merece. Os meus sentimentos.

  2. Completamente despropositado a comparação entre o Eusébio e Sir Winton…o que é que tem a ver uma coisa com a outra? É mesmo só vontade de dizer mal ó tigre 25?
    Diga mal do governo…Não quer que o Sir Winton venha para o Panteão pois não? Lamentável a morte dos 2 senhores isso sim, cada um no seu mister e tempo…

RESPONDER

Abono extra e complemento de estabilização. Governo cria dois novos apoios cumulativos para quem perdeu rendimentos

O Programa de Estabilização Económica e Social (PEES) do Governo vai incluir dois novos apoios para trabalhadores e famílias que perderam parte dos seus salários nos últimos três meses devido à pandemia de covid-19. A notícia …

Bolsonaro veta transferência de 1,5 mil milhões de euros para estados e municípios

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, vetou na quarta-feira a transferência de 8,6 mil milhões de reais (1,5 mil milhões de euros) do Fundo de Reservas Monetárias (FRM) para estados e municípios combaterem a covid-19. A decisão …

O núcleo da Terra pode esconder mais de cinco oceanos no seu interior

Um novo estudo sugere que o núcleo da Terra pode abrigar uma grande quantidade de água no seu interior. Segundo os investigadores, a quantidade pode chegar ao equivalente a cinco oceanos. Muitos estudos comprovam que, sob …

Descoberto novo tipo de matéria exótica no "coração" das estrelas de neutrões

Uma investigação levada a cabo por um grupo de cientistas da Finlândia encontrou fortes evidências da existência de matéria exótica de quarks no interior dos núcleos das maiores estrelas de neutrões. Em comunicado, os cientistas …

Os asteróides Ryugu e Bennu podem ser "filhos" de um mesmo pai

Os asteróides Ryugu e Bennu podem ter sido formados a partir de um outro asteróide de grandes dimensões, sugere uma investigação internacional. Simulações numéricas de grandes ruturas de asteróides, como as que ocorrem no cinturão de …

Diário de oficial nazi revela localização de tesouro escondido na Polónia durante a 2.ª Guerra Mundial

Um diário que esteve na posse de uma sociedade secreta durante décadas contém um mapa que descreve a localização de mais de 30 toneladas de ouro escondidas pelos nazis durante a Segunda Guerra Mundial. Escrito há …

"Pés de café" ajudam robôs a andar mais rápido (e sem tropeçar)

Uma das principais aplicações para robôs com pernas é a exploração de locais de desastre. No entanto, para atravessar os escombros, estas máquinas precisam de ter "pés" firmes. Uma equipa de investigadores da Universidade da Califórnia, …

Famalicão 2-1 FC Porto | Dragões falham reentrada

O FC Porto ficou hoje com a liderança da I Liga portuguesa de futebol em risco, ao perder em casa do Famalicão, por 2-1, na 25.ª jornada, que marca o regresso após a paragem devido …

Empresas chinesas compram soja dos EUA apesar de suspensão imposta pelo Governo

Empresas estatais chinesas terão comprado pelo menos três carregamentos de soja aos Estados Unidos (EUA), mesmo após o Governo ter levantado uma suspensão. Esta surgiu depois de Washington afirmar que terminaria com o acordo comercial …

Musk quer bombardear Marte. Pode ser só um "pretexto" para enviar armas nucleares para o Espaço

O plano de Elon Musk de bombardear Marte é apenas um pretexto para o lançamento de armas nucleares para o Espaço, disse o diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin. Bombardear Marte para tornar o …