Morreu o homem que dizia ter morto Mussolini

autor desconhecido / wikimedia

Benito Mussolini na Piazza Duomo em Milão, Itália, 1930.

Benito Mussolini na Piazza Duomo em Milão, Itália, 1930.

O italiano Bruno Giovanni Lonati, o ex-resistente que reclamou ter executado o ditador Benito Mussolini em 1945, morreu no domingo, tendo o funeral decorrido hoje, anunciaram hoje as autoridades de Brescia, no norte de Itália.

Bruno Giovanni Lonati, ex-resistente, cujo nome de guerra era “comandante Giacomo”, morreu este domingo, aos 94 anos, na casa onde residia depois de se ter reformado, referem os jornais locais.

Lonati publicou em 1994 um livro que contradizia a versão oficial da execução de Mussolini, e que mantinha que o ditador foi fuzilado no dia 28 de abril de 1945 por um pelotão da resistência italiana, depois de ter sido capturado no momento em que tentava refugiar-se na Suíça na companhia da amante, Clara Petacci.

No livro “28 de abril. Mussolini e Claretta: a Verdade”, Lonati reconstrói o dia da execução de Mussolini e afirma que foi ele quem disparou o gatilho sob as ordens dos serviços secretos britânicos.

As declarações do “comandante Giacomo” levaram à realização, em 2004, do documentário “Mussolini: a última verdade”, que revisita os pontos obscuros que ainda prevalecem sobre a morte do ditador fascista, referindo que terá sido assassinado por ordens do antigo primeiro-ministro britânico, Winston Churchill.

Na altura, o documentário deu crédito à tese de Lonati, que revelou que enquanto executava Mussolini, um tal “capitão John”, oficial dos serviços secretos britânicos de origem siciliana, cujo nome real era Roberto Macarrone, executava Clara Petacci.

O objetivo da operação era, segundo o antigo membro da resistência, recuperar a correspondência que o ditador manteve com Churchill e que Londres queria “a todo o custo”.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A morte (ou não, pois até nisso há duvidas) do ditador fascista continua envolta nalgum mistério, coisa que por norma acontece quando homens de estado morrem de forma violenta. Os corpos (do ditador e da amante) ficaram práticamente irreconheciveis quando foram expostos em Milão e deixados á furia da população, o que deu origem a muitas teorias da conspiração, nomeadamente a famosa “Operação Gládio”.
    Penso que a verdade total nunca será conhecida.

RESPONDER

"Parasitas" vai ter uma série na HBO. E já são conhecidos dois nomes do elenco

A produção sul-coreana de Bong Joon Ho, especialmente condecorada pela Academia, merece agora uma adaptação para a televisão pelas mãos da HBO. A série televisiva de "Parasitas" foi anunciada em janeiro e a produção está encarregue …

O carregador do seu smartphone é mais potente do que o computador da Apollo 11

Não restam dúvidas de que a informática deu um passo gigante em termos de evolução nos últimos 50 anos. Agora, um engenheiro de software descobriu que até mesmo o carregador do seu smartphone é mais …

Tribunal suspende construção da Gigafactory na Alemanha

Um tribunal alemão ordenou à Tesla, este domingo, a suspensão das obras da sua fábrica "Gigafactory" por questões ambientais. Em novembro do ano passado, Elon Musk, presidente executivo da Tesla, anunciou que a Alemanha tinha sido …

Novos semáforos da Índia ficam vermelhos quando os condutores buzinam

A Polícia de Mumbai, na Índia, instalou detetores de ruído em vários semáforos de cruzamentos importantes da cidade, visando reduzir a poluição sonora. Agora, quanto mais os condutores buzinam, mais tempo a luz se mantém …

Polícia de Hong Kong procura autores de roubo de papel higiénico

Um camião que transportava papel higiénico foi, esta segunda-feira, alvo de um assalto à mão armada em Hong Kong, onde a escassez do produto motivou uma corrida ao comércio local. As autoridades informaram que um motorista …

Centeno considera gravações de Varoufakis "politicamente lamentáveis"

O presidente do Eurogrupo considerou, esta segunda-feira, a atitude do antigo ministro das Finanças grego, que gravou reuniões do fórum de ministros das Finanças da zona euro, "politicamente lamentável". "Honestamente, não tenho comentários a fazer sobre …

Elton John obrigado a interromper concerto devido a crise de pneumonia

O cantor britânico foi obrigado a interromper um concerto, na Nova Zelândia, devido a um diagnóstico de pneumonia atípica. No último domingo, o cantor britânico Elton John interrompeu um concerto no Auckland’s Mount Stadium, na Nova …

Tancos. Coronel da GNR nega pacto de silêncio

O ex-diretor de investigação criminal da GNR disse, esta segunda-feira, desconhecer qualquer pacto de silêncio com a Polícia Judiciária Militar que envolvesse a colaboração na investigação do furto das armas de Tancos. Na sessão desta segunda-feira …

Anel de curso perdido nos EUA encontrado 47 anos depois na Finlândia

Um anel de curso de um liceu nos Estados Unidos, perdido em 1973, foi agora descoberto numa floresta da Finlândia. De acordo com o The Guardian, Debra McKenna perdeu o anel de curso do marido em …

Apresentadas mais de 50 queixas contra post de André Ventura sobre Joacine Katar Moreira

A Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial (CICDR) já recebeu mais de 50 queixas devido à publicação na qual o deputado do Chega sugeria devolver Joacine Katar Moreira ao seu país de origem. Em …