Morreu a deputada britânica atacada na rua

Yui Mok / PA / EPA

Jo Cox, deputada trabalhista do Parlamento inglês

Morreu a deputada trabalhista Jo Cox, que foi atingida a tiro e esfaqueada em Birstall, na província de Yorkshire, no norte do Reino Unido.

A chefe da polícia local, Dee Collins, anunciou numa conferência de imprensa que a deputada foi declarada morta no local pelos paramédicos.

Um homem de 77 anos também ficou ferido.

Dee Collins confirmou que um indivíduo foi detido, mas não deu mais informações sobre os motivos da detenção.

A deputada trabalhista, de 41 anos, foi baleada e esfaqueada esta quinta-feira em Birstall, perto de Leeds. A informações iniciais davam conta que teria sido transportada para o hospital em estado crítico.

Jo Cox era deputada do Partido Trabalhista no Parlamento britânico, onde representava o distrito eleitoral de Batley and Spen, e defendia a permanência do Reino Unido na União Europeia (UE).

Os media britânicos citam testemunhas no local que afirmam que o agressor gritou “Britain First!” (“Grã-Bretanha primeiro!”) durante e depois do ataque.

O ataque aconteceu por volta das 13h perto da Biblioteca de Birstall, na Market Street. Num comunicado emitido ao início da tarde, a polícia de West Yorkshire anunciou que um homem de 52 anos foi detido no local.

Governo português condena “brutal assassinato” da deputada Jo Cox

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, condenou hoje em declarações à Lusa, em nome do Governo, o “brutal assassinato” da deputada britânica Jo Cox, e referiu-se a “um dia muito triste” para Portugal.

“Queria lamentar em nome do Governo e em meu próprio nome o brutal assassinato da deputada inglesa Jo Cox e acrescentar a solidariedade ao parlamento britânico e ao povo britânico e também ao Partido Trabalhista de que era membro”, referiu numa declaração por telefone.

“É um incidente absolutamente lamentável e condenável, visto que o debate político democrático é um debate pacífico por natureza e a senhora deputada estava a cumprir não só o direto como o dever de defender as suas ideais e informar os seus constituintes”, acrescentou.

“É um dia muito triste também para Portugal, que é um país amigo e aliado do Reino Unido há muitos séculos”, frisou ainda o chefe da diplomacia portuguesa.

Eurogrupo faz um minuto de silêncio por deputada britânica assassinada

Os ministros da Economia e Finanças da zona Euro fizeram hoje um minuto de silêncio em memória da deputada trabalhista britânica pró-europeia Jo Cox, falecida horas após ter sido baleada numa ação de campanha no norte de Inglaterra.

“Estou emocionado com a trágica morte da deputada britânica pró-UE Jo Cox. Um minuto de silêncio no Eurogrupo”, disse o comissário europeu dos Assuntos Económicos e Financeiros, Pierre Moscovici, numa mensagem publicada na rede social Twitter.

“Triste e horrorizado com a notícia de que Jo Cox morreu. Simplesmente sinto que é tão injusto e errado… Os meus pensamentos e orações estão com a família”, disse o ministro finlandês com a mesma pasta, Alexander Stubb, também no Twitter.

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, que se encontra de visita à Rússia, declarou-se hoje comovido após o ataque e expressou o seu apoio à família da vítima.

“Estou profundamente comovido com as notícias do terrível ataque contra a deputada Jo Cox. Os meus pensamentos e orações vão para o seu marido e os seus filhos”, disse Juncker igualmente no Twitter.

Também o primeiro-ministro francês, Manuel Valls, expressou “profunda tristeza” pelo assassínio de Jo Cox, declarando, no Twitter: “Através dela, o nosso ideal democrático foi atingido”.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Holanda reduz velocidade máxima nas autoestradas em prol da qualidade do ar (e deixa o primeiro-ministro "muito infeliz")

O Governo holandês vai baixar os limites de velocidade nas autoestradas do país para travar as emissões de monóxido de nitrogénio, que contribui para a degradação da camada de ozono. O primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, anunciou …

Facebook para iOS utiliza câmara do iPhone sem que o utilizador note

Há um erro na aplicação do Facebook para iOS - sistema operativo do iPhone - que liga a câmara do telemóvel sem que o utilizador se aperceba quando este faz scrool no feed de …

Tesla vai abrir a sua primeira fábrica na Europa

O construtor de carros elétricos Tesla vai abrir uma fábrica nos arredores de Berlim, anunciou o presidente executivo da empresa, Elon Musk, na terça-feira à noite ao receber um prémio na capital alemã. “Tenho uma informação …

Continental vai contratar 300 engenheiros para o Porto

A Continental vai instalar no Porto um centro de desenvolvimento de tecnologias que poderá empregar "cerca de 300 engenheiros" e apoiará o desenvolvimento de soluções para veículos elétricos, condução autónoma e cibersegurança, anunciou esta quarta-feira …

Comissão Europeia aprova comercialização da primeira vacina para o Ébola

A Comissão Europeia anunciou no início da semana que concedeu uma autorização para a comercialização da primeira vacina contra o Ébola, designada Ervebo e produzida pela farmacêutica Merck. A vacina estava a ser produzida desde o …

Facebook lança o seu próprio MB Way

O Facebook lançou nos Estados Unidos uma nova funcionalidade para facilitar pagamentos através das quatro principais aplicações do grupo, que é semelhante ao funcionamento das transações com o MB Way. Em comunicado, Deborah Liu, responsável do …

O dilema dos chumbos, o "engano" de Ventura e o "falso liberal". O primeiro debate aqueceu

O primeiro debate quinzenal da legislatura arrancou esta quarta-feira e ficou marcado pelas retenções até ao 9.º ano - Chumba ou não chumba?, quis saber a direita, bem como pelo aumento do salário mínimo nacional …

Sondagem europeia defende tratado internacional que proíba "robôs assassinos"

Quase três em cada quatro pessoas querem que o seu governo colabore com outros países para proibir sistemas letais de armas autónomas. A organização não-governamental Human Rights Watch (HRW) divulgou esta quarta-feira os resultados de uma …

Pentágono está a criar bactérias que detetam explosivos no subsolo

O Pentágono, em conjunto com a empresa de defesa Raytheon, está a desenvolver um sistema capaz de produzir bactérias geneticamente modificadas no subsolo, com o objetivo de detetar explosivos no subsolo. Neste projeto, iniciado pela Agência …

Hospitais voltam a não poder aumentar número de trabalhadores sem visto da tutela em 2020

Os hospitais vão continuar em 2020 impedidos de aumentar o número de trabalhadores sem a autorização prévia do Ministério da Saúde, segundo um despacho a que a agência Lusa teve acesso. O despacho assinado pelo secretário …