Morreu a fadista Celeste Rodrigues

António Cotrim / Lusa

A fadista Celeste Rodrigues

A fadista Celeste Rodrigues morreu esta quarta-feira, aos 95 anos, confirmou à Lusa o neto Diogo Varela Silva.

“É com um enorme peso no coração, que vos dou a notícia da partida da minha Celestinha, da nossa Celeste. Hoje deixou uma vida plena do que quis e sonhou, amou muito e foi amada, mas acima de tudo, foi a pedra basilar da nossa família, da minha mãe, da minha tia, dos meus irmãos, sobrinhos e filhos, somos todos orgulhosamente fruto do ser humano extraordinário que ela foi”, escreveu Diogo Varela Silva no Facebook, remetendo para mais tarde informações adicionais.

Nascida no Fundão, em 14 de março de 1923, a irmã de Amália Rodrigues iniciou a carreira há 73 anos, ao aceitar o convite feito pelo empresário José Miguel (1908-1972), detentor de vários teatros e casas de fado, entre os quais o Café Casablanca.

Celeste Rodrigues celebrizou fados como “Noite de Inverno”, “As Lendas Algas” e “Saudade vai-te embora”, tendo pisado os mais diferentes palcos, desde as casas de fado de Lisboa, ao antigo Casino da Urca, no Rio de Janeiro, onde atuou com a irmã , ao Teatro dos Campos Elísios, em Paris, ou ao Concertgebouw, em Amesterdão, e ao Queen Elizabeth Hall, em Londres. Em abril passado, cantou no Town Hall, de Nova Iorque, no âmbito do Festival de Fado.

Em maio, deu o último grande concerto, no Teatro Tivoli BBVA, em Lisboa, e, na altura, disse à Lusa que “cantar é sempre uma alegria, ainda mais nesta idade, porque não é fácil ter um bocadinho de voz”.

“Acho que o fado é uma música linda, maravilhosa. Com palavras bonitas, ainda mais maravilhoso fica. Portanto, é natural que faça sucesso. E o fado entra em nós, está nas veias de todos os portugueses“, disse na altura.

Para Argentina Santos, que trabalhou com Celeste Rodrigues, o segredo da fadista era “uma caixinha de música na garganta”, à qual sabia aliar “uma interpretação sentida”.

Há uns tempos, a fadista conheceu Madonna na casa de fados “Mesa de Frades”, em Alfama, onde juntas cantaram o tema “Can’t help falling in love” de Elvis Presley. Posteriormente, a artista aceitou o convite da estrela pop norte-americana para passar a passagem de ano na sua casa em Nova Iorque.

Na sua conta no Instagram, Madonna colocou uma fotografia com a seguinte legenda: “RIP Celeste Rodrigues” (“Descanse em Paz Celeste Rodrigues”).

Segundo o Diário de Notícias, o neto, realizador de profissão, é seu admirador assumido e, em 2016, realizou “Fado em Si”, um musical em fado que conta com a participação não só da avó mas também de fadistas como Kátia Guerreiro e Camané. Em 2010, já tinha assinado o documentário “Fado Celeste”, sobre a avó, que estreou no Doc Lisboa 2015, assinalando os 70 anos da sua carreira de fadista.

“O fado não se pode explicar, sente-se”, disse Celeste Rodrigues, quando filmada pelo neto nesse trabalho.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Dirty Dancing" está de volta e conta com Jennifer Grey

John Feltheimer, CEO da Lionsgate, confirmou ao The Guardian que a produtora está a desenvolver uma sequela de Dirty Dancing. O clássico dos anos 80 que agora regressa foi protagonizado originalmente por Patrick Swayze e …

A Bugatti está a vender um carro elétrico "para crianças". Chama-se Baby II e custa 30 mil euros

A Bugatti e a Little Car Company, sediada em Londres, uniram-se para criar 500 Bugattis elétricos em miniatura para crianças. Agora, fruto dos desenvolvimentos mundiais, alguns veículos ficaram disponíveis para compra. O mais recente brinquedo da …

50 anos de monarquia e uma guerra de dias. A pandemia "matou" a micronação mais antiga da Austrália

O reinado de 50 anos de uma micronação na Austrália chegou ao fim devido ao impacto económico da pandemia de covid-19, que fez com que o autodeclarado principado se rendesse ao país. Hutt River, um principado …

NASA vai rebatizar planetas e outros corpos celestes com nomes ofensivos

A agência espacial norte-americana (NASA) anunciou que vai rebatizar alguns planetas, galáxias e outros corpos celestes que possuem nomes "ofensivos". Em comunicado publicado esta quinta-feira, a NASA explica que vai abandonar os nomes "não-oficiais" a …

O maior parque de crocodilos da Índia está à beira da falência. Abriga mais de 2.000 animais

O maior parque de crocodilos da Índia, localizado perto da cidade de Chennai, no sul do país asiático, encontra-se à beira da falência depois de a pandemia de covid-19 ter obrigado a fechar o espaço …

Campanha científica acrescenta mais de 37 mil quilómetros quadrados ao mapa do mar português

A campanha científica que o navio hidro-oceanográfico D. Carlos I da Marinha Portuguesa realizou durante nove semanas nos Açores, para levantamentos hidrográficos, permitiu “acrescentar cerca de 37.500 quilómetros quadrados sondados ao mapeamento do mar português”. Numa …

Apesar dos alertas, houve quem plantasse as sementes misteriosas da China (e já começaram a crescer)

Durante as últimas semanas, pessoas em todo o mundo têm recebido, sem ter encomendado, nas suas caixas de correio sementes com origem na China. Apesar dos avisos em contrário, houve quem plantasse os misteriosos presentes. As …

Marcelo veta redução de debates sobre a Europa. Não foi uma "solução feliz"

O Presidente da República vetou esta segunda-feira a redução do número de debates em plenário para o acompanhamento do processo de construção europeia de seis para dois por ano, defendendo que não foi uma “solução …

Boris Johnson admite alargar quarentena a mais países

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, admitiu esta segunda-feira alargar o sistema de quarentena a pessoas que cheguem de países atualmente isentos para reduzir o risco de infeção com a doença covid-19 no Reino Unido. "No contexto …

Novo lay-off. Ajuda da Segurança Social para pagar subsídios de Natal pode chegar só em 2021

O apoio ao pagamento do subsídio de Natal previsto pelo Governo para apoiar as empresas no âmbito do novo regime de lay-off, que entrou em vigor em agosto, poderá só ser pago pela Segurança Social …