Morreu a jornalista que anunciou que a II Guerra ia começar

Morreu a repórter britânica Clare Hollingworth, que foi responsável por um dos maiores furos jornalísticos do século XX, ao notar a presença das tropas alemãs na fronteira com a Polónia em 1939.

A correspondente de guerra britânica Clare Hollingworth, que foi a primeira jornalista a noticiar a invasão da Polónia pelas tropas alemãs em 1939, morreu esta terça-feira, em Hong Kong, aos 105 anos. A sua morte foi confirmada por um sobrinho-neto, autor de uma biografia sobre a jornalista, citado pela DW.

Nascida em Leicester em 1911, Hollingworth era ainda uma “júnior” recém-contratada pelo jornal britânico Daily Telegraph quando viajou para a Polónia no fim de agosto de 1939. Ao percorrer a fronteira do país com a Alemanha, notou a presença de milhares de tropas alemãs, que aguardavam a ordem de invasão.

Hollingworth publicou a notícia no dia 28 de agosto de 1939, com o título “Mil tanques concentrados na fronteira polaca. Dez divisões prontas para ataque imediato“. O artigo saiu sem assinatura, como era habitual na época. Segundo o jornal The Guardian, a reportagem foi um dos maiores “furos” do século 20.

Quatro dias depois, a 1 de setembro, as tropas alemãs invadiram a Polónia sob as ordens do führer, Adolf Hitler – evento que desencadearia a Segunda Guerra Mundial. Às 11:15 do dia 3, o Reino Unido, a Austrália e a Nova Zelândia declaram guerra à Alemanha. A França junta-se-lhes às 15:00.

Hollingworth acabou também por testemunhar a própria invasão alemã, ao ser acordada pelas bombas lançadas sobre a cidade polaca de Katowice. A sua peça sobre o início oficial do conflito apareceu nas páginas do Daily Telegraph no dia seguinte.

A repórter acompanhou ao longo da sua carreira inúmeros conflitos, como a guerra no Vietname, Argélia, Médio Oriente, Índia e Paquistão, e a Revolução Cultural na China.

Hollingworth também fez a primeira entrevista com Mohammad Reza Pahlavi, depois de o último shah do Irão se ter tornado o líder do país, em 1941.

Entre outros furos de Hollingworth, contam-se a reportagem de 1963 que levantava suspeitas de que o ex-agente britânico Kim Philby era um espião soviético, e um artigo em 1968 que antecipava a intenção dos Estados Unidos de iniciar negociações de paz com o Vietname.

Em outubro do ano passado, comemorou o seu 105º aniversário, em Hong Kong, no Clube dos Correspondentes Estrangeiros.

“Estamos muito tristes por saber da morte de Clare. Ela foi uma extraordinária inspiração para todos nós e um estimado membro do nosso clube”, disse à AFP a presidente do FCC, Tara Joseph.

E onde quer que esteja agora, Clare Hollingworth será provavelmente a primeira a dar a notícia do que de novo se passa por lá.

ZAP //

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Emmanuel Macron

Macron e Marine Le Pen vão à segunda volta das presidenciais em França

Os resultados da primeira volta das eleições presidenciais francesas confirmam a vitória de Emmanuel Macron e Marine Le Pen. Os números divulgados às 20h em Paris acabam com o suspense de uma das eleições mais …

O líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro

Luís Montenegro não quer primárias no PSD e reafirma apoio a Passos

O líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, disse hoje, em Leiria, ser contra a realização de eleições primárias no seu partido e reafirmou o seu apoio ao atual líder do PSD, Pedro Passos Coelho. À margem …

-

UKIP quer proibir uso da burka em público

O Partido da Independência do Reino Unido (UKIP), anti-imigração, vai incluir no seu programa para as eleições britânicas de 8 de junho próximo a proibição do uso da burka em público. O líder do UKIP, Paul …

-

Venezuelanos fizeram "marcha do silêncio" para homenagear vítimas dos protestos

A aliança opositora Mesa de Unidade Democrática disse este sábado que, apesar de ter podido marchar de forma pacífica até à sede do Episcopado de Caracas, os protestos vão continuar até ser revertido o "golpe" do …

-

PJ confirma que atropelamento mortal no estádio da Luz não foi acidental

Fonte policial revelou que o atropelamento mortal do adepto italiano, que estava na capital para assistir ao dérbi entre Sporting e Benfica, não foi acidental e que as autoridades já sabem quem foi o autor …

-

Jéssica Augusto vence maratona de Hamburgo

A portuguesa venceu, este domingo, a maratona de Hamburgo, na Alemanha, garantindo mínimos para os Mundiais de 2017, que se vão disputar em Londres. Jéssica Augusto correu a distância em 2:25.30 horas, a mais de um minuto …

Heterocephalus glaber, também conhecido por rato-toupeira-nu

Estranho mamífero consegue sobreviver 18 minutos sem oxigénio

O rato-toupeira-nu, batizado com o nome científico Heterocephalus glaber, é um dos mamíferos mais estranhos do mundo, mas é também por isso que tem tantas características raras. Este roedor de sangue frio, oriundo do leste de África, …

Maddie McCann

Dez anos depois, PJ diz que caso Maddie "continua aberto"

A Polícia Judiciária continua a investigar o desaparecimento de Madeleine McCann, ocorrido em 2007 no Algarve, admitindo que se trata de "um caso único na história da PJ e do país". "O caso continua aberto" e …

Marine Le Pen em visita ao Líbano

Mais de 45 milhões de franceses escolhem hoje quem passa à segunda volta

Mais de 45 milhões de eleitores escolhem, este domingo, os dois candidatos que passam à segunda volta das eleições presidenciais, com as sondagens a indicarem que o confronto decisivo vai opor Emmanuel Macron a Marine …

-

Consumo diário de bebidas light aumenta risco de derrame e demência

Bebidas adoçadas artificialmente, como as bebidas light, podem aumentar o risco de acidente vascular cerebral e demência. É o que mostra um novo estudo da Universidade de Boston, nos Estados Unidos. De acordo com este estudo, …