Morreu a jornalista que anunciou que a II Guerra ia começar

Morreu a repórter britânica Clare Hollingworth, que foi responsável por um dos maiores furos jornalísticos do século XX, ao notar a presença das tropas alemãs na fronteira com a Polónia em 1939.

A correspondente de guerra britânica Clare Hollingworth, que foi a primeira jornalista a noticiar a invasão da Polónia pelas tropas alemãs em 1939, morreu esta terça-feira, em Hong Kong, aos 105 anos. A sua morte foi confirmada por um sobrinho-neto, autor de uma biografia sobre a jornalista, citado pela DW.

Nascida em Leicester em 1911, Hollingworth era ainda uma “júnior” recém-contratada pelo jornal britânico Daily Telegraph quando viajou para a Polónia no fim de agosto de 1939. Ao percorrer a fronteira do país com a Alemanha, notou a presença de milhares de tropas alemãs, que aguardavam a ordem de invasão.

Hollingworth publicou a notícia no dia 28 de agosto de 1939, com o título “Mil tanques concentrados na fronteira polaca. Dez divisões prontas para ataque imediato“. O artigo saiu sem assinatura, como era habitual na época. Segundo o jornal The Guardian, a reportagem foi um dos maiores “furos” do século 20.

Quatro dias depois, a 1 de setembro, as tropas alemãs invadiram a Polónia sob as ordens do führer, Adolf Hitler – evento que desencadearia a Segunda Guerra Mundial. Às 11:15 do dia 3, o Reino Unido, a Austrália e a Nova Zelândia declaram guerra à Alemanha. A França junta-se-lhes às 15:00.

Hollingworth acabou também por testemunhar a própria invasão alemã, ao ser acordada pelas bombas lançadas sobre a cidade polaca de Katowice. A sua peça sobre o início oficial do conflito apareceu nas páginas do Daily Telegraph no dia seguinte.

A repórter acompanhou ao longo da sua carreira inúmeros conflitos, como a guerra no Vietname, Argélia, Médio Oriente, Índia e Paquistão, e a Revolução Cultural na China.

Hollingworth também fez a primeira entrevista com Mohammad Reza Pahlavi, depois de o último shah do Irão se ter tornado o líder do país, em 1941.

Entre outros furos de Hollingworth, contam-se a reportagem de 1963 que levantava suspeitas de que o ex-agente britânico Kim Philby era um espião soviético, e um artigo em 1968 que antecipava a intenção dos Estados Unidos de iniciar negociações de paz com o Vietname.

Em outubro do ano passado, comemorou o seu 105º aniversário, em Hong Kong, no Clube dos Correspondentes Estrangeiros.

“Estamos muito tristes por saber da morte de Clare. Ela foi uma extraordinária inspiração para todos nós e um estimado membro do nosso clube”, disse à AFP a presidente do FCC, Tara Joseph.

E onde quer que esteja agora, Clare Hollingworth será provavelmente a primeira a dar a notícia do que de novo se passa por lá.

ZAP //

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Um em cada seis pessoas não sabe que tem uma Hepatite Viral

Esta sexta-feira celebra-se o Dia Mundial das Hepatites Virais. Para assinalar a data, uma clínica especializada criou uma infografia com a qual pretende sensibilizar e dar a conhecer a doença - porque mais vale prevenir …

Nova solução para drones permite reforçar comunicações em cenários de emergência

Uma solução para drones que permite restabelecer ou reforçar as comunicações sem fios em cenários de emergência, festivais ou manifestações está a ser desenvolvida pelo Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência …

Sócrates diz que direita o quis impedir de se candidatar à Presidência

O ex-primeiro-ministro português assegurou, esta quarta-feira, que o processo judicial em que está implicado por corrupção responde a uma campanha da direita para evitar que apresentasse a sua candidatura à Presidência de Portugal. "O objetivo foi …

11 jovens retiradas de casa de acolhimento pela Segurança Social "sem explicação"

A Segurança Social retirou 11 jovens de uma casa de acolhimento no Caramulo, em Tondela, "sem dar qualquer explicação", uma situação que já foi comunicada ao Ministério Público. De acordo com Marina Leitão, responsável da Associação …

Reino Unido vai proibir veículos a gasolina e diesel a partir de 2040

O governo britânico anunciou que, a partir de 2040, os novos veículos movidos a diesel e gasolina vão ser proibidos, com o objetivo de combater a poluição. A medida, que foi antecipada hoje pelo ministro do …

Bruxelas dá um mês à Polónia para recuar na reforma do sistema judiciário

A Comissão Europeia deu esta quarta-feira um prazo de um mês às autoridades polacas para resolverem os problemas identificados no seu projeto de reforma do sistema judiciário, advertindo que "está pronta" a tomar medidas se …

Trump proíbe pessoas transgénero de servir nas Forças Armadas

O Presidente dos Estados Unidos anunciou, esta quarta-feira, a decisão de proibir que os transexuais sirvam nas Forças Armadas do país, depois de se ter aconselhado com "generais e especialistas militares". Donald Trump fez o anúncio …

Rajoy nega envolvimento em caso de corrupção no Partido Popular

O chefe do Governo Espanhol negou, esta quarta-feira, ter beneficiado ou ter conhecimento de um esquema fraudulento que envolvesse o pagamento de quantias a troco da concessão de contratos públicos a responsáveis do Partido Popular, …

Descoberta nova espécie de peixe-lua gigante (e "ilusionista")

Com cerca de 3 metros de comprimento e quase duas toneladas de peso, é espantoso como é que esta nova espécie de peixe-lua gigante só agora foi descoberta. Este peixe-lua ilusionista, assim baptizado por ter andado …

Número 3 do Vaticano em tribunal em caso histórico de abuso sexual de menores

O cardeal George Pell, considerado o número três do Vaticano, compareceu num tribunal em Melbourne, na Austrália, numa sessão preliminar ao julgamento em que vai responder por acusações de pedofilia. Um momento considerado histórico pelas …