Montepio recusa dar à Santa Casa dados para avaliação de riscos de investimento

Mário Cruz / Lusa

Atual presidente da Associação Montepio, Tomás Correia

A análise aprofundada ao banco, encomendada pela Santa Casa ao Haitong Bank, ainda não se realizou porque os dados, pedidos há já quatro meses, ainda não foram facultados pela Associação Mutualista Montepio Geral.

A análise aprofundada – due diligence – às finanças da Caixa Económica Montepio Geral (CEMG), para a qual o Haitong Bank foi contratado pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), ainda não foi realizada por não lhe ter sido facultada pela Associação Mutualista Montepio Geral (AMMG), a dona do banco, parte da informação que solicitou.

Os dados pedidos há já quatro meses ainda não foram facultados sob o argumento de que é necessário fechar as contas de 2017 para fornecer os números definitivos e porque a atual gestão de José Félix Morgado está de saída, avança o Público.

Além disso, o banco também justifica a recusa com o facto de a compra de 10% da instituição não exigir uma due diligence, ou seja, para a AMMG a compra de uma posição minoritária não exige a análise prévia aos riscos do negócio.

O banco de investimento terá solicitado à AMMG números adicionais relacionados com algumas operações do Montepio, para conseguir antecipar eventuais riscos futuros e desenvolver uma análise aprofundada encomendada em outubro pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

Ao Público, fonte oficial da AMMG desmentiu a notícia, acrescentando que “não tem quaisquer comentários adicionais a fazer, obrigando-se a respeitar escrupulosamente os acordos contratuais de confidencialidade existentes entre as partes”.

O negócio em causa envolve um investimento entre 150 e 200 milhões de euros e não irá ultrapassar mais de 10% do capital. O provedor da Santa Casa Edmundo Martinho sublinhou, esta semana, que o estudo do Haitong é fundamental para a tomada de uma decisão.

O Governo não empurrou a Santa Casa para o Montepio

“Nunca houve qualquer pressão do Governo, o Governo não empurrou a Santa Casa para coisa nenhuma”, afirmou esta quarta-feira Vieira da Silva perante os deputados da Comissão de Trabalho, acrescentando que foi apenas uma “sugestão bem feita e bem aceite”.

O governante recusou ainda que tenha sido pré-definido um valor de 200 milhões de euros para a SCML investir na Caixa Económica Montepio Geral (CEMG), em troca de 10% do capital desta e afirmou não haver qualquer informação sobre qual será o valor do eventual investimento.

Já sobre notícias avançadas pela imprensa recentemente, o ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social disse que não tem informações que o permitam “confirmar ou desmentir” se o Montepio se tem recusado a dar dados para que a Santa Casa possa fazer a avaliação, dizendo que essas questões têm de ser feitas ao Montepio.

Sobre se o eventual investimento da SCML no Montepio poderá constituir uma ajuda de estado – o que implica a avaliação da Comissão Europeia – o governante afirmou que isso não se colocou noutros investimentos da Santa Casa, mas que essa questão terá de ser avaliada no devido momento.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. O Montepio está falido. O governo, que tem medo de deixar o banco fechar e que tem medo de ficar mal visto ao estourar dinheiro para salvar mais banco (que na mesma continuará falido), encontrou um otário (a Santa Casa) para lá fazer o que é estúpido: estourar 150-200 milhões de euros por 10% do banco. Ora, isto pressupõe que a avaliação seria de 1,5 mil milhões pela totalidade do banco – coisa que só num universo paralelo deve ser verdade. Este governo de merda está a instrumentalizar a Santa Casa que mais tarde ficará a arder com o dinheiro. A diferença é que a opinião pública será muito mais simpática quando este governo de merda tiver que injetar os tais 150-200 milhões na Santa Casa, quando esta se vir à rasca pelo investimento estúpido num banco falido. É feio estourar dinheiro dos contribuintes num banco falido? Pois é. Mas já é eceitável usar o dinheiro dos contribuintes para ir lá socorrer a Santa Casa (que alimenta os pobrezinhos, coitados) e que perdeu dinheiro ao tê-lo estourado num banco falido. Acordem!

  2. O Montepio transformou-se numa agremiação de criminosos, encabeçada pelo ex CEO e atual Presidente da Mutualista. Desde que lá meteu os pés foi uma fartazana para ele e para os amigos. Negócios de imobiliário ruinosos para o banco foram à fatura, em Portugal e Angola (logo após a aberração da compra do Finibanco). Negócios que têm engordado diversos criminosos deste país feitos em conluio com o ainda DDT, que ainda se mantêm no ativo juntamente com altos funcionários do NB. Singapura recebe parte desse dinheiro que os engorda e o regulador do BP, amigo pessoal do inchado TC, armado em mini DDT, vai dando uma ajuda com as “comendas” que detém nesse país. Será que ninguém vê o que se passa ou é tanto dinheiro que sobra para tapar os olhos a quem os deveria ter bem abertos? Será que os argumentos que arranja para justificar as “liberalidades” entregues pelo omnipresente “poderoso chefão” da Amadora são aceites por quem investiga sem questionar quem de direito? Este país vai lindo com esta gentalha em liberdade…

RESPONDER

Urgência do Hospital Santa Maria está a chegar ao limite

A urgência dedicada aos casos suspeitos de covid-19 do Hospital Santa Maria, em Lisboa, reflete a evolução da pandemia em Portugal com doentes a avolumarem-se à porta para realizar o teste e no interior a …

Novo Banco. BCP garante que não faz "favores a ninguém" ao emprestar dinheiro ao Fundo de Resolução

O presidente executivo do BCP, Miguel Maya, disse ontem que o banco não faz "favores a ninguém" ao entrar no empréstimo de 275 milhões de euros da banca ao Fundo de Resolução, que posteriormente financiará …

Máfia italiana "lavou" milhões de euros ganhos com fundos europeus na Madeira

Uma das mais violentas máfias de Itália, a Società Foggiana, utilizou a Madeira para branquear mais de 16 milhões de euros obtidos com um esquema de burla à União Europeia (UE). Em causa estão fundos comunitários …

Ajudas de custo para professores deslocados ficaram na gaveta (e não estão previstas no OE2021)

O Orçamento de Estado para 2020 (OE2020) previa um programa de ajudas de custo para professores deslocados como incentivo à fixação. No entanto, a medida não avançou. O Jornal de Notícias avança esta sexta-feira que a …

Biden ainda à frente, mas nada está perdido para Trump. A luta pelos "swing states" continua

O dia em que os norte-americanos vão saber quem é o próximo presidente dos EUA está muito próximo. Entres sondagens, parece fácil levantar a ponta do véu. No entanto, é importante não esquecer que não …

Nani entre os candidatos a melhor jogador da época na MLS

O internacional português, capitão dos Orlando City, está entre os 46 jogadores nomeados para o prémio de melhor da época na liga norte-americana de futebol (MLS), anunciou, esta quinta-feira, o organismo. A eleição decorre até 9 …

"Estranho, muito estranho". Ana Gomes comenta morte do marido de Isabel dos Santos e é criticada

O empresário congolês Sindika Dokolo, marido de Isabel dos Santos, morreu no Dubai, durante a prática de mergulho. Uma morte prematura aos 48 anos que leva Ana Gomes a comentar o assunto como "estranho", "muito …

Conselho Europeu. Vacinas distribuídas de forma justa e fronteiras não vão fechar

O presidente do Conselho Europeu garantiu, esta quinta-feira, no final de uma videoconferência entre os líderes da União Europeia, que os 27 estão "unidos" para enfrentar a "luta difícil" contra a segunda vaga da covid-19. "A …

Teletrabalho sim, confinamento não. O que vai sair do Conselho de Ministros de sábado

O Conselho de Ministro reúne no próximo sábado para discutir novas medidas para conter a propagação do novo coronavírus e em cima da mesa está o regresso ao teletrabalho e medidas de restrição à circulação. A …

Conselho de Disciplina instaura dois processos disciplinares a Varandas

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) instaurou, esta quinta-feira, dois processos disciplinares ao presidente do Sporting, na sequência das declarações proferidas sobre o seu homólogo do FC Porto e das …