Montepio recusa dar à Santa Casa dados para avaliação de riscos de investimento

Mário Cruz / Lusa

Atual presidente da Associação Montepio, Tomás Correia

A análise aprofundada ao banco, encomendada pela Santa Casa ao Haitong Bank, ainda não se realizou porque os dados, pedidos há já quatro meses, ainda não foram facultados pela Associação Mutualista Montepio Geral.

A análise aprofundada – due diligence – às finanças da Caixa Económica Montepio Geral (CEMG), para a qual o Haitong Bank foi contratado pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), ainda não foi realizada por não lhe ter sido facultada pela Associação Mutualista Montepio Geral (AMMG), a dona do banco, parte da informação que solicitou.

Os dados pedidos há já quatro meses ainda não foram facultados sob o argumento de que é necessário fechar as contas de 2017 para fornecer os números definitivos e porque a atual gestão de José Félix Morgado está de saída, avança o Público.

Além disso, o banco também justifica a recusa com o facto de a compra de 10% da instituição não exigir uma due diligence, ou seja, para a AMMG a compra de uma posição minoritária não exige a análise prévia aos riscos do negócio.

O banco de investimento terá solicitado à AMMG números adicionais relacionados com algumas operações do Montepio, para conseguir antecipar eventuais riscos futuros e desenvolver uma análise aprofundada encomendada em outubro pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

Ao Público, fonte oficial da AMMG desmentiu a notícia, acrescentando que “não tem quaisquer comentários adicionais a fazer, obrigando-se a respeitar escrupulosamente os acordos contratuais de confidencialidade existentes entre as partes”.

O negócio em causa envolve um investimento entre 150 e 200 milhões de euros e não irá ultrapassar mais de 10% do capital. O provedor da Santa Casa Edmundo Martinho sublinhou, esta semana, que o estudo do Haitong é fundamental para a tomada de uma decisão.

O Governo não empurrou a Santa Casa para o Montepio

“Nunca houve qualquer pressão do Governo, o Governo não empurrou a Santa Casa para coisa nenhuma”, afirmou esta quarta-feira Vieira da Silva perante os deputados da Comissão de Trabalho, acrescentando que foi apenas uma “sugestão bem feita e bem aceite”.

O governante recusou ainda que tenha sido pré-definido um valor de 200 milhões de euros para a SCML investir na Caixa Económica Montepio Geral (CEMG), em troca de 10% do capital desta e afirmou não haver qualquer informação sobre qual será o valor do eventual investimento.

Já sobre notícias avançadas pela imprensa recentemente, o ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social disse que não tem informações que o permitam “confirmar ou desmentir” se o Montepio se tem recusado a dar dados para que a Santa Casa possa fazer a avaliação, dizendo que essas questões têm de ser feitas ao Montepio.

Sobre se o eventual investimento da SCML no Montepio poderá constituir uma ajuda de estado – o que implica a avaliação da Comissão Europeia – o governante afirmou que isso não se colocou noutros investimentos da Santa Casa, mas que essa questão terá de ser avaliada no devido momento.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. O Montepio está falido. O governo, que tem medo de deixar o banco fechar e que tem medo de ficar mal visto ao estourar dinheiro para salvar mais banco (que na mesma continuará falido), encontrou um otário (a Santa Casa) para lá fazer o que é estúpido: estourar 150-200 milhões de euros por 10% do banco. Ora, isto pressupõe que a avaliação seria de 1,5 mil milhões pela totalidade do banco – coisa que só num universo paralelo deve ser verdade. Este governo de merda está a instrumentalizar a Santa Casa que mais tarde ficará a arder com o dinheiro. A diferença é que a opinião pública será muito mais simpática quando este governo de merda tiver que injetar os tais 150-200 milhões na Santa Casa, quando esta se vir à rasca pelo investimento estúpido num banco falido. É feio estourar dinheiro dos contribuintes num banco falido? Pois é. Mas já é eceitável usar o dinheiro dos contribuintes para ir lá socorrer a Santa Casa (que alimenta os pobrezinhos, coitados) e que perdeu dinheiro ao tê-lo estourado num banco falido. Acordem!

  2. O Montepio transformou-se numa agremiação de criminosos, encabeçada pelo ex CEO e atual Presidente da Mutualista. Desde que lá meteu os pés foi uma fartazana para ele e para os amigos. Negócios de imobiliário ruinosos para o banco foram à fatura, em Portugal e Angola (logo após a aberração da compra do Finibanco). Negócios que têm engordado diversos criminosos deste país feitos em conluio com o ainda DDT, que ainda se mantêm no ativo juntamente com altos funcionários do NB. Singapura recebe parte desse dinheiro que os engorda e o regulador do BP, amigo pessoal do inchado TC, armado em mini DDT, vai dando uma ajuda com as “comendas” que detém nesse país. Será que ninguém vê o que se passa ou é tanto dinheiro que sobra para tapar os olhos a quem os deveria ter bem abertos? Será que os argumentos que arranja para justificar as “liberalidades” entregues pelo omnipresente “poderoso chefão” da Amadora são aceites por quem investiga sem questionar quem de direito? Este país vai lindo com esta gentalha em liberdade…

Balões da Google já "espalham" Internet nas vilas remotas do Quénia

Em 2013, surgiu a ideia de enviar balões para o Espaço próximo para conectar pessoas em locais do mundo sem Internet. A ideia, que parecia uma loucura, já é realidade. Depois de uma longa série de …

Descoberta nova espécie de dinossauro carnívoro em Portugal

Um novo género e espécie de dinossauro carnívoro terópode, cujos fósseis foram escavados em arribas dos concelhos de Torres Vedras e da Lourinhã, foi agora descrito na revista internacional "Journal of Vertebrate Paleontology" por paleontólogos …

The Crown. Afinal, vem aí uma sexta temporada

Peter Morgan, criador, produtor e argumentista de The Crown, anunciou esta quinta-feira (9), através do Twitter da plataforma de streaming Netflix, que a série britânica terá uma sexta temporada. “Quando começamos a discutir as histórias da …

Observatório Gaia revoluciona o rastreamento de asteroides

O observatório espacial Gaia da ESA é uma missão ambiciosa que tem o objetivo de construir um mapa tridimensional da nossa Galáxia, fazendo medições de alta precisão de mais de mil milhões de estrelas. No entanto, …

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas na Índia em apenas 10 dias

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas no estado de Bihar, no norte da Índia, no espaço de dez dias, noticia a AFP, que escreve que os números podem aumentar nos próximos tempos devido às alterações …

Investigação portuguesa descobriu 14 espécies marinhas com potencial para produção de antibióticos

Uma investigação conjunta da Universidade de Aveiro e da Universidade Católica descobriu 14 novas espécies e um género de fungos marinhos, com potencial para produção de antibióticos, revelou esta segunda-feira fonte académica. "Neste momento, estão a …

Impossíveis de cumprir. Directores preocupados com novas regras para as escolas

As orientações da Direcção Geral de Saúde (DGS) para as escolas com vista ao regresso das aulas presenciais, em Setembro, estão a preocupar os directores dos estabelecimentos de ensino. Isto porque as consideram impossíveis de …

Homicídios disparam na maioria das cidades norte-americanas durante a pandemia

O número de homicídios cometidos em solo norte-americano disparou na maioria das cidades do país na primeira metade de 2020, comparativamente com o mesmo período do ano passado, revela uma investigação do New York Times. …

Investigadores desenvolvem robô-cientista (e já descobriu um novo catalisador)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Liverpool, no Reino Unido, construiu um robô-cientista móvel inteligente, que realiza experiências sem ajuda humana. O novo robô-cientista toma decisões sozinho e já descobriu um novo catalisador. Segundo a …

Sérgio Figueiredo deixa direção de informação da TVI

Sérgio Figueiredo saiu do cargo de diretor de informação da TVI, anuncia a estação de televisão em comunicado enviado às redações. A cessação de funções é efetiva a partir desta sexta (10) e põe fim a …