Modelo de negócio do Daesh está “perto do colapso”

(dr) Dabiq Magazine

O grupo extremista Estado Islâmico está a ‘sangrar’ dinheiro com cada pedaço de território que perde, de acordo com uma nova análise que concluiu que o ‘modelo de negócio’ da organização se encaminha para a ruína.

A análise divulgada este sábado pelo Centro Internacional para o Estudo da Radicalização e Violência Política e pela firma de contabilidade EY conclui que os recursos financeiros do autoproclamado califado foram substancialmente drenados em relação ao período, em meados de 2014, em que capturou bancos, poços de petróleo e armazéns de armas, à medida que conquistava território.

O relatório concluiu que as receitas do Estado Islâmico caíram de 1,9 mil milhões de dólares em 2014 para quase 870 milhões em 2016.

“Um dos erros cometidos no passado foi falar sobre o Estado Islâmico puramente como uma organização terrorista. É uma organização terrorista mas é mais do que isso. Detém território. Isso também significa que tem muito mais despesas. Tem de arranjar estradas, tem de pagar a professores, tem de gerir serviços de saúde, tem de pagar por estas coisas que a Al-Qaida nunca teve (de pagar)”, disse Peter Neumann, diretor do centro na King’s College London.

Menos dinheiro não significa, no entanto, que o grupo seja menos perigoso, diz o relatório. A maioria dos recentes ataques na Europa e Estados Unidos foram autofinanciados pelas pessoas que os executaram, com pouco contributo da liderança do Estado Islâmico nas zonas de guerra da Síria e do Iraque.

“Sabemos pelos ataques de Paris e Bruxelas e Berlim que nenhum deles foi caro”, afirma Neumann.

Entre as principais fontes de rendimento do Estado Islâmico estavam taxas e impostos, petróleo, resgates, pilhagens e extorsões. Todas essas, aponta Neumann, implicavam novo território de modo a serem sustentáveis e a manterem a promessa do grupo de um califado.

De acordo com uma atualização na sexta-feira da coligação contra o Estado Islâmico, o grupo perdeu 62% do território que controlava no Iraque em agosto de 2014 e 30% do seu território na Síria.

Um responsável da defesa norte-americana disse que o Daesh tem dinheiro suficiente para pagar as suas contas, apesar de ter perdido fontes de rendimento e ter reduzido aquilo que paga aos soldados.

No entanto, o mesmo responsável, que falou sob condição de anonimato, afirmou que os Estados Unidos não verificam que os danos à situação financeira do grupo sejam de tal extensão que degradem a sua capacidade de realizar ataques externos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

Costa anuncia cinco medidas restritivas para 121 concelhos "de elevado risco" e reforços da capacidade de resposta

Após um Conselho de Ministros extraordinário que durou mais de 8 horas, o primeiro-ministro anunciou este sábado novas "medidas imediatas" de combate à pandemia de covid-19. Perante o agravamento da situação de pandemia a nível nacional, …

Escola na China transformou-se num "edifício andante" para evitar a demolição

Os residentes da cidade chinesa de Xangai que, no início deste mês, passaram pelo distrito de Huangpu podem ter encontrado uma visão incomum: um "edifício andante". De acordo com a cadeia de televisão CNN, uma escola primária …

Joke Boon, a chef holandesa que não tem olfato nem paladar

Joke Boon perdeu o paladar e o olfato quando ainda era criança, mas isso não a impediu de viver da culinária, área na qual estes requisitos são, à partida, essenciais.  "Como seria a minha vida se …

Portugal com mais 39 mortos, mais 4007 casos e recorde de internamentos graves

Portugal registou hoje 39 mortos e mais 4.007 casos de novas infeções pelo novo coronavírus, tendo alcançado um novo recorde de 286 doentes internados nos cuidados intensivos por covid-19, segundo a Direção-Geral da Saúde. Registou-se este …

Leiloada carta de Nobel antissemita a desprezar Einstein e os judeus

Uma carta escrita em 1927 pelo Prémio Nobel Philipp Lenard a um colega a reclamar das conquistas de Einstein e do suposto domínio judaico da ciência foi a leilão no Nate D. Sanders Auctions, em …

Sue, o T-rex, terá tido uma forte dor de dentes devido a uma infeção

Sue, o T-rex cujo esqueleto é um dos mais completos já descobertos até aos dias de hoje, terá sofrido uma forte dor de dentes durante a sua existência. "Dois dentes estão realmente fundidos e um terceiro …

Câmara com IA confundiu careca do bandeirinha com a bola (e arruinou o jogo de futebol)

Os adeptos da equipa de futebol escocesa Inverness Caledonian Thistle FC experimentaram uma hilariante falha tecnológica durante um jogo no fim de semana passado. De acordo com o IFLScience, o clube escocês anunciou há algumas semanas …

"Francisco Louçã fez bullying para precipitar ruptura do Bloco com o PS"

O PS acredita que foi a postura de "bullying" de Francisco Louçã que forçou o Bloco de Esquerda a precipitar uma "ruptura com o PS", conforme avança o deputado João Paulo Correia, vice-presidente da bancada …

Remdesivir: de droga milagrosa a negócio milionário com "muito, muito mau aspeto"

Apresentado como único medicamento anti-viral eficaz no combate à covid-19, foi o primeiro medicamento aprovado pela FDA, regulador farmacêutico americano, no tratamento da doença. Agora, a sua eficácia é contestada — e os negócios milionários …

"Imagine there is no corruption". Há uma campanha contra a corrupção em Portugal nas ruas de Nova Iorque

Um professor português da Universidade de Columbia, nos EUA, tem em marcha uma campanha contra a corrupção em Portugal, com várias acções nas ruas de Nova Iorque. De guitarra em punho e a cantar "Imagine there …