MNE chinês critica “politização” da epidemia por governos estrangeiros

Luong Thai Linh / EPA

O ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi

O ministro chinês dos Negócios Estrangeiros, Wang Yi, criticou esta sexta-feira políticos estrangeiros por “politizarem” a epidemia, ao pedirem responsabilidades à China e condenarem a gestão da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Os comentários de Wang, difundidos pela agência noticiosa oficial Xinhua e citados pela agência Lusa, surgem depois de o Presidente norte-americano, Donald Trump, ter criticado repetidamente a China, por alegadamente ter encoberto o surto nos estágios iniciais, e suspendido os pagamentos à OMS, por considerar que a organização serviu os interesses chineses ao vincular informação incorreta.

Outros países, incluindo a Austrália, também pediram uma investigação independente sobre a origem da pandemia, levando a China a suspender a licença para exportação de grandes produtores de carne bovina australianos, numa aparente retaliação.

Sob a liderança do Presidente chinês, Xi Jinping, a China conseguiu, de acordo com o ministro, “controlar o surto, através de esforços árduos, e retomou gradualmente a vida económica e social, ao mesmo tempo que tomava medidas de prevenção e controlo”.

Wang foi citado durante uma conversa por telefone, na quinta-feira, com os ministros dos Negócios Estrangeiros da Hungria, Estónia e Bósnia e Herzegovina. A China “superou as suas próprias dificuldades, ofereceu apoio e assistência aos países relevantes, compartilhou experiências e tratamentos de prevenção e controlo sem reservas, e facilitou a compra de equipamento antiepidémico na China a vários países”, disse Wang.

As tentativas de politizar a pandemia e de difamar a OMS são “uma grave violação dos princípios morais internacionais e minam os esforços internacionais antiepidémicos”, acrescentou o responsável.

O número de casos de infeção pelo novo coronavírus que continuam ativos na China caiu, nas últimas 24 horas, abaixo dos 100 pela primeira vez desde janeiro passado, quando o país entrou em estado de alerta máximo para a doença.

A China diagnosticou, nas últimas 24 horas, quatro novos casos de contágio local pelo novo coronavírus, na província de Jilin, no nordeste do país, que faz fronteira com a Rússia e a Coreia do Norte.

A nível global, segundo um balanço da agência AFP, a pandemia já provocou mais de 300 mil mortos e infetou quase 4,4 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Mais de 1,5 milhões de doentes foram considerados curados. A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

ZAP Lusa //

PARTILHAR

RESPONDER

Em 1925, "O Isolador" prometia bloquear qualquer tipo de distração

Procrastinar foi, é e sempre será um passatempo irresistível. Por isso, nos anos 20, houve quem apresentasse uma solução radical para evitar este problema: "O Isolador". De acordo com o site IFLScience, o chamado "Isolador" foi …

Seca no México revela uma igreja submersa há 40 anos

Uma igreja no estado de Guanajuato, no México, sobrevive entre a água e os peixes, como única testemunha de um povoado inundado por uma barragem há mais de 40 anos. Agora, devido à seca que …

Neymar prolonga contrato com o Paris Saint-Germain até 2025

O avançado internacional brasileiro Neymar renovou contrato com o Paris Saint-Germain até 30 de junho de 2025, informou hoje o tricampeão francês e vice-campeão europeu de futebol. “O Paris Saint-Germain tem o prazer de anunciar que …

Países usaram modelo do queijo suíço para conter a covid-19. Na Índia, alguns "buracos" eram demasiado grandes

A grande maioria dos países adotou a estratégia do queijo suíço para responder à pandemia. Na Índia, os "buracos" eram demasiado grandes em três das camadas mais importantes. Para responder à crise sanitária desencadeada pela covid-19, …

Primeira-ministra da Escócia declara que "haverá maioria pró-independência" no parlamento

A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, declarou hoje vitória nas eleições regionais, afirmando que "haverá uma maioria pró-independência" no parlamento escocês. Com as projeções a indicarem que o Partido Nacional Escocês (SNP), que lidera, foi o …

SOS Rio Paiva pede que se limite o número de visitantes à ponte e Passadiços do Paiva

A associação SOS Rio Paiva manifestou-se preocupada com o aumento da pressão turística e com a poluição, na sequência da inauguração da ponte suspensa em Arouca, e pediu que se limite o número de visitantes. A …

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo, caso este ainda esteja associado a contas em sites ou redes sociais. Embora milhões de números de telemóvel sejam desconectados todos os anos, um novo …

Ataque à bomba contra escola feminina em Cabul faz 30 mortos e 79 feridos

A explosão de uma bomba junto a uma escola secundária para raparigas na zona ocidental de Cabul fez hoje pelo menos 30 mortos e 79 feridos, segundo um novo balanço feito pelas autoridades afegãs. “O número …

Tamám Shud. Exumação de corpo pode resolver um estranho mistério com 70 anos

As autoridades da Austrália aprovaram uma exumação do corpo de Tamám Shud - ou "Homem de Somerton" - e, em breve, o mistério de 70 anos pode estar resolvido. Em 30 de novembro de 1948, vários …

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

Vacinação no bom caminho com 25% da população da UE vacina

A Comissão Europeia anunciou este sábado que 200 milhões de doses de vacinas anticovid-19 chegaram já à União Europeia (UE) e 160 milhões de europeus já receberem a primeira dose, levando a que a vacinação …