Míssil que abateu o MH17 foi disparado por separatistas e “veio da Rússia”

(cv) Euronews / YouTube

-

O míssil que abateu o voo MH17 da Malaysia Airlines em 2014, na Ucrânia, foi proveniente de território russo, afirma um relatório de uma longa investigação realizada por procuradores internacionais da Holanda, Austrália, Bélgica, Malásia e Ucrânia.

Segundo o New York Times, a equipa concluiu que o míssil que provocou a explosão do avião da Malaysia Airlines sobre a Ucrânia, foi disparado de território controlado pelos rebeldes ucranianos apoiados pela Rússia e “veio do território da Federação Russa”.

O relatório apresentado esta quarta-feira diz ainda que o sistema de defesa antiaérea voltou para a Rússia nessa mesma noite.

Para chegarem a esta conclusão, os investigadores investigaram duzentas testemunhas e analisaram milhares de vídeos e fotografias.

As testemunhas dizem ter visto o sistema de defesa antiaérea Buk – de fabrico russo – armado com mísseis terra-ar, ser transportado da Rússia para a Ucrânia, e apresentaram vídeos e fotografias.

O relatório foi elaborado com provas que possam ser aceites em tribunal e pode abrir uma batalha diplomática e legal sobre a tragédia, destacou o jornal norte-americano.

No ano passado, as autoridades holandesas (Dutch Safety Board) revelaram que tinha sido um míssil russo a atingir o avião, mas até agora ainda não havia certezas de onde tinha sido lançado.

Todas as 298 pessoas a bordo deste voo morreram, quando o avião da Malaysia Airlines voava de Amesterdão para Kuala Lumpur.

BZR, ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Que miséria de investigação,que não apresenta nenhuma prova documentada e que própria disse “investigação vai prolongar se ate 2018”, mas aqui esta noticia e dada como já estivesse concluída. ZAP continua ser ZAP.

  2. A Rússia nunca enganou ninguém. E andam os russos a combater na Síria terroristas KKKKKKKKKK TERRORISTAS a combater TERRORISTAS.
    O mundo anda a dormir.

RESPONDER

A Evolução mostra que podemos ser a única forma de vida inteligente no Universo

As reduzidas probabilidades que acompanham a nossa evolução ao longo da história podem ser uma pista que talvez sejamos a única forma de vida inteligente no Universo. Será que estamos sozinhos no Universo? Tudo se resume …

A China está a usar a educação como arma para controlar o Tibete

A China quer obrigar crianças tibetanas a abandonarem as escolas da região e mudarem-se para escolas chinesas. O objetivo, segundo uma especialista, é "tirar o tibetano da criança". A batalha geopolítica entre a China e o …

Revelada explosão violenta no coração de um sistema que alberga um buraco negro

Uma equipa de astrónomos, liderada pela Universidade de Southampton, usou câmaras de última geração para criar um filme com alta taxa de quadros de um sistema com um buraco negro em crescimento e a um …

"É altura de dizer basta". Sporting corta com as claques

O Sporting rescindiu “com efeitos imediatos” os protocolos que celebrou em 31 de julho com a Associação Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI – Associação, anunciou hoje o clube, devido à “escalada de …

Poluição atmosférica associada a abortos espontâneos

Elevados níveis de poluição atmosférica foram associados a abortos espontâneos num estudo feito com mulheres grávidas a viver e trabalhar em Beijing, na China. A China é um dos países que mais sofre com a poluição …

Empresas espanholas dominam obras públicas na ferrovia

As empresas espanholas dominam as obras públicas na ferrovia em Portugal, ascendendo a sua quota a 70%, avança o Expresso na sua edição deste sábado. Para presidente da Associação de Empresas de Construção e Obras …

Cada vez mais mulheres denunciam abusos médicos durante o parto

Um número crescente de mulheres tem vindo a denunciar casos de abuso durante o trabalho de parto. No entanto, pouco está a ser feito para mudar isto. Durante o parto, as mulheres ficam numa posição vulnerável …

Já podemos explorar "Melckmeyd", naufrágio holandês do século XVII

Nas profundezas do Oceano Atlântico, perto da costa da Islândia, encontram-se os destroços de um navio holandês que afundou há 360 anos, no qual agora podemos "mergulhar" graças a uma experiência de realidade virtual. Quando a …

Os furacões podem provocar atividade sísmica tal como um terramoto

Uma equipa de cientistas descobriu um novo fenómeno geofísico no qual furacões ou fortes tempestades podem produzir vibrações no fundo do oceano tão fortes quanto um terramoto de magnitude 3.5. "As tempestades, furacões ou ciclones extratropicais …

Quem anda mais devagar pode envelhecer mais rapidamente

A velocidade a que caminham as pessoas aos 45 anos pode ser um indicador de como é que o cérebro e o corpo envelhecem, revela um novo estudo levado a cabo por uma equipa de …